Ponta Grossa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Reqmano2.PNG
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Ponta Grossa é o maior Centro Rodo-tronco Ferroviário do Interlan do Planeta?
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...você é bicho do Paraná?
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...o Parque de Vila Velha não fica em Ponta Grossa, mas sim a 117km de Curitiba?
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
Ponta Grossa
Paubrasil.jpg
Uma turista conhecendo Ponta Grossa
Localização Interior do Paraná
Altitude -236m Palmeirinha +2130 Esplanada.
Clima Tenso
Prefeito Muricy Ramalho
Lema "Para o oeste jovem, para o oeste"
Economia Jogo do Bicho.
Heróis Locais Xuxa do Calçadão, José Penkowski, Véio Nordo, Davi, Operário de Ponta Grossa, Zeca/RP2, Xicória e Jone Railander
Religião Não são muito chegados.
População hostis,pontagrosseiros, indefinido.
Área adequada para o plantio de mandiocas em uma vasta distancia de 2000 km².
PIB maior que o SEU salário.
Hino onde o sol não bate, a mandioca não nasce.

Cquote1.png 29! Cquote2.png
Pai Foltran sobre Ponta Grossa
Cquote1.png (42)9999-9999 Cquote2.png
lista telefonica sobre Ponta Grossa
Cquote1.png As meninas de Campo Largo gostam dos caras de Ponta Grossa... Cquote2.png
Casseta e Planeta sobre Ponta Grossa
Cquote1.png Ah como era grande!! Cquote2.png
Tua mãe sobre Ponta Grossa
Cquote1.png Ihhh, foi mal! A minha é Federal! Cquote2.png
Aluno da UTFPR sobre UEPG
Cquote1.png Quando eu terminar a faculdade eu vou ganhar o dobro do quadruplo do triplo do que você Cquote2.png
Aluno da UEPG sobre Nerd da UTFPR ali de cima
Cquote1.png Qual a diferença entre a agulha e o Paraná? Cquote2.png
Zorra Total sobre Ponta Grossa
Cquote1.png De quê Ponta Grossa vocês tanto fala? Do salsichôn?? Cquote2.png
Alemão bêbado da München sobre Ponta Grossa
Cquote1.png Conheça o Brasil, de Ponta Grossa a Rolândia por 100 paus! Cquote2.png
Propaganda da EMBRATUR sobre Ponta Grossa
Cquote1.png Tem moedinha? Cquote2.png
Xuxa do Calçadão sobre sua profissão.
Cquote1.png Depois de passar por tantos clubes você ainda sonha com o Operário de Ponta Grossa? Cquote2.png
Paulo Bonfá do Rock Gol, ao entrevistar São Marcos

Ponta Grossa como é conhecido no Brasil, PG City como é chamado pelos ponta-grossenses metidos, ou Puenta Gruesa, na Argentina, ou carinhosamente pelos Vereadores Cidade Camelo (devido a suas infinitas subidas e decidas, cujo o único meio de transporte com o qual você chega a ela é escalando alguns picos (epa!) e montanhas)

Origem mítica

A origem de Ponta Grossa remonta do século III a.C, com a chegada de uma tripulação extraterrestre no aeroporto Sant'Anna e também com a chegada dos tropeiros, hippies, samurais derrotados, pistoleiros fugidos do velho oeste, 6 sobreviventes da mítica Atlantida e mais alguns que não poderemos citar por causa de uma lei obscura do TRE.

Na tripulação: Jocelito Corner, Xuxa, Oil Man, Irmã Edites e Wosgrau Hatzinger.

Destes, apenas Xuxa, Oil Man e Wosgrau sobreviveram. Hoje, séculos depois, Oil Man migrou para a Capital, Curitiba.

Wosgrau continua com o cargo de Imperador dos Campos Gerais. Xuxa é sua primeira ministra.

