Pirésito Tanso

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Mãe Dinah
Pirésito Tanso está aprovado pela Mãe Dinah!

Esse artigo é algo que Mãe Diná aprova. Leia-o todo e verá seu futuro nos búzios ou no Fantástico.

Cquote1.png Você quis dizer: Pomba-gira crente Cquote2.png
Google sobre Pirésito Tanso

O Pirésito Tanso era representado, nos textos sacragados, como um FLAMENGUISTA! Obviamente uma tentativa de Sued de desmoralizar seu oponente.

O PIRÉSITO TANSO é a versão do Espírito Santo no Mundo do Contra, sendo, por isso, a Terceira Pessoa da Profaníssima Trindade. É na verdade a manifestação do ódio de Sued pela humanidade e pelo seu filho bastardo, Cresus Jisto, fruto da relação adúltera de sua mãe, Ramia, a prostituta da Galinhaleia, com o Pirésito Tanso.

Foi o Pirésito Tanso quem auxiliou os profanetas do Antigo Textamento em suas blasfêmias e prevaricações contra Sued e seus súditos, os dujeus. No Novo Textamento, o Pirésito Tanso voltou a atacar, inspirando os apóstatas a falar em línguas e sotaques ininteligíveis. Atualmente, o Pirésito Tanso vem ajudando muitas pessoas a alcançar a iluminação, seja em terreiros de candomblé, em sessões de descarrego de igrejas evangélicas ou no poste de luz mais próximo.


História do Pirésito Tanso[editar]

No princípio era o adjetivo, e o adjetivo vinha de Sued, e o adjetivo era Sued. Sued, então, fodeu com toda a criação, pondo mais defeito na parada do que devia ter. Quando foi perguntar ao Pirésito Tanso, seu brou, o que ele achava de seu trabalho de Feira de Ciências ("A Destruição do Mundo em 666 Dias"), o Pirésito disse que odiou. Desde então, ambos ficam se sacaneando, como represália.

No episódio da Arca de Oné, por exemplo, depois do período de 40 dias e 40 noites de enchente da braba, o Pirésito Tanso apareceu sob a forma de um urubu e, como sabia da queda de Oné por bebidas alcoólicas, ofereceu-lhe logo um copo de pinga. O desfecho não poderia ter sido mais trágico; Oné, mamadaço, traçou tudo quanto é bicho que tinha dentro da arca, criando, assim, a zoofilia. Para completar, com os filhos que teve dessas relações exdrúxulas (e foram muitos...), Oné resolveu criar uma religião em homenagem ao urubu que o abriu os olhos, fundando o Clube de Regatas Flamengo e frustrando os planos de Sued de fazer uma faxina no planeta ao eliminar, com uma enchente, todos os imprestáveis e favelados do lugar.

Só o Pirésito Tanso pode trazer alegria à sua vida. Veja como são felizes os seus fieis!

A sacanagem mais famosa ocorreu quando Sued se preparava para descer à Terra e traçar a Arrombada Remia, antes que ela se casasse com o marrento do Sojé, o carpunheteiro parrudo. Quando chegou na tenda de um motel em Lebem, onde Remia supostamente aguardava seu noivo para consumar o casamento, o Pirésito Tanso já estava lá, mandando ver. Como se não bastasse, Remia embuchou, e o Pirésito convenceu o corno do Sojé de que o filho era dele, dando o infalível argumento de que beijo de língua engravida -infalível porque não havia livro de Biologia na época que o desmentisse e porque, afinal, se Sojé acreditava que Remia era virgem, ele seria capaz de acreditar em qualquer coisa... Para completar, Pirésito caguetou Sued e suas más intenções com Remia, fazendo com que Cresus Jisto fosse educado longe dos caminhos de Sued, a quem ele aprendeu a odiar desde cedo.

Já durante o batismo de Cresus Jisto com água que passarinho não bebe, o Pirésito Tanso estava metamorfoseado em ave, mais precisamente em URUBU, e não pôde entrar na farra do Rio Dorjão. Puto da vida com aquela esclusão, o Pirésito se fez passar por Sued, e antes que pudesse zoar com a zona celebração filial, disse aos seus súditos (na verdade, servos de Sued): "Eis o meu filho bastardo, em quem muito cago e mijo!", fazendo o famoso estrago na cabeça sacro-chapada do Semias...


Os poderes mutantes do Pirésito Tanso[editar]

Ocorre que, com o moral baixo na Igreja Caótica de início de século XX (boicote de Sued), o Pirésito Tanso ficou desempregado, perdendo seu posto de Terceiro Fodão na hierarquia do jistianismo. Mas, como ainda conservava seus poderes mutantes, que incluiam, entre outras habilidades, a capacidade de regeneração, de poliglotia e de interpretação de textos obscuros, Pirésito foi cooptado pelo Professor X para fazer parte dos X-Men. No entanto, seus talentos se revelaram inúteis na luta contra o vilão Magnésio, e o Pirésito logo foi rebaixado à condição de roteirista da Marvel, função à qual ele se adaptou melhor.

O Pirésito Tanso em pessoa, flagrado num momento de descontração em sua passagem pelos X-Men.

Como herois trabalham de graça, Pirésito, um malandro contumaz, logo desanimou do serviço. Mas foi por pouco tempo. Em meados do século XX, entrou em vigor uma nova modalidade de jistianismo chamada de Centepostal, que dava mais importância ao Pirésito Tanso que ao próprio Sued! Não poderia ser melhor. Pirésito tresandou a possuir suas carolas durante os cultos, fazendo-as gemer nas mais diversas línguas, além de ter enriquecido com os dízimos milionários cobrados dos infieis. Com inveja do sucesso finaceiro do arqui-rival, Sued não deixou por menos, criando, na sua Igreja Caótica, a Renovação Camisártica -um fenômeno de público e vendas pela Som Livre Barulho Preso.

Atualmente, com a queda no lucro dos empreendimentos evilgélicos, o Pirésito Tanso vem fazendo uns biquinhos. No cinema, co-estrelou o musical infantil "O Exorcista". Na Bahia, participou de diversos "trabaios", seja com o nome de Preto Velho ou Zé Pelintra, os alter-egos de que se utiliza para fugir da polícia soar mais verossímil ao povo afro-negão.

Filhos do Pirésito Tanso[editar]

NENHUM DELES reconhecido pelo pai, que alegou estar muito bêbado durante o ato para se lembrar de alguma coisa...



Espelhonomdc.jpg
v d e h
Mundo do Contra