Playboy

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Este artigo se refere aos filhos da puta. Se você estava interessado em putaria, seu pervertido, olhe Revista Playboy.

Audi, o carro mais popular entre os Playboys.

Cquote1.png Sou um playboy, filhinho de papai! Eu tenho um pitbull e imito o que ele faz! Sou um playboy, filhinho de papai! Eu era debiloide e fiquei ainda mais! Cquote2.png
Gabriel Pensador sobre Playboy
Cquote1.png São imagens fortes. Cquote2.png
Justin Bieber sobre Playboy
Cquote1.png Deus é 10, Romário é 11, Whisky bom é 12, azar é 13, acima de 14 eu tô pegando!!! Cquote2.png
Serginho Malandro sobre universo playboy
Cquote1.png Perdeu preibói, perdeu, perdeu! Cquote2.png
Mano com inveja do preibói sobre Preibói
Cquote1.png Ih, foi mal, a minha é federal. Cquote2.png
Nerd sobre natureza da instituição de ensino em que estuda ou tirando onda dos estudantes das faculdades particulares
Cquote1.png É pra zuar? A minha é particular Cquote2.png
Playboy sobre a faculdade mega cara que o papai pode pagar
Cquote1.png Diplomas??? Tenho 5!!! Cquote2.png
Playboy sobre as especialidades de ensino superior que o papai comprou pra ele de Natal
Cquote1.png Se me zuar vô kontá po meu pai! Cquote2.png
Felipe Dylon sobre Playboy
Cquote1.png Antes eu era feio, agora eu tenho carro! Cquote2.png
Filho do ganhador da Mega Sena sobre Universo Playboy
Cquote1.png Achei que era a revita de mulheres peladas. :( Cquote2.png
Nerd punhetero sobre Playboy
Cquote1.png Playboy que é playboy tem que fazer o chão tremer! Cquote2.png
Filosofia de um playboy forrozeiro

Um playboy é um sujeito frequentemente exposto aos considerados "prazeres da vida". É muito descolado e bolerante.Não necessariamente rico, se for pobre e se vestir como um boy já pode-se considerá-lo outra praga. A origem do termo vem do idioma inglês "play" - "boy", o que seria "garoto-ativo" e serve para classificar erroneamente alguns seres humanos acéfalos como portadores de valores como inteligência e esperteza. Sustentados pelos humanos mais velhos que através do sexo lhe trouxeram ao mundo, os "playba", como são conhecidos nas periferias das grandes cidades, ignoram atividades positivas e produtivas que os outros de sua espécie necessitam para sobreviver.

A principal personalidade de um playboy é de ser um ser altamente falso (mesmo entre eles), metido, efusivo, folgado, fofoqueiro e praticante de bullying profissional, sendo as vítimas prediletas deles: nerds, otakus, metaleiros e emos (embora eles gostem de zuar qualquer tipo de pessoa que não são como eles). Em resumo, um playboy não possui uma qualidade sequer.

Suas características variaram desde a brilhantina no cabelo e lambretas, nos anos 60, passando pelo uso excessivo de entorpecentes e festas nos anos 90 e atualmente, possuem a cabeça raspada, tomam bomba e domesticam Pitbulls. São uma praga de difícil extinção, além do vício excessivo de cheiramento de gatinhos.

Um Playboy na praia, se exibindo para uma Patricinha(note o que está acontecendo a partir do 5ºquadrinho no fundo).

Eles, juntamente com as Patricinhas, formam um grupo de pessoas popularmente conhecidos por "filhinhos de papai"... ou seja, uns bostinhas que nunca trabalharam pra conseguir nada na vida. Os Playboys costumam esnobar a todos e usar camisas de mangas excessivamente curtas. Seu estilo de vestimenta assemelha-se ao dos surfistas.


Playboys em Saint Tropez.


Tabela de conteúdo

[editar] Figurino

Tênis Shox

Nike Shox: Devido a alta quantidade de anabolizantes que esses indivíduos ingerem e a quantidade enorme de peso que eles se forçam a levantar, não só os seus órgãos sexuais se degeneram(quando não atrofiam e caem) mas também as juntas e ligamentos dos pés, e por isso eles se sentem na necessidade de usar um tênis com 317,5 molas pra se sentirem mais confortáveis quando vão dar uma voltinha espancando mendigos e empregadas cidade afora. Quanto à toda aquela "iluminação discreta" do tênis, é só por causa da necessidade de se verem no centro das atenções de toda roda de populares.