Os tropeiros com suas comitivas de vacas e porcos precisavam de pouso, então chegando nessa cadeia de moros e montanhas que se chamava pela suas características "ponta grossa". Inicialmente era um barranco, depois virou ladeira, depois vilarejo, depois vila, depois província (assim chamada até hoje pelos pistoleiros), depois aldeia (carinhosamente chamada pelos indios da antiga rodoviaria), e depois de inúmeros nomes, como Cidade Viva, Polo de Confecções (mesmo sendo um polo de confecções a cidade ainda conta com importações do Paraguai e da Praça da Sé)

Descrição

É também conhecida pelo destaque nacional no cenário do tuning dos carros 1.0 financiados em 72 vezes, uma prática que une o estilismo ao automobilismo (resumindo colocar um FOCO em baixo da condução e uma dúzia de adesivos na porta). A maioria da população é (ou melhor, se acha) de origem européia mesmo não falando patavinas de outro idioma estrangeiro. Todos são patriotas o bastante para se ofenderem com as piadinhas infames sobre sua, mas também são arrogantes como todo bom Paranaense, culturalmente ricos ou curitibanos (falam até Curitibanês), mesmo tendo nascido no meio do matagal. A cidade é rica em indústrias de cerveja, madeireiras, agricultura e Agências exportação de meninas ao exterior e também de pontos turísticos.

Ponta Grossa
“Se dez vidas eu tivesse, dez vidas eu daria” Jesus Cristo.

Cocozão, o Mito

Em 2004 foi construído o monumento mais histórico e representativo já feito nessa cidade, denominado Cocozão ou (ie. Big shit, Cocozón..). Já os mais idosos, principalmente os antigos frequentadores do hospício Franco da Rocha, afirmam com veemência que o Cocozão foi resultado da passagem de um gigante pela cidade. Há pessoas que acreditam que ele saiu do Buraco do Padre.

Mas a descarga foi puxada ....

Infelizmente, o maior patrimônio cultural,socio-educativo,político e religioso do interlan do planeta que se encontrava na nossa cidade foi removido. Ele era o principal símbolo de uma gestão política de progresso, ordem e satisfação do povo (Povo de Ponta Góssa...). Vários boatos já surgiram. Alguns falaram que ele foi removido e será instalado no meio do parque ambiental, para dar uma aparência melhor. Já outros mais xiitas falaram que ele voltou para o rabo do gigante que passou por aqui a alguns anos e o deixou. Ainda algumas testemunhas dizem que simplesmente foi dado a descarga do grande sanitário, onde Cocozão estava entalado e foi desaguar no suposto manancial de captação d'água da cidade, vulgo Alagados.

Após o primeiro dia da remoção do Cocozão, a cidade já sofre com problemas relacionados a ele. Muitas pessoas de fora da cidade estão com dificuldade de se localizar a UéPG, Itáliacoca, Roxoróis, Balneário Rio Verde, Capão da Onça, Parque do Café e outras localidades na qual utilizavam o Cocozão como ponto de referência.

Exemplo de cultura do Povo de Ponta Grossa

Há alguns anus em Ponta Grossa Já a alguns anos que os moradores de Ponta Grossa ainda acreditam que uma estátua situada no centro da cidade seja de nada menos do que de Jesus Cristo, O pior é que nunca, ninguém questionou “Mas porque Jesus tem essa corda enrolada no pescoço?” Ainda pior é de quem passa em frente do memorial faz o sinal da cruz, reza um terço, (com direito a vela e tudo).

Quase se tornando um local sagrado e de peregrinação, uma equipe de renomados cientistas da Faculdade União, investigando o fenômeno, recomendou à prefeitura que providencie re-pintar a corda da estátua do Tiradentes.

Além de serem o povo do frio (pois hibernam no outono e no inverno de forma que se vc aparecer na casa de alguém sera provavelmente devorado por acabar" com o bom sono de inverno), os ponta-grossenses adoram dizer em alto e bom sonido que além de sua "decscendencia" européia eles são irmãos unidos dos gaúchos.... Maiiii pensa em um povo metido a gaucho! que tudo pra eles é ser um gaúcho...dança gaucha e até hoje eles ouvem o grupo TRADIÇAO COM AQUELE LOIRINHO PRIMO DO BIBER....

Enfim, se vcs querem ver uma versão cover de gauchada, vão para PONTA GRSOSSA, elees vão ensinar muito sobre os gauchos (o que na vdde eles não sabem bosta nenhuma só acham mesmo)

História

Tropeiro: Explicação do porquê os tropeiros adoravam passar por aqui.

Ponta Grossa foi afundada no século IX, depois da pseudo-independência da comarca de Curitiba. Foi inicialmente uma pousada, ou pouso de passagem dos tropeiros gaúchos que iam vender suas cabeças de gado na fazenda dos Mezenga, no estado de São Paulo.

