Pokémon Colosseum

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Pokémon Colosseum é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Lavos destrói o mundo.


Cvania-nes phantombat fly.gif
Pokémon Colosseum é da época da Velha Guarda dos Games

e só é conhecido por gamer raiz


Pokémon Colosseum
Pokemon Colosseum.jpg

Capa sem noção do jogo

Informações
Desenvolvedor Genius Sonority
Publicador The Pokémon Company
Ano 2003
Gênero Rinha de Pokémon
Plataformas GameCube
Avaliação 05%
Idade para jogar Livre

Cquote1.png Cadê meu Pokémon Stadium? Cquote2.png
Botini sobre Pokémon Colosseum

Pokémon Colosseum é um jogo desenvolvido pela então novata empresa Genius Sonoroty, é claro que só podia dar em merda alguém querer inovar um jogo de pokémon. A começar, é um jogo exclusivo para GameCube, um console que ninguém tem, e em segundo lugar, seja lá quem foi o gênio que produziu o jogo, ele quis misturar Pokémon Stadium com Pokémon Silver, mas ao invés de resultar num jogo fantástico, ele pegou apenas o pior de cada coisa, misturando o estilo enfadonho de batalhas do Stadium com a história bizarra dos portáteis, num jogo tão merda que se deve capturar os pokémons dos rivais. O jogo foi um fiasco de vendas e popularidade. Além dos velhos conhecidos, também apresenta pokémons da terceira geração que inclui Godzilla e Cthulhu como lendários.

História[editar]

Modo história do jogo.

Pokémon Colosseum é o primeiro RPG 3D de pokémons da história, devido aos avançados gráficos o jogo foi um fiasco, porque os fanáticos nessa coisa gostam dos portáteis. Este jogo é a coisa mais tosca que alguém já viu na vida, é impossível não jogá-lo sem ter uma crise psicótica.

O jogo conta a história de Wes, um playboyu que tem um Espeon e um Umbreon, que deve sair andando por becos do velho-oeste roubando e exorcisando pokémons que foram geneticamente modificados pela Microsoft em mais um de seus planos de dominação mundial. Esses pokémons sofreram uma lavagem cerebral nazista e agora tem uma aura negra (afro-descendente) que os tornam exímios estupradores e manos.

Para prevenir o apocalipse eminente, você deve capturar os pokémons dos adversários, mesmo que isso vá contra a regra universal que diz que é proibido capturar pokémons dos outros.

Com vários personagens sem carisma, ausente quase completa de sons, jogabilidade truncada, escassez de opções e quantidade pobre de variedade de pokémons, o jogo é pior modo história da história dos jogos de pokémon.

Para quem gostou do Pokémon Stadium existe um modo onde você pode enfrentar 100 treinadores rumo ao topo da montanha... apesar do modo parecer em nada com o bom e velho Pokémon Stadium.

Críticas[editar]

Cquote1.png OH NO!!! Cquote2.png
Narrador de Pokémon Colosseum sobre Pikachu sendo molestado

O jogo foi muito mal recebido, conseguiu ser muito pior que os dois Pokémon Stadium. Uma tragédia, só comprou essa bosta quem não leu os reviews.

Os pokémons disponíveis para você usar são todos equipados com golpes como Growl, Sand-attack, Tackle, Harden, enquanto seus adversários sempre tem Double-edge, Thunder, Fire Blast e Guillotine (que nunca erra), então você é rapidamente detonado a menos que você gaste uma pequena quantidade adicional de dinheiro e compre o Pokémon Ruby, Sapphire, Emerald, FireRed ou LeafGreen.

O método de purificar os pokémons é chato pra cacete, completamente tedioso e desnecessário...

Os oponentes sempre são nazistas com pokémons com apelidos idiotas, como "Arcaness", "Puffette", "Articuna", e sempre vão começar o turno em primeiro,mesmo que você use um Quick Attack, e todos acertaram o Fissure facilmente te oenando completamente.

Outro fator que contribuiu para o fracasso do jogo foi o fato de conter pouca ou nenhuma referência aos fetiches sexuais envolvendo tentáculos ou coisas furry.

Curiosidades[editar]

  • O jogo contribuiu com a popularização de Gardevoir, o atual símbolo do furry-bizarro-nojento-com-tentáculos.