Pornografia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Pornô)
Ir para: navegação, pesquisa
Garota hentai.gif TARADOOOOOOO(a)!!

Safado(a)! Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Você é mesmo pervertido(a)... Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!!


Discionario em png.PNG
O Descionário possui um verbete sobre Pornografia
Pornografia Canina

Cquote1.pngVocê quis dizer: Acampamento da IgrejaCquote2.png
Google sobre Pornografia
Cquote1.pngVocê quis dizer: 5x1Cquote2.png
Google sobre Pornografia
Cquote1.pngVocê quis dizer: Acariciar a bananaCquote2.png
Google sobre Pornografia
Cquote1.pngVocê quis dizer: Massagear o anãoCquote2.png
Google sobre Pornografia
Cquote1.pngVocê quis dizer: Estudar para provaCquote2.png
Google sobre Pornografia
Cquote1.pngVocê quis dizer: Site que apareceu sozinho na sua pageCquote2.png
Google sobre Pornografia
Cquote1.png A pornografia deve ser entendida como uma arte, em que o artista tem que dar duro. Cquote2.png
Sylvia Saint sobre pornografia.
Cquote1.png Isso é coisa do demônio! Cquote2.png
Evangélico sobre Pornografia
Cquote1.png Relaxa e Goza... Cquote2.png
Marta Suplicy sobre Pornografia
Cquote1.png Resultados 1 - 10 de aproximadamente 403.000.000.000 para porn (0,2 segundos) Cquote2.png
Google sobre Pornografia
Cquote1.png Muié safada tem que transá! Cquote2.png
Jeremias sobre pornografia
Cquote1.png Ai como dói! Cquote2.png
Mamonas assassinas sobre pornografia
Cquote1.png Aiaiaiuiui!!!! Cquote2.png
Silvio Santos sobre pornografia
Cquote1.png Ai se minha mãe me pega! Cquote2.png
Punheteiro sobre pornografia
Cquote1.png Ô mãe, por que ele tá enfiando isso nela? Cquote2.png
Seu amigo mongo sobre pornografia
Cquote1.png NOSSA!!!! DE REPENTE SUBIU!!!!! Cquote2.png
Você sobre seu pinto quando viu a 1ª prexeca.
Cquote1.png A pornografia é uma modalidade político-filosófica do conhecimento. Situa-se entre a sacanagem e o erotismo na Teoria Epistemológica. Envolve conexões com habilidades manuais, morfo-anatômicas, sinestésicas e visuo-voyeurísticas. Cquote2.png
Nerd Punheteiro sobre Vídeo Pornô
Cquote1.png Não se fala punheta se fala masturbar Cquote2.png
nerd sobre Postagem de cima
Cquote1.png [...]Minha mãe tá na sala eu já aperto alt tab, tá no cs metendo bala, pá mano saiu e alt tab, ali é só xota na rola... Tá ligado ?[...] Cquote2.png
Anônimo do TS, é o cara do é nóis que voa bruxão, do cabal sobre pornografia.
Cquote1.png Eu vou colocar no modo de navegação anônima para não deixar rastros dessa bicha gostosona no histórico Cquote2.png
Marido gay não assumido sobre pornografia
Cquote1.png eu do pru c mas c chama a bulança...? Cquote2.png
bêbado sobre dar o toba

Tabela de conteúdo

[editar] História e Pensadores

Exemplo de pornografia explícita.
Exemplo de homem casado acessando pornografia.

A pornografia foi formalizada inicialmente como área distinta do conhecimento humano por Platão, descrevendo em seu tratado pós-metafísico: Ta Methetiches (Techniché) - a Arte Metética. Pouco do tratado foi preservado até os dias atuais, mas um de seus mais aplicados discípulos foi o pensador romano Calígula. Alguns historiadores atuais acreditam que Platão teria plagiado a obra do filósofo etrusco Bruniadorius, em cujo trabalho registra-se a palavra putographias - o tratado das moças de boa família. Nele, Bruniadorius descreve os governantes como filhos de moças de boa família - putae filius - retratando o caráter elevado dos políticos desde essa época.

