Doutor Pirrôla

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Toddyaa.jpg Artigo Ameaçador!

Este artigo contém ameaças, ameaças mesmo! Se você assiste Dr. Pirôlla, Maestro Bagos, PT Vesgueira, Cauê Maconhoura ou qualquer outro ateu pseudocientífico, volte para os seus livros do Richard Dawkins e saia logo daqui!

Cquote1.png Diz que me conhece, por favor... Cquote2.png

Cquote1.png Você quis dizer: Diabo Cquote2.png
Google Translate em finlandês sobre Pirulla

Cquote1.png Experimente também: Yuri Grecco Cquote2.png
Sugestão do Google para Pirulla
Cquote1.png Experimente também: Mendigagem Cquote2.png
Sugestão do Google para Pirulla
Cquote1.png Minha esposa na universidade Cquote2.png
Yuri Grecco sobre Pirulla.
Cquote1.png Gostei da propaganda grátis Cquote2.png
Pepsi sobre Pirulla.
Cquote1.png Moleque idiota, embusteiro, vagabundo, palpiteiro do caralho! Cquote2.png
Olavo de Carvalho sobre Pirulla.
Cquote1.png Pelo menos gosta de ciência, apesar do nióbio... Cquote2.png
Enéas Carneiro sobre Pirulla.
Cquote1.png Defensor do estado esquerdopata... Cquote2.png
Dâniel Fraga sobre Pirulla.
Cquote1.png Meu profeta! Cquote2.png
Clarion de Laffalot sobre Pirulla.
Cquote1.png Fizemos meinha no YouTube Space... Cquote2.png
Cauê Moura sobre Pirulla.
Cquote1.png Nós também... Cquote2.png
PC Siqueira sobre Pirulla.

Temaki com Pirulla pronto para ser comido por um pai de família

PIRUlla é um personagem criado por um biólogo brasileiro que percebeu que não iria ser rico, famoso e transar muito aparecer na televisão, como o Richard Rasmussen, então resolveu virar vlogger e enviar vídeos para o YouTube na esperança de não morrer de fome. Obviamente falhou miseravelmente, pois ele é aquele tipo de cientista que conclui que se cavalos-marinhos são gays os seres humanos também devem o ser. Só que mesmo falando esse tipo de besteira, como há muitos viados espalhados pelo Brasil, ele acaba ganhando sua parcela de fãs.

História[editar]

Pirulla fazendo cosplay de seu querido papai.

Pirulito, como é conhecido no meio dos mordedores de fronha, decidiu ser biólogo ao ser questionado em sua infância, se lagarto mama. Essa dúvida o perseguiu durante toda sua adolescência, chegando a fazer cotonete molhado, cuecão atômico, tentativa de gangbang e difamação sobre sua sexualidade. Determinado a se vingar de sua dúvida malégna, terminou o ensino médio e resolveu prestar vestibular para biologia em uma uniesquina com status, fundada por padres pedófilos, mais conhecida como Mackenzie. Por ter ombros tão largos quanto uma salsicha, logo que entrou na faculdade, sofreu humilhações das patricinhas e playboys. Rejeitado por todos os grupos legais do prostíbulo da Mackenzie, observou um grupo no qual se encaixaria, composta por de gente esquisita, porém bem festiva.[1]

Durante um luau desse grupo, regada a sangue de menstruação de feministas (que nada mais é que uma mistura de pinga, suco de tomate e seiva de sogra), maconha e LSD, ele descobriu ser ateu. Graças a sua inteligência magnânima, quase não se formou, mas conquistou o diploma, graças a seu pai, que precisou gastar muito dinheiro.

Porque a monetização é igual acidente de trânsito, sem limites.

Formado, desempregado, com o pai querendo expulsá-lo de casa, sem a resposta da pergunta que mudou a sua vida, resolveu continuar na sua procura. Um dos de seus amigos de rolê o indicou para procurar uma pós-graduação para depois ser mestre e dotô em zoologia na Universidade Socialista Paulistana, e assim ele fez, conseguindo uma bolsa dos Fapeadores Amparadores de Porra do Estado de São Paulo, acalmando um pouco os nervos de seu papito. Durante a sua formação de dotô, conheceu o amor de sua vida, Yuri Grayskull. Os dois andavam pelos corredores da USP dando palestras sobre a novidade do Neo-ateísmo dogmático, firmemente acreditando que eles salvariam o mundo. Sentido-se entediado e vendo que ser prostituta do estado brasileiro não dava futuro, o Ursão Yuri foi morar no Canadá deixando, Pirulla a ver navios.

A Criação do canal no YouTube[editar]

Yuri tentando reconquistar Pirulla.

