Pintura corporal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Experimente também: Ventinho fresco. Cquote2.png
Sugestão do Google para Pintura corporal
Cquote1.png Pintura corporal sai... tatuagem não. Cquote2.png
Bom senso te impedindo de fazer uma grande monguice.

Ora, qual a diferença, fora uma ventilação melhor?

Pintura corporal não é bem uma roupa... quer dizer se for do ponto de vista que cobre o corpo, então até pode ser sim, uma roupa. mas ela varia conforme a criatividade do sem vergonha artista que estiver realizando a obra e, em geral, mesmo sem a pintura já é uma obra de arte, mas isso é outra história. A pintura corporal é uma roupa (digamos assim) que pode variar a qualquer momento, dependendo apenas de mais uma pincelada, e não malicie a pincelada.

Como fazer[editar]

Esse tigre não pode falar que ele não tem cara de bunda.

A única roupa que não se estraga com um risco, ou uma pouco de tintura por cima, é a puintura corporal, porque ela apenas acaba tendo um ar diferente, não é como as outras roupas que, qualquer coisinha que caia já estraga, não é uma gotinha de tinta de caneta também,que vai estragar um uniforme se ele for pintado no corpo... porém a direção, os professores e o s seus pais é que pode te estragar caso você resolva ir com um uniforme pintado ao invés do convencional.

Mas se você conseguir enganar todo mundo (o que eu não duvido do jeito que etem gente destraída), daí se um pinguinho de caneta cair no seu uniforme ela não irá se estragar, nem vai ter a preocupação de será que o sabão em pó tira isso? Nada disso, basta uma lavadinha na carcaça, que está tudo certo. Mas claro q eu tem desvantagens, é bem mais difícil desfarçar quando aquelas colegas e até professoras gostosas passarem e seu uniforme não suportar, a tinta é mais evidente do que o tecido, fazer o que...mas no calor por exmplo, deveriam permitir esse uniforme diferente, imagine que frescor e qaulquer brisinha leve seria totalmente aproveitada.

Quando alguém se pinta, é bem diferente de estar totalmente pelada ou pelado, pois a pessoa se sente vestida, mesmo que a roupa seja pintada, não adianta falarem para ela que alí não é praia nudista ou que aquelo é uma pouca verganha e ela está sim, pelada... apessoa não se sente assim, para ela está vestida e, os demais é que fazem de conta quem não enxergam a roupa. falando nisso, essa roupa é econômica também, malgrado tenha que comprar tinta, mas do jeito que roupas são caras acaba saindo bem mais barato.

O que se pode ver[editar]

Ora, pálpebras também fazem parte do corpo ;D

Dependendo da pintura nem se pode distinguir certas coisas, a não ser que se fique mesmo bisbilhotando, senão é capaz de ninguém perceber, mas se souberem qe é uma pintura, daí é aquele escãndalo e festival de indignações e exclamações escandalizadas, mas se ninguém contar que é pintura e que a pessoa está no máximo com o tal do tapa-sexo, as mesmas pessoas que reclamam podem até apreciar.

No caso dos homens acontece uma coisa muito gozada e nem é referente ao Bozo: Pode ocorrer o encontro do pincel com o pincel, nessa hora é que om artista tem que ser o mais profissional possível, senão podem ocorrer duas coisas: Ele não consegue terminar a pintura e para na hora, ou ele é um baita de um gayzão mesmo e acaba gostando do que está vendo, seu pincelzinho fresco e delicado pincelando um pincelzão... na verdade por causa dessas pinceladas poderia também ocorrer uma terceira coisa, mas essa eu nem quero descrever.

As pinturas corporais são mega abrangentes, daquelas obras que faz um artista soltar sua criatividade ao máximo, eles podem usar desde purpurina, como no caso da valéria Valensa, até coisas como penas e afins, mas o básico e mais importante mesmo é a tinta, que, claro, não pode ser toxica. O artista jamais pode ofender o modelo ou a modelo, que está sendo pitada, ele pode ofender sem querer se o pincel ir com uma certa intencidade para partes indevidas, isso não pode acontecer, por isso as mãos do pintor devem ser adequadas para a leveza e concentração, de modo a não fazer coisas indevidas.

Ver também[editar]