[1] (Instrumento de locomoção para distância menores que 10 metros dos elementos (maior que isso tem que ser em seus carros tunados "à la dinheiro de papai".)

  • Camisa

Diesel em geral, rosa e baby-look. Rosa para mostrar quão macho eles são, e baby-look por causa dos seus músculos gerados a partir de anabolizante para cavalos. boné de play boy é só Ecko. Abercrombie & Fitch, Hollister e Aeropostale são a forma que a indústria encontrou de uniformizar gente mesquinha e sem conteúdo, que prefere roupa cara a roupa bonita.

[2] OBS: Máscula. Não?

Playboy pedindo aquilo que mais gosta
  • Cordões

Normalmente eles adoram usar aquelas guias de macumba de pai de santo com 3 metros de comprimento com um monte de cocos. Também é comum um cordão de prata, quanto mais grosso melhor para mostrar a "masculinidade". Geralmente esses cordões são inspirados na coleira dos seus pitbulls.

  • Boné

Von Dutch: Para posers, (Ciclone) ,qualquer bonezinho estilo "Papa João Paulo II com aba" já serve.

[3]

OBS: A um passo da profissão de caminhoneiro.

  • Short

Só os da Quiksilver, aqueles que tem um pente inútil preso no bolso e que parecem mais uma calça do que um short propriamente dito.

  • Cueca

Samba-canção com um texto "autopromotativo" escrito nela, tipo "A vida começa aqui!" ou "Siga em frente".

Este é a parte mais interessante, pois eles parecem frangos andando de um lado pro outro iguaizinhos ao piu-piu. Eles têm o "dever" de fazerem moicanos broxas caídos pro lado, cabelo despenteado que é o modelo mais simples e conhecido ou um Topete com gel em cima da testa.

Exemplos de figurino playboy
Merdds.png
Um PitBoy querendo se exibir mas quase cagando nas calças. Variação de Playboy que luta com espécies do próprio gênero animal.

[editar] Como lidar com um playboy

Jeito 1 - Matando-os

Jeito 2- Um dos melhores jeitos de deixar um playboy puto que ignorá-los. Um playboy existe unicamente para se mostrar para os outros, ou "pras mina" (gíria roubada dos manos). Eles acham que são populares, que todos gostam deles, que são os gostosões da escola/faculdade, que conseguem a mulher que quiserem, que são os maiorais, para deixá-los putos, você tem que esfregar na cara deles que isso não é verdade, que a imensa maioria das pessoas que estão ao redor deles falam mal pelas costas deles e mande todos eles tomarem noku. E mais: lembre-se que boa parte deles são bissexuais muito enrustidos, até porque muitos deles se travestem durante o carnaval e de fato gostam de se travestirem! Acredite!!!

Jeito 3- O MELHOR JEITO - Dizendo que o papai deles estão à beira da falência, chegue para eles e fale assim: "Não sei porque você está mexendo comigo eu trabalho/estudo e consigo meus bens através de muito esforço e, você vai ser o que da vida já que o Playboy Filho da Puta do seu pai está à beira da falência. Seus músculos vão murchar porque você não vai ter dinheiro para tomar anabolizantes, esquece seu quarto com: PS-4 e seus mais de 60 CDs de jogos (originais), seu PC comprado na X-5 com monitor LCD TV que custou uns 20.000 mil reais, sua TV 32" no seu quarto com aparelho de Home theater, seu Phillips Woox FWM-922, seu guarda-roupas planejado comprado na WW Dell Ano, sua casa em Alphaville (Santana de Parnaíba-Barueri), sua casa de campo em Campos do Jordão ou no Residencial Porta do Sol (São Roque) ou o Apartamento de Luxo no condomínio Forest Hill (São Roque) para passar as férias no Ski Mountain Park, a fazenda ou Haras da sua família, seu clube de campo, seus "amigos" da International School Alphaville, esquece Hockey no final de semana, a quadra de tênis, as corridas de Jockey, a SKY, as roupas de grife compradas no Shopping Tamboré e etc." No princípio ele como estará perto dos "amiguinhos" Playboys filhos da puta ele vão querer te agredir, mas, depois ele vai ver que é verdade e vai embora chorando (pior que emo - conselho não fique perto depois de concluir a frase!)