Pirulla observando que sua bolsa de fapeador não trazia o retorno esperado, procurou outras formas de receitas. Vendo o sucesso de adolescentes de 20 anos como Felipe Neto e deficientes visuais como PC Siqueira ficando ricos falando merda, resolveu adaptar suas palestras em forma de vídeo. Começou como um pastor ateu, tentando trazer o máximo de outros adolescentes retardados para seu canal, assim como fama e dinheiro, mas seus planos foram frustrados, pois sua antiga paixão gostou da ideia e começou a fazer vídeos parecidos fazendo concorrência.

Por Pirulla sempre ser menos agressivo que seu amante, rapidamente teve que mudar o foco do seu canal, procurando fazer vídeos sobre assuntos polêmicos. Inovou na área de ficar em cima do muro, trazendo frases vazias e com vários sentidos. Para embasar suas afirmações, procura as fontes com os resultados mais inconclusivos possíveis. Fazendo com que seus fanboys tirem suas próprias conclusões discutindo uns contra os outros.

O Seu Tubo, com dificuldade em reciclar vídeos lixos, decidiu diminuir seus pagamentos, assim ele teve a brilhante ideia de dividir seus vídeos em séries infinitas. Isto fez inflamar mais ainda o extremismo de seus telespectadores trazendo cada vez mais dinheiro para seu bolso. Por exemplo:

  • 1º vídeo - Reflexões sobre o desarmamento - Um monte de dados de pesquisas inconclusivas que nem fazem parte de sua área de estudo, 24 min de vídeo cheio de blábláblá, sem algum tipo de opinião formada.
  • 2º vídeo - Desarmadendo 1: A "pesquisa de Harvard" - Reclamar dos comentários extremistas, dizer que ninguém entendeu nada, trazer mais uma pesquisa inconclusiva e terminar o vídeo com uma opinião sem conclusão e com a chamada para um próximo vídeo.
  • 3º vídeo - Desamordendo 2: Chicago e Austrália - Reclamar dos comentários extremistas dos vídeos anteriores, chamar todos de imbecis e terminar o vídeo com um possível gancho para outro vídeo.
  • 4º vídeo - Chupamordendo 3 - Ditaduras e os dados no Brasil - Mesma coisa do anterior.
  • 5º vídeo - Chupando e mordendo de 4 - "Gun free zones", drogas e automóveis - Porra não para não? Já disse que vai ter mais um vídeo com só comentários [2], daqui a pouco tá mais rico que o PewDiePie.
  • 42^Infinitoº vídeo - Chupando, mordendo, sem babar - Conseguiu quebrar o SeuToba e criou seu próprio canal Ateu de televisão.

Com isso, além de ficar mais rico, juntou uma base de fãs alienados tão boa que conseguiu dar um rolezinho pela Europa de graça, dormindo na casa dos fãs, com a desculpa de terminar um dos seus papers e estender sua bolsa da FAESP. Assim como em seus vídeos, não conseguiu concluir se lagarto mama, provavelmente porque já deve ter percebido que o lagarto que mama cresceu e virou o jacaré que anda no seco.

Parceira com Maestro Boquete Bogs e o Incidente do Sex Shop[editar]

Em meio à sua viadagem guerra intelectual contra Dando Nando Moura, Pirulla conseguiu um aliado em Maestro Bogs. Os dois cultivam uma amizade colorida muito bonita, que vai desde troca-trocas até reuniões secretas em Hangouts para inventar novos termos e apelidos para Nando. O mais longe que chegaram foi "Cheirando Rola", o que demonstra a incrivel capacidade desses dois. Pirulla é o cerebro por trás dos ataques e Maestro o porta-voz. Em um dos vídeos de Bogs, comemorando a morte do pai de Cheirando Rola e sugerindo para enfiar o cadaver putrefato do falecido no cu, Pirulla comentou "Flawless Victory", demonstrando não saber nada sobre o significado da expressão. Bogs vai a São Paulo todo mês para comer o cu do visitar Pirulla. Em uma dessas idas, junto com mais um suposto conhecido de Pirulla, os 3 armaram uma encenação que daria inveja nos diretores da Rede Esgoto de Televisão. Pirulla comprava dildos em um Sex Shop quando o outro amigo chegou de carro e teve-se o seguinte dialogo:

[Suposto conhecido de Pirulla que se passava por fã de Nando Moura] Cquote1.png -Tá quanto pra comer esse cu ai? Cquote2.png

[Pirulla] Cquote1.png -Um nióbio e meio pra você, amigo Cquote2.png

[Amigo] Cquote1.png -Porra, jaé. Mas antes de mais nada, você devia deixar de ser travesti, comunista e filho da puta! Cquote2.png