Como qualquer bom gaúcho, precisavam fazer suas paradas diárias para fazer seu churrasquinho de carne seca, tomar chimarrão e queimar a rosca. Tendo em vista seu público alvo, os fundadores da cidade, com auxílio de seus publicitários, buscaram um nome carinhoso, cativante e marcante para os tropeiros. Pergunte para qualquer tropeiro daquela época, todos lembram de Ponta Grossa com muito carinho.

Entretenimento

Os jovens costumam se encontrar na frente do Mc Donald's da Av. München e da UEPG fazendo intera para beber tubão e trocar experiências. Geralmente o maior point dela são os famosos bares 2 e 10 e o República, onde você pode facilmente chegar lá seguindo os rastros de cerveja no chão e maresia no ar deixados pelos bêbados e manos carçudos que vão e vem pra avenida München onde encontramos a maior concentração de manos, bandidos e cuidadores de carros por metro quadrado da cidade.

Existem também bandas tipicamente pontagrossenses: AC/Dcipa, Black Sabará, Link Park Nossa Sra das Graças, Engenheiros do Guaragi, Paralamas do Bom Sucesso, entre outras que se reúnem no Bar do Pelé (prefeitura de entre rios) no guaragitos

A festa mais famosa da cidade acontece todos os anos entre novembro e dezembro, chamada München Fest, onde os caras bebem chope até mijarem nas calças, ou serem carregados pelas dançarinas alemãs, a maioria parecendo travecos. Isso sem falar nos 150 manos por metro quadrado, que vestidos como palhaço acham que estão lindos com o cabelo apontado pra lua e a calça caída no joelho. Se destacam:

  • Lançamento de urina Chope na multidão, do A-LU-CI-NAN-TE show do KLB.
  • Escalada na Torre do CE.
  • 100 mts livres do espelho d’água.

Na região de uvaranas muitas pessoas perderam o cabaço do cú.

Na cidade também há muitas casas noturnas de classe D (verdadeiras "rêives" para zé-ruelas como Você), tais como, Summer, Bier Haus, Democrata, Tradição, Machine, e a casa noturna mais conhecida da cidade, a Magic Sound (vulgo: Purguero), Reza a lenda que na entrada, se os seguranças te revistarem e no caso você estiver desarmado, eles lhe dão uma faca e um soco-inglês para você se defender lá dentro. Outros boatos dizem que só de passar no corredor principal você terá contraído 25 tipos de doenças diferentes, sendo 5 delas nunca vistas antes na humanidade. Ou seja, a menos que você tenha menos de 18 ou mais de 50, não perca tempo vindo pra cá.

Outra opção muito legal é curtir um bom roque end rou toda sexta feira no Ponto Azul(Blue Point), ou Praça Barão do Rio Branco, pelo projeto Sexta às Seis (Friday six o' clock). Os jovens levavam seu tubo, sua camiseta surrada de banda, muita alegria e muita falta do que fazer e se divertiam à beça sem a mínima preocupação com o colégio Regente feijó que fica localizado bem em frente a praça. Geralmente depois de terminado o evento, os jovens seguem em procissão até os famosos bares Pub Underground e Mad Bar e ficam lá bebendo e brigando com punks até o dia amanhecer.

Magiquera: Não se deixe enganar pela foto inocente, na verdade o "gelo seco" é Neocid pulverizado.

Pontos Turisticos

Se destacam o Cocozão, Buraco do Padre, Vila Velha, Vila Escambal, Guaragi, Paraíso, Piriquitos, Los Angeles, Franscelina e o Parque Ambiental(CIMENTAL). Por se tratar de um moderno projeto arquitetônico, é inteiro feito de concreto, na verdade o nome faz uma analogia a um Parque Ambiental, não quer dizer que precisa ter árvores, dãh!, e também a referência aos 4 elementos da natureza, na verdade significam: Pedra, Areia, Cimento e Cal.

