Pombos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Este artigo fala de uma cidade pernambucana que tem esse nome de mal gosto. Se procura pelo bicho mais nojento da face da Terra, o "rato-alado", consulte o artigo Pombo


Cquote1.png Na União Soviética os pombos chutam você Cquote2.png
Reversal Russa sobre Pombos
Cquote1.png Na Russia VOCÊ caga nos Pombos Cquote2.png
Reversal Russa sobre Pombos

Pombos é uma cidade do interior de Pernambuco, bastante conhecida por seus ilustres habitantes, os pombos, que no ano de 1300 a.c. expulsaram todos os moradores da cidade e fundaram a primeira sociedade de aves no território nacional, cagando na cabeça de qualquer ser humano que se aproximar demais.

História[editar]

Conta-se que, descontentes com a caça indiscriminada à sua especie, um pombo chinês conhecido como João, montou um plano para assumir o controle do mundo, juntando todas as gangues das cidades de todo o mundo com suas bazucas anais, dominariam e assumiriam o controle das cidades que posteriormente seriam conhecidas como Pombostolândia. Assim, a partir disto nossos países vêm sofrendo seriamente com a falta de limpeza de suas ruas, pois a maior parte da população tem necessidade de cagar a cada 10 segundos.

Economia[editar]

Por ser uma cidade pobre e miserável de interior, é mais uma vila dessas que se concentra num produto específico e fica se achando a capital mundial disso. No caso de Pombos, esse produto não é a carne de pombo, mas sim abacaxi, que é plantado em todo lugar, mas nunca é visto na Festa do Abacaxi.

Outro produto muito exportado pela cidade são garotas de programa jovens moças estudantes, que costuma ter grande aceitação nas avenidas da capital Recife.

A produção local de chifres também é relevante, principalmente no bairro da Rua da Sardinha, embora grande a produção, enfrenta a concorrência desleal de cidades como Olinda e Bayeux e termina sendo destinada apenas ao consumo interno.

Turismo[editar]

O Cristo Cearense de Cabeça Chata, uma obra de arte atemporal e grande feito da engenharia moderna.

A arquitetura de Pombos é conhecida por deter a Oitava Maravilha do Mundo Moderno, uma das mais belas obras feita pelo homem, que mistura graça e beleza, que encanta à todos que passam pela Rodovia Luiz Gonzaga. "O Cristo Cearense de Cabeça Chata" que atrai a atenção de todos pela péssima execução de sua escultura e ao mesmo tempo a fidelidade ao Jesus Cearense. Na beira da rodovia, atrai atenção de todos, fato que tem causado muitos acidentes de pessoas que se deslumbram com tanta magnitude. Em passagem por Pernambuco não deixe de conhecer "O Cristo Cearense de Cabeça Chata" de Pombos, traga sua família, amigos e principalmente sua sogra, para desfrutar deste colírio para os olhos.