Pinheiro Machado

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg

Cquote1.png Boring story! Cquote2.png
Americano que viajou por engano para Pinheiro Machado

Pinheiro Machado é uma Vila do Rio Grande do Sul, sob administração da Municipalidade de Bagé. Pinheiro Machado é a típica cidade onde teria rolado filmes com cenários nordestinos e "mil e uma confusões".

História[editar]

Pinheiro machado só é assim nas fotos mesmo...

Contam as fofoqueiras que a cidade começou com a fundação de uma Capela, construída pelo português Dutra de Andrade, que se curou da sua impotência recuperando sua virilidade em um prostíbulo da região, sendo considerado esse fato, um verdadeiro milagre.
Inicialmente, o vilarejo ganhou o nome de Cacimbinhas, mas posteriormente, recebeu o nome de Pinheiro Machado, em homenagem a Corno Mânsio da Silva, que havia assassinado o senador Pinheiro machado. A troca de nome do mundo perdido vilarejo foi intensamente apoiada pela população da época, cerca de 24 pessoas.

Ao fim de tudo, nasce Pinheiro Machado, uma cidade destinada ao fracasso sucesso, com uma vida "animadora" vulgo chata e "tranquila".

Mídia[editar]

A cidade só aparece na TV quando ocorre alguma desgraça, como temporais, chuva de granizo, vendavais, acidentes com vários mortos, oque nunca acontece, eleição para a Prefeitura,e cassação de prefeitos, ou mais comumente, em reportagens que a prefeitura paga para a TV Nativa fazer e falar bem da cidade.

Dados[editar]

  • População: 14 mil doidos
    • Urbana: Como se diferencia o urbano do rural em uma cidade que sequer sabemos onde fica o centro?
    • Rural: Idém ao de cima
  • Homens: 7.462 (51,13%)
  • Mulheres: 7.132 (MINHAZ ARMAS! Em Pinheiro Machado temos 3% de chance de NÃO ser corno, considerando que haja pares. Se bem que alguns homens gostam de homens por lá)
  • Educação: Existem atualmente no Município dez escolas, 8 delas são para ensinar a como pantar batata e as outras 2 o alfabeto de "A" até "5"
  • Saúde: O município possui dois hospitais... Que ninguém sabe onde ficam.
  • Núcleos habitacionais Urbanos: sete, ou seja, é mesmo um município insignificante
  • Saneamento básico: Urbano: 90% com fossa absorvente e galeria de esgoto não tratado, do qual saem os candidatos a prefeito e Vereador do município.

Rural: 50% com fossa séptica e poço com absorvente.

Economia[editar]

Pecuária e agricultura, o sempre e o mesmo do rio grande do sul, há também a extração de pedras mas esse não conta como economia pois cascalho não dá nem mesmo 0,0000000000000000000000000000000001% da produção mensal de dinheiro no Rio Grande do Sul. Enfim, o comércio é triste também.