Poder Paralelo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
John Edwards small.jpg
Esse artigo é ridículo de tão pequeno!
Pelo amor de Deus, faça alguma coisa! Nem que seja um Viagra!
Rede Record.jpg Este artigo é propriedade de Edir Macedo, assim como a Rede Record e a Universal, e ele fará de tudo para que você seja roubado pague o dízimo!

Igreja universal.jpg
Conheça seus outros planos de dominação mundial clicando aqui.


Um mafioso de verdade, a gente vê por aqui.

Poder Paralelo, sucessora de Chamas da Vida é a nova novela das 22 horas da Rede Record de Televisão.

História[editar]

Tony Castellamare (Gabriel Brega Nunes) é um mafioso que está na Itália quando o carro dele explode com a família dele dentro, e daí ele vem para o Brasil após jurar "Vendetta" ("vingança" em italiano, seu bocó!). Ou seja, a mesma coisa que qualquer filme do Arnold Schwarzenegger, apesar de que nem dá pra comparar com o tripa seca do Gabriel Braga Nunes.

Tony terá de lutar para ser o kapo capo da Máfia no Brasil, enquanto o "mocinho" de Dona Beija, seu pai Caló, o ajuda e luta para não se esquecer de fazer aquele sotaque ridículo de Don Corleone e tomar toda manhã o Gardenal para a cabeça (a de cima, óbvio) funcionar direito.

Para animar um pouco a novela, do meio pro fim aparece um criminoso misterioso que mata todos os personagens que passam por sua frente com um tiro na testa para pôr a culpa em Bruno "Guri" (Marcelo Serrado). Qualquer semelhança com o incendiário misterioso e a Vilma de Chamas da Vida é mera coincidência! (APESAR DA NOVELA SER SOBRE A MAFIA, É UMA CÓPIA MUITO BARATA DO FILME O PODEROSO CAGÃO CHEFÃO E A NOVELA É UM LIXO, o don corleone teria desgosto de ver, mais felizmente ele está treinando punheta com o goku no acre)

Personagens[editar]

Tony Castellamare (Gabriel Braga Nunes): Agora é o Capo da organização criminosa. Ah, e cuidado para não estragar a chapinha dele, senão... Vendetta!!

Fernanda (Paloma Duarte): Excelente atriz, e só sabe falar "Eu matei meu filho". É amante do Bruno e dá mole para o Rudi. Dá pro elenco inteiro da novela. Foi comida pela Maura e agora, foi estuprada pelo macho.

Téo (Tuca Andrada): Delegado feliz, serelepe, que nas horas vagas come a mulher.

Marília (Maria Ribeiro): Uma hacker que trabalha para a polícia federal e que, nas horas vagas, é comida pelo marido.

Lígia (Miriam Freeland): Jornalista quenga que dá pro patrão e pro Tony. Toda vez que o marido chega, tem um macho na casa dela, e por muitas das vezes, é o patrão.

Bruno (Marcelo Serrado): Com a falta de criatividade de LAURO CÉSAR MUNIZ, Bruno é igual ao seu personagem DELEGADO NOGUEIRA em Vidas Opostas. Um cara bastante estranho com mudanças repentinas de humor. Dono do hotel sombrio da novela e patrão de metade dos personagens. Trai sua mulher com todo o elenco da novela(quando digo todos é TODOS).

Maura (Adriana Garambone): A corna da novela, que surtou como a Amy Winehouse. Comeu a atriz Fernanda Lira. Agora, depois de ter abandonado Bruno começa a se enrrabichar com o arquiteto Rafael(mentido a oscar niemeyer).

Alberto (Márcio Kieling): A mesmíssima coisa do Antônio de "Chamas da Vida". Até a franjinha emo é igual. Só que este deve morrer mais cedo. Graças a Deus...

Francesco Tucci (Roberto Birindelli): Bandido sem nenhuma inteligência. Um italiano com cara de guaxinim que gosta de matar com tiros. Atirar é uma arte...

Pedro (Guilherme Boury): Um rapaz que pega a quarentona da Patrícia França, só não pra dizer que a novela não tem nenhuma "polêmica".

Luísa (Fernanda Nobre): Uma vadiazinha, que fica dando no estúdio de fotos de do seu ex-namorado ex-namorados. O pai pensa que é uma santa.

Bruna Maria (Bruna Pietronave): Atriz pornô. Irmã de Tucci. Sou mais a Cicciolina...