Um sonho de cidade

As únicas pessoas que ainda não odeiam Ponta Grossa são aquelas que vêm de excursão naqueles ônibus metropolitanos do interior lotados e fedendo a Milho-Pan ,Peraí!Peraí!, "vem do interior"?? mas aqui já não é ... que geralmente chegam de Ipiranga, Tibagi, Palmeira, Teixeira Soares, e aí vai... Eles pensam que Ponta Grossa é a melhor cidade para se morar, porque aqui existem 4 coisas essenciais:

  • Shopping (acham os góticos engraçados, e não se incomodam por eles freqüentar o mesmo ambiente),
  • Paraguaizinho ( é porque ainda não foram enganados por nenhum camelô, ou porque nunca viram a Receita batendo por lá),
  • HIPERmercado (como se tivesse diferença dos demais SUPERmercados)
  • Tradição (Porque é o que mais toca música gaúcha).
Gov. Requião explicando de maneira carinhosa ao Pref. Wosgrau como funciona os aparelhos do HR.
Escória, ops... Xicória, o ícone de Ponta Grossa, conhecido em todo Paraná (ou não), doidão após o consumo de dorgas.
O calçadão

Maior concentração de pobres por metro quadrado da cidade, as patricinhas e os playboys da cidade tem medo só de falar no nome. Nele você encontra de tudo, desde as casas de produtos 1,95(sim...agora a moda do 1,99 acabou) até a pastelaria do Chinês que está lá desde que a nave veio para inaugurar a cidade. Existem figuras marcantes como os vendedores de passe gritando"Compro vendo passe!!!",onde depois de um tempo passaram a adotar outro grito"Compro passe vendo!!!!",o vendedor de pilhas que falava aos berros"Au Au Au, quatro pilha 1 real!!!!" e a xuxa do calçadão que quase sempre é vista dançando na frente de uma loja com caixa de som.

Porém, agora com a bilhetagem eletronica nos onibus a lendaria figura do vendedor de passe perdeu sua função. E o vendedor de pilhas foi tentar a vida em ritiba, mas ao que se sabe foi morto por um concorrente que vendia Seis pilha 2 real!.

É no calçadão também que você verá a quarta maior concentração de manos de Ponta Grossa (só perdendo para a Magic, para as festas do Clube Homens do Trabalho ). Com seus bonés de lado (que não são lavados desde que foram chutados), calça no joelho e camiseta larga (fica mais fácil esconder o que roubaram),eles e seus tenis redondos (chutados de elefantes) sempre são vistos por lá tentando fazer moral na frente do lojão 10 e 15 e do Condor.

É também no Calçadão que se encontra a maior concentração de "consultórios" odontológicos de custo reduzido. Tais lugares também são conhecidos como Centros de Propagação Infecciosa e Fábricas de Dentaduras Baratas. Caminhe por 3 minutos no Calçadão e você será abordado por um maninho que te entregará um panfleto de um dos milhares de "dentistas" que por ali se instalam, leiloando seus serviços na tática do "quem faz mais coisas por menos". Nesses folders você verá anúncio de tratamento ortodôntico completo por R$15,00, com direito a aparelho invisível; extração de dente por R$5,00 a unidade e dentadura com luzes neon e entrada USB por R$25,00. Esse fenômeno se deve aos 02 cursos de Odonto existentes na cidade, que despejam, anualmente, mais dentistas no mercado que dejetos no arroio do antigo Cinema Império. Os operadores de motorzinho, desesperados, alugam um calabouço ou um sótão em um dos predinhos em avançado estágio de apodrecimento que há no Calçadão e começam a fazer suas mágicas.

Futebol

Ponta Grossa possui uma das equipes de futebol mais antigas do Paraná, chamada Operário Ferroviário Esporte Clube, mais conhecido como Operário de Ponta Grossa, ou como Fantasma da Vila Oficinas, já que assusta todos os seus torcedores com as derrotas em campo, e as virgens com o tamanho de seu instrumeto. Era o time oficial do ex-imorrivel Michael Joseph Jackson, assim como o cantor o time já foi preto, branco e agora é fantasma.

Provavelmente a maior alegria do Operário é a alegria dos componentes da torcida organizada Trem Fantasma, formada por cidadãos iludidos e insistentes que somente aguentam o time à base de litros de cerveja que tomam nos jogos. E tomam também fora dos jogos. Os torcedores chamam de ridículos todos os realistas que conhecem a situação do time e que sabem que ele jamais será alguma coisa. Se um dos realistas lhes diz que não vale à pena ficar torcendo para o Operário, ouvirá do operariano aquela conversinha de que o pontagrossense verdadeiro precisa torcer para o Operário, ser jacú, ir no shopping sábado de tarde e ouvir o programa do Véio Nordo no Rádio.

Além disso, os operarianos ferrenhos acreditam ou fingem acreditar que o time está na iminência de ser campeão paranaense e sempre espalham boatos de que o clube participará da Copa do Brasil no ano seguinte a mais um fracasso no campeonato estadual. Óbvio que isso nunca acontece e, se perguntados sobre o porquê da ausência do Fantasma na competição nacional, lá vem eles com o mesmo papinho "fomos roubados...", ou "armação da CBF...".

Assim como Guarapuava, Ponta Grossa também irá colaborar com a Copa do Mundo de Futebol de 2014, como já era de se esperar o Operário Ferroviário Esporte Clube, cedeu o seu moderno campo para os jogos, que este foi aprovado pela FIFA, por causa da sua grande capacidade de 150.000 espectadores, sendo:

O Operário de Ponta Grossa

10.000- Sentados

20.000 - Geral

50 - Numeradas

59.900 - Barranco da ALL

59.900 - Vagões da ALL

Obs. Os 150 restantes são do telhado da oficina do Minga.

Personagens de Ponta Grossa
Amante de Ponta Grossa.
Xuxa do Calçadão:Segundo ela diz, nunca precisou de plástica para parecer tanto com a Rainha dos Baixinhos.

Temos o Palhaço Popi, ele é um palhaço falido, fudido e mal pago, que fica no Calçadão (outro ponto turístico da cidade) falando com uma voz bem fina o nome de uma mulher qualquer e dizendo que a ama, também não encontramos ele sem sua inseparável boneca de pano.

O Japa, ser onipresente que pode ser visto em toda a cidade ao mesmo tempo, mas aparecendo com maior frequência no CEFET, local onde estuda faz quase 13 anos.

Outra figura de destaque e respeito é claro, é o nosso.. . . . . . . bom, não sabemos o seu nome, mas ele é conhecido como O profeta, uma pessoa religiosa que prega a palavra do Senhor no centro da cidade, geralmente situado na praça de São Tiradentes – (Barão do Rio Branco) e que fica aos BERROS B-E-R-R-O-S!! as vezes não sabemos se ele tá pregando a palavra ou se autoexorcizando, mas tudo bem. Ultimamente o Profeta anda meio sumido, não se sabe bem por quê. Imagina-se que ele esteja em um retiro espiritual, buscando renovar seu repertório de pregações. A expectativa é de que ele volte logo para animar o verão pontagrossensse e assustar as pombas da praça, que aumentaram muito desde que os BERROS cessaram.

Pai Foltran também é famoso em Ponta Grossa, suas previsões fazem parte do lupanário popular, cujo populacho crê em suas visões e, fielmente, segue o profeta Princesinho dos Campos.

Não brincamos com religião, por isso não dizemos que ele está errado, pelo contrário, fazer o que ele faz ninguém faz. Como diria o santo papa, mamar no touro ninguém quer, né?

Xuxa do Calçadão, que vive dançando em frente a todas as lojas e que vive tentando juntar os trapos com o Pow, um simpático velhinho moiado que vive com suas piras e célebres frases "... pow cidade, pow prefeito, pow pra mundo". O cara adora grita isso as 5 da manhã pra acordar todo mundo.

De uma origem mestiça entre Emos e góticos resultou em nada menos que aos "Góticos não-protestantes", que habitam dentro dos shoppings de Ponta Grossa, sempre em busca de um lugar pra se aparecerem a noite, menos no cemitério é claro, mas adoram dar uma fugidinha ao cinema para assistir aquele filme de comédia as quartas-feiras.

Sem esquecer do grande número de forasteiros que vêm estudar em Ponta Grossa. Não sabe-se ao certo do porque vêm viver nessa cidade, talvez não conseguem entrar na faculdade de sua cidade, como USP, UEL, ou outra qualquer, mas são felizes morando aqui, apesar de esconderem essa realidade!

Mesmo que os pontagrossenses não sejam nenhum pouco simpáticos (e nem fazem questão em ser), ainda acolhem e empregam muitas dessas pessoas, que insistem em falar que a cidade não presta! Mas também, não saem daqui, pelo menos até se formarem nas diversas Faculdades da PG City!

Zonas

Ponta Grossa, uma cidade de crescimento acelerado horizontal, traz diversos pontos de lazer noturno (e alguns diurnos, porque não???). Não sabemos se o nome tem alguma influência, mas Ponta Grossa tem o maior acervo de zonas do estado.

