Pitangui

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso Tutorial Wiki! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...
Cquote1.png Ah, é meu cirurgião prástico! Cquote2.png
Carla Perez sobre Pitangui

Cquote1.png Que porra é essa? Cquote2.png
Qualquer pessoa sobre Pitangui.

Cquote1.png Companhêro, eu não sei de nada, juro que nunca ovi falar. Cquote2.png
Luís Inácio Lula da Silva sobre Pitangui

Cquote1.png Eu costumo visitar de vez em quando! Cquote2.png
Prefeito Evandro Rocha Mendes sobre Pitangui

Cquote1.png Um minuto de silêncio por quem mora mal... Cquote2.png
Christian Pior sobre Pitanguienses

Cquote1.png Iso Non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Pitangui

Cquote1.png Foi lá que perdi minhas meias! Cquote2.png
Judas sobre Pitangui

Cquote1.png É uma cidade linda, com grande potencial turístico! Cquote2.png
Pitanguiense iludido sobre Pitangui

Cquote1.png Ondé que fica êss trem? Cquote2.png
Mineiros sobre Pitangui

Cquote1.png É uma cilada Bino! Cquote2.png
Pedro sobre Pitangui

Cquote1.png Não fui eu! Cquote2.png
Deus sobre a criação de Pitangui


Pitangui (que agora é Pitanguy, carinhosamente chamada de Pitangay) é um município brasileiro localizado em algum lugar do estado de Minas Gerais. É cercada pela serra da cruz do monte, um dos mais altos pontos da região, pelas Matas do Céu, Mata da Rocinha, Mata da Pedreira e pasto do Nigrin. É literalmente um buraco no meio do mato!

Terra-mãe do Centro-Oeste Mineiro é berço de mais de 40 municípios de Minas Gerais (que cresceram e se desenvolveram, enquanto Pitangui...). Por ser a cidade mais antiga da região, é conhecida popularmente como Velha Serrana. Velha mesmo!

A única vez em que a cidade foi mencionada em rede nacional foi na novela das oito da rede Globo, A Favorita, em que um personagem drogado e ladrão se dizia pitanguiense.

Vista geral da cidade em 115 A.C.

População[editar]

Sua população estimada em 2010 era em torno de 100 ou 25.311 habitantes, dependendo da hora do dia (Em horário comercial, a maioria se encontra em Nova Serrana trabalhando). É composta por:

37% - viadinhos

35% - mulheres

15% - homens

13% - Indecisos

Comidas típicas[editar]

saborosas pizzas(OPote), deliciosos hamburguês (Paulo) e omeletes (kinzinho)

vida loka uiuiuiuiui

a muscia

Geografia[editar]

Cruz do monte... Ponto mais alto da cidade.
Altitude média 200m. O ponto mais alto é localizado no cucuruto do Cristo Redentor na Serra da Cruz do monte, com 8.000m (Apenas 15 m abaixo do pico do Everest) e o ponto mais baixo se encontra na Rua Lacerdino Rocha, ao lado do córgo, com 33m abaixo do nível do mar.

Clima[editar]

O regime de chuvas em Pitangui é realmente um regime. Não chove nem a pau. Contam os antigos que é devido a uma caveira de burro enterrada sob o solo da cidade. Escavações já foram realizadas, porem nada foi encontrado. Há suspeitas que ela se desvie constantemente dos (idiotas dos) escavadores.

Temperaturas totalmente desequilibradas e atrapalhadas fazem de Pitangui um enigma climático, estudado incansavelmente pelo Ricardo, professor de Geografia.

Relevo[editar]

Composto por subidas, descidas, ladeiras, picos, montanhas e alguns morros.

Topografia[editar]

Plano: 1% (Rua Siderpita)

Montanhoso: 74%

Ondulado: 60%

Crespo: 99%

Bairros[editar]

Pitangui possui basicamente nove bairros: Quebra, Filtro, Centro, Chapadão, Lavrado, Penha, Serra, Gameleira e Santo Antonio.

Quebra: Como o próprio nome já diz: por qualquer motivo o povo lá quebra o pau.

Filtro: (Também conhecido como Espanha) É a favela de Pitangui. Local povoado por “minas” e “manos”, e onde a qualquer momento pode sair uma briga e um assassinato. É lá que se encontra a mata pedreira, ponto turístico de Pitangui, local onde você pode tropeçar em corpos em decomposição e pacotes de drogas.

Centro: É o point do comércio pitanguiense onde você pode comprar mercadorias falsificadas vindas de Nova Serrana e Divinópolis a um preço bem mais alto.