[Piru] Cquote1.png -Quem te falou isso? Onde você ouviu isso? Cquote2.png

[Amigss] Cquote1.png -Nando Moura, se liga no que ele diz. Cquote2.png

[Pi] Cquote1.png -Essa aberração só fica inventando coisas contra mim. Eu não sou nada dessas coisas! Cquote2.png

[Miguxo] Cquote1.png -Você é sim, se liga no que o Nando Moura diz. Cquote2.png

E ficou nisso por um tempo. A respeito do incidente real, um conhecido querido se pronunciou:

Cquote1.png Uma pessoa séria jamais daria tanta bola para uma desconhecido maluco oferecendo ofensas gratuitas Cquote2.png
Capitão Óbvio

Nando fez um vídeo esculachando o dominador "agressor" dizendo ser aquilo inadmissível. O dito cujo então gravou um vídeo dizendo que virou a casaca e que agora idolatrava Pirulla e que chuparia seu pau de graça se pedisse.

Cquote1.png O Pirulla que é circuncidado, eu chuparia muito mais fácil, a estética do pau é muito mais bonita. Melhor que você que tem um pintão de araque Cquote2.png

Até hoje as pessoas discutem se Pirulla realmente tinha alguma ligação com o sujeito mas ninguém se dá conta de que se trata de um irmão gêmeo de um companheiro gigolô de Pirulla.

De onde veio o apelido?[editar]

E aí? Tu mama?

Sempre perguntado por seus fãs qual é a origem do apelido, Pirulla diz que vai explicar, começa a falar e corta o vídeo. Isso é intencional, já que o apelido veio de um episódio traumático acontecido com ele.

Tudo começou quando ele ainda era calouro, logo que chegou foi bem recebido. Os veteranos nerds já foram mostrando os pontos mais badalados do campus. Até que chegou a hora de apresentar a ele ao banheiro bem assombrado, sim, bem assombrado, pois o Toninho do Capeta que habitava aquele canto dava o cu satisfação sexual, para quem colocasse o pintinho amarelinho naquele buraco. Pirulla como sempre foi um moleque safadinho, ia todos os dias ter a sua cota de satisfação sexual.

Um belo dia, ele colocou o pinto no buraco e nada. Tirava e colocava e nada. A fila atrás dele ia se formando e ele sem entender porque não tinha nada naquele dia.

Até que chegou um dos veteranos e falou:

Cquote1.png Bixo, hoje é o seu dia! Cquote2.png

E o levou para trás da divisória, explicou que todo dia tinha alguém para dar o prazer sexual e se ele quisesse continuar tendo, ele teria que fazer isso.

Sem pensar duas vezes virou a bunda para a divisória e aguentou firme. Tudo o que vinha a sua mente eram os veteranos falando para os novos calouros.

Cquote1.png Bota o Piru lá! Bota o Piru lá! Cquote2.png

Lráguimas saíam de seus olhos. No outro dia, Pirulla voltou mancando, mas feliz por ter mais um dia de prazer, porém utilizando o seu loló.

Alguns seguem a versão que ele queria ser uma sereia e comer algas, daí ele colocou um apelido de uma espécie destas.

Curiosidades[editar]

  • O número 24 já não estava disponível quando ele criou, o canal por isso colocou Pirulla25.
  • Entrou para a tropa dos lanternas verdes, hoje a sua força vem do anel.
  • Seu pai queria que ele se chamasse Jacob, mas sua mãe preferiu Pirula.
  • Seu apresentador favorito é o Sílvio Santos, na época da faculdade começou admirar o Luciano Huck.
  • Sua televisão não é ligada desde que seu Phantom System queimou. Preferiu não consertar, pois sairia mais caro que um pão ázimo.
  • Seus primeiros vídeos foram gravados com um Motorola Rarz V3 rosa dado por uma ex-namorada feminista.
  • Na USP foi doutrinado a ser antissemita, mas se controla toda vez que olha para seu jacobinha.
  • Não comemora o natal, mas comemora o Hanukkah para não contrariar babai.

Videos[editar]

Rap do Doutor Pirôlla.
Cauê Maconhoura entrevista Dr. Pirôlla.
São ameaças, ameaças mesmo!
Uma história baseada em fatos reais
Entrevista do Pirôlla no Sex Shop
Em defesa da Samarco!
Dr. Enéas X Dr. Pirôlla: The Great Fight!
Dando Boura Vs. Doutor Pirrola: The King of MOPHOBICS!
Pirulla Wars: O despertar do Móphobics!

Referências

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Pirulla no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg