Política da Suécia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Lazy Homer Simpson.jpg
Garfieldpimp.jpg
Política da Suécia possui um refinadíssimo senso de vadiagem.

Provavelmente nasceu na Bahia.

Clique aqui pra ver mais gente com vida mansa.

60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Política da Suécia.
Delma Hellsef na fundação do Partido Operário Social.

A política da Suécia é algo perfeito incorruptível e exemplo para países de terceiro mundo como o Brasil. Sempre que uma merda ocorre na política dos países do hemisfério sul, a Suécia é o primeiro país a ser lembrado para servir de bom exemplo, mesmo que na prática ninguém exatamente conheça o que realmente acontece por lá.

O sistema anarquista da política sueca foi criada por vikings social-democratas que estatizaram os primeiros barcos de piratas de Thor, fundando o primeiro programa social da história da Escandinávia, o "Meu barco minha vida". Os vikings liberais são minoria na Suécia e militam no PO (Partido de Odin). O político mais importante da Suécia é o grande ex-presidente Thorica que tem como lema: "pior que o nosso chapéu só a pi.. do Ricardo Coração de Leão."

Atualmente a vida política sueca é dividida entre aqueles que atacam a presidenta Delma Hellsef e os que defendem o seu programa junto com o ex-presidente Lulasting Möllusk.

Partidos políticos[editar]

  • Partido Operário Social-Democrata da Suécia - Partido dominante do país, anarquista, composto por ex-vikings social-democratas que estatizaram os primeiros barcos de piratas de Thor, fundando o primeiro programa social da história da Escandinávia, o "Meu barco, minha vida".
  • Partido Moderado - Partido Headbanger, que tem como projeto acabar com o curto verão sueco, estabelecendo o programa "Minhas trevas, minha vida".
  • Partido Popular Liberal - Minoria no país, defendem Odin e pretendem reunir as sete esfirras de Odin.
  • Partido Pirata - Partido de ideais anarquistas que defendem que a Suécia adote Odin como seu Deus supremo e único.

Programas sociais[editar]

Os programas sociais da Suécia foram criados (exceto o "meu barco, minha vida") em 1945, após a guerra mundial dos emos de Adolfinho ter acabado. Chateados por seu país ter quase a forma de um pinto murcho, os criadores do viagra foram até lá para ajudar Delma Hellsef. Criaram o projeto CDF (Classe Destruídora de Fêmeas), em que ajudavam os vikings broxantes a terem ereções facilmente a um baixo custo.

Em 1950 foi lançado o Meu barco, minha vida, em que os barcos de pescadores e vikings "probres" eram pagos inteiramente pelo governo de Delma.

Flag-map Suécia.png
Suécia
HistóriaPolíticaSubdivisões
GeografiaEconomia
CulturaTurismo