[editar] Caracteristicas

  • Usar vocabulário similar a um Emo, só que pior ainda e usando gÍrias PAULISTAS (Exemplo: -I ai manu!ta mi tíranu tá manu?!)
  • Achar que tudo que é proibido é cool, proibido é o cool deles ...
  • Idolatrar todos os caras que fizeram American Pie
  • Extorquir os pais até não poder mais, mesmo quando estes estão à beira da falência.
  • Assim como um indie, os playboys acham que é maneiro fumar ou beber, a unica diferença é, que os playboys querem fazer tudo de proibido antes dos 18 anos, depois viram pessoas que amam academias, resumindo: viram PITBOYS
  • Botar fotos de (ex)namoradas no orkut e usar frases como Nosso amor vai durar até o mundo acabar
  • Atualmente, uma das incansáveis manias de um Playboy é tentar imitar outros estilos (tirando o Emo), já imitaram as camisas sociais dos Indies, as bermudas gigantes dos Surfistas e por aí vai... (Tese traída pelos integrantes do NXeMo Losers)
  • Ouvir Funk e Rap moda - conhecido como Black (só aqueles que falam de amor ou que falam de dinheiro), se for Rock, só pode ser bandas de Pop Punk(um emocore só que feito por não emos)
  • Andar no carro tunado (financiado) com o dinheiro do papai que tá falindo, que também serve para compensar o tamanho do pau pequeno, entre outras coisas.
  • Um bom viado não se contenta em andar sozinho no seu carro, ele tem sempre que levar consigo mais 4 playboys (ou até quantos o carro poder sustentar) e ainda não contente ele passa em frente dos barzinhos, da um cavalinho de pau pra todo mundo vê que ele tá de carro cheio de macho. Mais o engraçado é que sempre o playboy que tá no banco do caronas da um jeito de tira a metade do corpo pra fora do carro pra prova pra todo mundo que é ele quem tá dando pro motorista.
  • Usar um artigo e/ou roupa apenas pelo preço esquecendo do estilo próprio. Minto, eles não esquecem do estilo próprio, eles simplesmente não o têm. Por causa disso são muitas vezes confundidos com outros tipos de pessoas.
  • Estilo bom(Obs:. o Rapaz Playboy que escreveu dizendo que é um estilo bom, já foi executado por Chuck Norris com seu RHK), aliás, é aquele que faz você pegar as mulheres mais gostosas(mulheres mais gostosas = mercenárias).
  • Assim como emo, playboy nunca admite que é playboy, só os playssons admitem ser, playboy que é playboy tem que ser metido a rappeiros (que palavra maneira!) e reggaeiros, mas não sabem nem direito as bandas/artistas que tocam os estilos, só os que passam nas FMs, MTVs e TVZs da vida.
  • Desconhecem o uso do intelecto como forma de resolver problemas e ao invés disso apelam para a porrada ou chamam seus amiguinhos ou o papai e seu advogado. O pai e o advogado podem, às vezes, ser a mesma pessoa. Quando o pai não é o juiz.
  • Há ainda um tipo de playboy famoso bastante encontrado nos centros universitários, de forma geral, o famoso e ilustríssimo (?) engeboy, ou o playboy da engenharia, dos quais se diz que fazem parte dos emos que não conseguiram atingir o Zerésimo Círculo do Inferno. Se acham porque fragam (leia-se pensam fragar) de matemática e física (porra véi... fraguei essa integral). Defendem que seu curso é o mais difícil do mundo, pois acham que sua área do aprendizado é a melhor do universo, que só dá "nego fera" (mesmo que o pai, que dê dinheiro para que ele faça suas estripolias, seja médico, empresário ou advogado). E tem o detalhe de que aquele trabalho, onde se decorou todas as fórmulas cabulosas que aprenderam deduzir em Cálculo XXXVIII, na verdade foi pago por uma grana para no nerdzinho da sala, que, depois de tanto apanhar na infância, encontrou seu paraíso. Vai toda sexta tentar dar umas esfregas nas meninas de biológicas, achando que estão bombando com o Vectra 98 que o papai deu no vestibular.
  • Outra (sic...) forma de playboy são os Playpira (playboy + caipira). São aqueles indivíduos que vivem em currutelas (cidades com menos de 200 mil habitantes, geralmente bem menos), são filhos de fazendeiros e ficam desfilando com carrinho novo que ganham do papai. São pessoas que não fazem nada da vida, ficam passeando de carro na cidade. Se a cidade é muito pequena, ficam dando voltas de carro na praça, que é o centro de toda cidade pequena. São péssimas na faculdade e acham que com sua S10, Frontier, Strada ou Montana vão arrasar com as garotas (mercenárias). Vivem de usar roupas Brooksfield e acham que o bonito é beber whiskey na boate e andar com o carro com modas sertanejas no máximo. Na verdade o pai deve mais que tudo no banco, tudo que têm é financiado e nunca colocou a mão na terra. São seres insignificantes e que sua existência ou não, é desconsideravelmente irrelevante para cadeia das espécies.
  • Outra (puta merda...) forma de Playboy, são os Playvelados (Playboy + Favelado), que são pobres até dizer "chega". Para conseguir dinheiro/roupas/inutilidades eles roubam os R$1,99 que a mãe ganhou como salário para poder comprar da feirinha. Outro modo de conseguir é roubando de algum gringo que teve a (brilhante) ideia de se hospedar em um motel na Rocinha; ou viram um bando de vagabundos miseráveis. Veneram MV Bill e Playstation apesar de nem saberem falar essa palavra direito.
  • Outro caso emblemativo (SIC...) é o do "Playboy do Orkut". Este espécime posta fotos no site tiradas por fotógrafos profissionais, devidamente retocadas no Photoshop por designers que lhes retiram todas as espinhas do rosto, e mandam mensagens-padrão a pelo menos 900 mulheres assim: "e ai,blz? puxa mina gostei muito de você. vai fazer alguma coisa neste fds? me adiciona no MSN. Esses pulhas conhecem todas as baladas da região e, se você que está lendo isso for um deles, vai tomar no meio do seu cu, seu playboyzinho de merda.
  • Torcem geralmente para o Santos... ou para o São Paulo... na verdade, torcem para qualquer time! Aliás, que time é teu? Está cheio de playboy na torcida dele também (incluindo você, playboy safado)!