André (André Bankoff): Yuppie engomadinho e sem graça, namora uma gostosa que ainda o chifra com um lambe-lambe.

Leonel Pavão (Castrinho): Bicheiro dono de escola de samba no Rio de Janeiro e produtor de filmes pornô. Poeta nas horas vagas. É louco pra que o Tony faça um filme pornô com ele .

Marina (Daniela Galli): A mulher de Tony. Fazia uma novela na Band e, quando enfim melhora de emissora, morre no primeiro capítulo!

Nina (Patrícia França): Quarentona papa-anjo.

Gigi (Karen Junqueira): Amiga fura-olho, cabeça-de-vento, que anda em qualquer lugar toda produzida, cheia de penduricalhos, se achando super fashion.

Dog (Miguel Thiré): Fotógrafo amigo-da-onça de André. Péssima propaganda para qualquer creme de pentear.

Rudi Castellamare (Petrônio Gontijo): Após ser abduzido direto de "Os Mutantes", virou um drogado com o cabelo pintado ainda mais esquisito que o do Dog. É a ovelha negra da família.

Bebel (Luma Costa): Protagonista juvenil da trama, foi sequestrada quando tinha cinco anos e criada por uma família rica. Ops, isso era em outra novela. Agora, ela é só uma amiga de alguém mais importante.

Nem todas as fotos de mafiosos são em preto e branco.

Dulce (Eliana Guttman): Velha, idosa, que quer ser garotona de 15 anos.

Vânia (Bete Coelho): Uma ferrada na vida. O marido perdeu todo o dinheiro apostando em cavalos. Tem um filho burro e que anda rebolando e ainda por cima mora de favor na casa da irmã Maura e ainda reclama. Todo o dia é comida pelo marido da Maura, Bruno.

Neide (Maria Carolina Ribeiro): Mulher rica que perde tudo com a sua mãe Malva e quer dar em cima do Frederico... ops! Isso foi em Floribella! Mas nessa novela ela se interessa pelo Bruno, quer dizer, ela quer quicar nele.

Paulo Garzia (Nicola Siri): Pela 784746483030948736267262513354735212695586845ª vez interpreta um italiano. É capanga do Tony, que nas horas vagas deve devorá-lo. Trai a mulher do Wagner Montes (na novela) com a corna da novela, Maura.

Neto (Renan Pitanga): Uma bicha, que vive rebolando e dá mole pro tio, Bruno. Chora como uma menina e só serve na novela pra dizer que a Vânia tem um filho.

João Leme (Leandro Léo): Mede 1 milímetro. É o mais baixinho da novela. É o limpador de rodapé da novela.

Guri (ainda não identificado): Um jogador fanático de counter-strike que mata metade do elenco com um tiro de paintball na testa.

Trilha sonora[editar]

As italianas[editar]

  1. Belíssimo Cosi - Laura Pausini (abertura)
  2. L'Amore Che Vienne - Andrea Sisti & Paula Morelenbaum
  3. Migliore Anni Della Nostra Vita - Jim Porto e Coral
  4. E Lucevan le Stelle - Carlos Slivskin (da ópera Tosca, de Giácomo Puccini. Desciclopédia também é cultura)

SÓ ISSO?!!!

As outras...[editar]

You can vomit now or you can give the Ctrl+W or Alt+F4 all now.

  1. Falando Para Zoar - Maurício Manieri (em 2009, quem ainda ouvia essa merda?)
  2. Luiza - Gabriel Guerra (referindo-se a uma de suas putas)
  3. Estou Morrendo Aos Poucos de Você - KLB ("Kika, Leandra e Bruna". Idem 1.)
  4. Firmamento apagado - Opinião na Privada/Tony Doido Varrido
  5. Arromba! - Mariana Belém (e você sabe muito bem o quê)
  6. Insensatez - Fernanda Takai do Pato Fu(dido) (música embolorada que ninguém mais ouve hoje em dia)
  7. Cegos do Castelo Rá-Tim-Bum - Milena Montei Nele
  8. Chuvas no Sertão - Mariana Brava (igual àquela esquentadinha meio sapa da Malhação)
  9. Saindo de Mim - Aline Muniz (após ele entrar e derramar seu leite no aparelho bocetal de Aline)
  10. Fim de Tarde no Cemitério - Soraia Montenegro Bauer
  11. Amar Assim... - Maurício Gasperini (mostrando como acariciar uma linda rola de 50cm)
  12. Vou Perder Você... foda-se, já era hora mesmo - Franco Leviano