Lavrado: Povoado por aspirantes a patricinhas, mauricinhos, filhinhos de papai, riquinhos. Resumindo: os paunucú. Seus habitantes (Coitados!) acreditam que moram no melhor bairro da cidade e se sentem orgulhosos por possuírem a sede do poder executivo do município, ou seja, a prefeitura (Grande coisa!). Possui extensões como o Novo lavrado e Morada do Sol, que não perde em nada para o filtro no quesito favela.

Vista parcial do bairro filtro.

Chapadão: Bairro localizado do outro lado da ponte da amizade (também conhecida como viaduto). Seus habitantes (Coitados!) insistem em afirmar que seu bairro é quase uma cidade, defendendo ideia de que lá só falta uma sub-prefeitura. Na verdade o bairro é composto por uma única rua (A Siderpita) e várias ruelas esburacadas que acabam de um lado no pasto de Nigrin e do outro na estrada pro velho da taipa. Não perde muito pro filtro no quesito noiádos (Lá no final só dá maconheiro) e nem pro lavrado no quesito paunucú e só tem putas.

Penha: Primeiro bairro de Pitangui. É onde se encontra a capela da Penha, e o Mumu, (mas que porra é essa?) lugar onde as pessoas vão ver jogo do Cruzeiro e do Atlético, e também vão para jogar bola num campinho sintético, esses são os únicos lugares que reúne grande número de pessoas no bairro da Penha. A Penha é outra favela de Pitangui, além de ser um lugar onde vivem vários pinguços que ficam cantando na praça de madrugada músicas sertanejas, e alguns jovens como Gustavo (carinhosamente chamado de Berna ou Berneta) e Bruno, que estão sempre juntos jogando truco, peteca ou batendo cartinha ali mesmo, esses dois namoradados amigos (de intimidade pra lá de duvidosa) são difícilmente vistos seperados, isso até gerou um apelido para os dois que é Whisky e Água de Coco. Seus habitantes (Coitados!) se sentem orgulhosos de viverem no primeiro bairro de Pitangui (Grande coisa!), e ser o único bairro que pode dar acesso a cruz do monte. Não perde muito pro filtro no quesito favela e onde também se concentra 90% dos ladrões de Pitangui.

Serra: Bairro localizado no suvaco do cristo inaugurado com o Doutor Alberto.

Flórida: Criado pra ser um bairro NOBRE, só com gente CHIQUE (como se isso fosse possível morando no alto de um morro de Pitangui), o antigo "Loteamento" (conhecido como Drive in e palco de festas pra lá de suspeitas) tornou outro abrigo dos paunucu - gente pobre e ignorante que se acha inteligente e fodástica. É aquela ilusão de estar acima, mesmo que geograficamente. Sacomé, né, coisa de pitanguiense.

Santo Antônio: Um bairro onde está coladinho com o filtro mas nem um morador admite. Todos tem como censo que é um bairro "nobre" por ter um mini centro comercial,(mercado do nino, bar, igreja, padarias, mecânicas, vende bucho etc.), ter uma pista de skate com uma quadra de areia ao lado e um lugar para os da terceira idade fazerem ginástica que atualmente é um parquinho por ter tanta criança pulando, saltitando como se fosse o "walt disney"(crianças carentes que vem do filtro brincar) e por ter uma avenida de importante acesso(Liga o filtro do centro)Ou seja: Só dá para uma pessoa chegar ao filtro do centro passando pelo bairro Santo Antônio. Conclusão: Um bairro médio para se morar.

Emprego[editar]

Se você não for amigo ou parente do Prefeito, nem adianta tentar. Aliás, ter que molhar a mão de quem não é parente não trás sorte se é que você me entende..

Economia[editar]

A economia gira em torno do EVV, Colorado e o Pastelito (Lugar onde o povo vai almoçar e se sente o top por estar comendo pastel de quinta categoria). Além disso, temos varias desocupadas fazendo cigarro. Parece formigas. Estão por todos os lados com suas bandejas fazendo cigarro e metendo o pau na vida dos vizinhos.


Pontos Turísticos[editar]

Cruz do monteLocal onde as piriguetes vão pra la na madrugada dar para os meninos. Pracinha do centroLocal onde qualquer hora do dia tem pessoas , de manha e a tarde idosos , aposentado que não tem nada pra fazer. A noite os "novinhos" em busca do wifi do sup.EVV e o wifi do Paulinho Ferrerera . Lá tbm serve como o point para quem vai na missa da 7 no domingo na matriz e depois desce pra pracinha pra ficar de papo.