Vogon

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Poesia Vogon)
Ir para: navegação, pesquisa
Zorak.jpg Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!

Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.

NovoWikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Vogon.

Cquote1.png Você quis dizer: Vegan Cquote2.png
Google sobre Vogon

Cquote1.png Resistir é inutil! Cquote2.png
Vogon Capanga sobre Tudo


Quem são?[editar]

Típico Vogon

Vogons são o povo conhecido pela sua brutalidade, feiúra, inaptidão de escrever poesias, sua total falta de inteligência e possuem a pior pontaria do universo. Eles são umas das raças mais desagradaveis da Galaxia, não chegam a ser malévolos, mas são mal-humorados, burocráticos metidos e insensíveis. Seriam incapazes de levantarem um dedo para salvar as próprias avós da Marmota Monelétrica de Utah Terrível Besta Voráz de Traal sem ordens através de um formulario em 3 vias, para enviar, devolver, questionar, perder, encontrar, abrir um inquérito, perder denovo e finalmente deixar 3 meses sob um monte de Turfa, para depois enfiar no cu reciclar como papel para acender fogo.

Poesia[editar]

AVISO: Jamais em hipótese alguma permita que um vogon leia poemas para você.

Vogon Recitando para sua plateia

A poesia vogon é, como todos sabem, a terceira pior do Universo, somente perdendo para os Azgoths de Kria (cuja poesia é a segunda pior do universo), e Paula Nancy Millstone Jennings, da Terra. Durante um recital em que seu Mestre Poeta, Gruntus, o Flatulento, leu sua "Ode ao pedacinho de massa de vidraceiro verde que encontrei no meu sovaco numa manhã de verão", quatro pessoas na platéia morreram de hemorragia interna, e o Presidente do Conselho Centro-Galático de Marmelada Artística só conseguiu sobreviver roendo uma das suas próprias pernas. Consta que Gruntus ficou decepcionado com a reação da platéia e já ia começar a ler sua epopeia em 12 tomos intitulada "Meus Gargarejos de Banheira Favoritos" quando seu próprio intestino grosso, numa tentativa desesperada de salvar a vida e a civilização, pulou para cima, passando pelo pescoço de Gruntus, e estrangulhou-lhe.

Suas primeiras tentativas poéticas faziam parte de um esforço malogrado no sentido de serem aceitos com uma espécie evoluida e culta. Mas agora, persistem apenas por sadismo mesmo...

Uma amostra de Poesia Vogon[editar]

"Ó fragúndio bugalhostro, tua micturição é para mim
Qual manchimucos num lúrgido mastim
Frêmeo implochoro-o, ó meu perlíndromo exangue.
Adrede me não apagianaste a crímidos dessartes?
Ter-te-ei rabirrotos, raio que o parte!"

Cquote1.png Bem, terráqueo, dou-lhe duas opções: ou morrer no vácuo do espaço... ou dizer o quanto gostou do meu poema Cquote2.png
Vogon poeta sobre jurado de poema

Cquote1.png Sabe... eu até gostei.. er... Achei algumas das imagens metafísicas realmente muito vivas... e tem uns recursos rítmicos... interessantes que... que... fazem contraponto ao... ao... surrealismo da metáfora subjacente da vogonidade da alma compassiva do poeta... que consegue, através da estrutura do texto, sublimar isto, transcender aquilo e apreender as dicotomias fundamentais do outro, proporcionando ao leitor uma visão aprofundada e intensa do... do.... er... do sentido do poema, seja ele qual for! Cquote2.png
Arthur Dent sob ameaças de morrer no vácuo do espaço sobre poesia Vogon

Cquote1.png Em outras palavras, eu escrevo poesia porque, por trás da minha fachada cruel e insensível, no fundo eu só quero ser... amado? ... Cquote2.png
Vogon poeta sobre comentário acima

Cquote1.png Bem... quer dizer, todos nos, lá no fundo, sabe... Cquote2.png
Arthur Dent prestes a ser interrompido pelo vogon

Cquote1.png NÃO! Estão completamente enganados! Só escrevo para ressaltar minha fachada cruel e insensível! Guardas, joguem-nos para fora da nave! Cquote2.png
Vogon sobre tentativa de enrolamento


Cquote1.png Resistir é inutil! Cquote2.png
Vogon Capanga sobre Resistencia