Localizado nas entradas de Ponta Grossa, encontra-se variados tipos de zona. Na saída para Curitiba/Palmeira temos a CQVê, e o famoso CQSabe o falido Baer da Sara. Localizadas no bairro de Nova Rússia, temos a Executive Drinks e o conceituado Gaiola onde as funcionárias vão trabalhar de bicicleta (Pra você ver o naipe do negócio). E o falecido Katkero. Destaca-se também na Vila Estrela (próximo ao Supermercado Tozetto) as duas casas irmãs gêmeas: Boate Stilus e Boate Status. Jamais esquecendo das velhas Zonas do Cristo Rei (Popular Zonão),que hoje funcionam duas ou três meio camufladas no lugar habitado por seres estranhos. Nessas zonas é grande a chance de você encontrar "garotas" grávidas e receber pontapés dos fetos se tentar uma aproximação.

Em Uvaranas tinhamos o Clássico e lendário puteiro Bar da Tánia(com acento agudo mesmo) um bar de família onde sempre encontrávamos os filhinhos das putas brincando na rua. Nas margens da Av. Presidente Kennedy (Rod PG/NortePR,Castro) temos a mansão Le Bateau, a zona mais padrão da cidade, assim como o Café Burbon. Entretanto, muita calma nessa hora aos desbravadores de plantão. O fato de a mansão Le Bateau ser a zona mais padrão da cidade não quer dizer que seja o paraíso na terra. Não. Você precisa ser malandro e insistir, repetir as visitas. Pela dedicação você poderá ser recompensado com uma grande aquisição, mas o caminho é cheio de espinhos e você não se livrará de ter alguns dragões sentando no seu colo até encontrar o pote de ouro.

No centro da cidade temos o Hotel Danúbio, que é uma zona camuflada de hotel. Não esquecendo também do melhor bar da Rua do Rosário, chamado Niki Bar o qual, segundo as "funcionárias", fica aberto até "amanhecê o dia". Além dele há um vasto acervo de bares nas proximidades do Clube Verde, os quais têm aspecto intimidante. Não tanto quanto as mulheres dentro dele, que mexem com o pedestre e oferecem 150kg de formosura em plena luz do dia. Mas o lugar mais famoso pra galera pé-rapada de Ponta Grossa, é a região do Cemitério Municipal, onde se encontram as principais musas da cidade, daquelas que até caminhoneiro corre de medo, mas se você achar que isso não faz seu tipo, visite a rua da Caixa Econômica e se divirta com os travestis de Ponta Grossa conhecidos também como “TRIPÉS”. É bem pra vc mesmo que tem mais de 18 anos e ainda é cabaço não perca tempo va em uma dessas zonas e divirta-se ou contrate uma para ir em sua casa através do site www.quantaclasse.com.br. Eu sei que vcs são td retardado e se um traveco aparece na tua frente vc come e ainda pede bis.

Cquote1.png Corram para o Esplanada colinas!!!! Cquote2.png

Hospital Regional: Difícil de achar, fácil de se perder.

Praia de Ponta Grossa

Um sonho a ser realizado! Abaixo a matéria.

ORÇAMENTO - O orçamento foi aprovado na Assembléia Legislativa, como conta o Deputado Estadual Jocelito Canto, que nunca faltou a nenhuma sessão. O orçamento será de US$ 120,000,000,000. Sendo que 99% desse valor parte de investidores estrangeiros, tais como a Microsoft, Ferrari, Toyota, e investidores brasileiros tais como O Boticário e Rede Vida.

TERRENO - O terreno a ser construído também foi definido, terá como margem as proximidades do Parque Ambiental, que será todo revestido de areia, e também a margem oposta que provavelmente vai ser o Campus da UEPG.

Praia de Ponta Grossa: Projeto

CONSTRUÇÃO - A implantação começará em breve e levará em torno de 13 anos para a nivelação do terreno e o encanamento necessário para tranferir a água de Porto de Galinhas (PE). E também a areia utilizada será importada do Deserto do Saara. Terá programas de conscientização, aplicada à marginais que ali freqüentam.

ORGANIZAÇÃO - A ligação entre a margem do centro da cidade (Parque Ambiental) e o Campus da UEPG será feita por Ferry Boat disponibilizado pela você. Para inaugurar o mar, será sediado o WCT (Campeonato Mundial de Surf) e terá apresentação ao vivo dos cantores Jack Johnson e Ben Harper no Centro de Eventos. A entrada é gratuita.

Veja Também o Herói de Ponta Grossa