[editar] O futuro de um Playboy

Esse é o futuro prometido para os Playboys que se acham... (ou não)

Os playboys normalmente são qualquer coisa, principalmente inútil até os 25 anos quando são acusados de espancamento de empregadas, ou porque encheu a cara depois do trabalho no happy hour sexta a noite e atropelou um mendigo, porque foi disputar um racha com os brothers da facul na avenida, mas logicamente não são presos. A partir daí vivem o resto da vida fazendo bicos ou sustentado pelo pai até que morrem por Overdose. Quando o pai morre,a mãe provavelmente já morreu, então ele tem que se virar, quando é xingado por alguém acabam então, chorando, quando alguém o bate, choram e saem correndo, e como o papai já morreu, a herança já está para acabar porque ele não é maturo suficiente para procurar emprego e acaba sendo um mendigo.Entretanto!Ele é um mendigo inferior,que se acha superior, pois com roupas de grife e chique, provavelmente bem gordo por causa do anabolizante que não é mais aproveitado, eles dão a impressão de serem ricos se passando por mendigos,exceto pela gordura, mas aí o pessoal olha para as roupas e acha que ele pode passar por uma cirurgia de redução de estômago ou lipoaspiração.

Tradução:Se um Playboy não amadurece,ele se fode.Mas como sabemos que 99,99% dos playboys não amadurecem como devem, então podemos considerar que...SE VOCÊ É PLAYBOY, VOCÊ TÁ FUDIDO!


Putz, além de Playboy andando por aí você vai ter o azar de encontrar também:

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas