Policial fracassado que tenta desesperadamente matar os monstros gigantes em Rampage mas acaba sendo esmagado ou comido

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Screen do jogo. Aqui ele já tinha sido comido

No jogo Rampage, para Master System, além dos 3 monstros gigantes, eis que há um babaca que rouba a cena. Ele não é grande, nem forte, nem nada. É um policialzinho com uma arminha que tenta matar os monstros. E sempre acaba morrendo.

História[editar]

O mundo estava sendo destruído por 3 monstros animalescos gigantes, o Godzilla, o King Kong e o Fenrisulfr. Monstros de 100 metros de altura, que podem usar uma baleia azul como bola de gude. Monstros que pisam em tanques de guerra da mesma forma que humanos pisam em formigas. São tão grandes que os tanques passam batidos. O mundo estava próximo da destruição. E, ainda sim, apesar de 3 monstros indestrutíveis surgirem, transformando tudo em caos, um policial estúpido, em vez de apenas se esconder e esperar os monstros morrerem de catapora ou algo do tipo, tenta, desesperadamente, matar estes gigantes, com um .38. E o pior, esse babaca acha realmente que pode matar estes animais!

Objetivos[editar]

Eis aqui o idiota fazendo seu papel de ridículo na versão 3D

Este policial achou que poderia salvar o mundo com seu revólver, eliminando os 3 monstrengos. Ele queria ser um heroi mundial, o homem que matou os gigantes. Não pensou 2 vezes. Pegou sua arminha, saiu de sua casa e foi pra luta. Atirou nos bichos feios. Mas ele não só não virou um heroi como também saiu da história como um tremendo fracassado, idiota. E o pior, comido.

Se ele também objetava ser famoso algum dia, ao menos conseguiu. Dentre os personagens que fazem figuração no jogo Rampage, o estúpido com uma arminha que atira descontroladamente nos animais, sem causar problema nos animais, ficou relativamente famoso. É o primeiro a ser comido ou esmagado no jogo. E ele tem um artigo na Desciclopédia, enquanto George, Ralf/Ralph e Lizzie/Lizzy ainda não têm.

Ver também[editar]