Assim, o pensador grego teria apenas adaptado o termo, substituindo o etrusco putas pelo equivalente grego pornai. Ainda que o formalismo tenha nascido somente na Antiguidade, é conhecido vestígios pré-históricos da pornografia. A chamada Vênus de Willendorf seria uma representação icônica das marafonas paleolíticas. Nas pinturas rupestres, como a do sítio arqueológico de Pedra Furada no Ceará, Brasil, também existem figuras que representam o ideal pornográfico, um ritual sagrado denominado suruba (que se distingue do bacanal por ter a primeira um fim em si mesma, enquanto o segundo pretende ser uma oferenda para outro fim).

Além de Platão, Calígula e, provavelmente, de Bruniadorius, outros pensadores da Antiguidade também detiveram-se na nobre ciência da pornografia como Moisés, Siddharta Gautama e Josué Nazareno. Durante a Idade Média, alguns se destacaram, entre os quais: Santo Agostinho e Tomás de Aquino. Agostinho introduziu a noção que mais tarde seria chamada pelos pesquisadores ingleses de ATM - de ânus a oris - e Aquino desenvolveu a ideia do auri pluvium. As primeiras universidades medievais tinham por lema Fodere putas, isto é, plantar batatas (em latim putas tinha um duplo sentido de damas da sociedade e tubérculo, já que ambos representavam o sustento da sociedade) - um pensamento profundamente arraigado entre os primeiros pornógrafos medievos.

Na Idade Moderna, a pornografia alcançou os Flandres e o território víquingue. Até hoje os Países Baixos e a Suécia são centro de excelência da pornografia contemporânea. Atualmente a pornografia é altamente difundida por todo o mundo. Com a tecnologia digital, praticamente todos têm alcance à produção dos principais pensadores, em particular do Leste Europeu, em que uma forte escola desenvolveu-se, principalmente, baseando-se nos estudos do pornógrafo austríaco Sigmund Freud Godoy.

No Brasil, a produção é considerada marginal, mas destacam-se localmente: Roberto Marinho, Bispo Macedo, Raquel Pacheco, Xuxa, Alexandre Frota e outros filósofos como principais expoentes da pornografia. Um dos centros mundiais mais respeitados é a École Supérieur de Putérie, em Berna, Suíça. Nessa instituição foram formados vários vencedores do Prêmio Nobel de Pornografia como Sylvia Saint, Rocco, La Conga Sex,Juliana Imai,Angelita Feijó e outros mais. Um dos maiores ícones da pornografia contemporânea, considerado um profeta pelo Punhetismo é Joe"Buttman" Stagliano, diretor e produtor de cinema pornô-punheteiro, lenda viva do segmento.

[editar] Principais conceitos

Você fazendo filme pornô
Nunca coma demais antes de fazer sexo.
  • Anilingus: Derivado do cunilingus (queira ver), o anilingus representa a língua (a fala) detida sobre o anel (a ausência de começo ou o fim). Isto é, o pensamento como de alcance infinito.
Pornografia é Voyeur
  • ATM (de ânus a oris): Freud percebeu a relação entre a simbologia do sonho de Kekulé (esse aí que inventou a química orgânica com seus compostos como o metanal e outros, como a metida de índio) com a cobra devorando o próprio rabo e o conceito agostiniano do ATM - sendo o alfa e o ômega, o fim tendo o recomeço em um processo cíclico infinito. O ATM agostiniano penetrou até mesmo no hermético campo da matemática computacional por meio dos loops infinitos e da cibernética por meio de alças de retroalimentação, demonstrando a influência da pornografia em outras áreas do conhecimento. Aliás, por meio de matemáticos ingleses, como Alan Turing, que o "de ânus a oris" ganhou sua denominação atual, um acrônimo para Automated Teller Machine.
  • Auri pluvium: Ela corresponde à noção de hiperabundância heterocíclica fluida. Tipificando alguns rituais presentes até hoje como a Garota Camiseta Molhada.
  • Chuva Dourada (Nome em português da de cima se você não sabe latim, seu burro!): De acordo com a mitologia e política comercial turística da Irlanda, os potes de ouro do final do arco-íris só contém realmente ouro se a chuva despejar este ouro em seu devido lugar, o que pode trazer prazer demasiado para irlandeses e pessoas com gostos "exóticos".
  • Cumshot: Líquido primordial que banha a face das estrelas. O ápice do regozijo.
  • Cunilingus: A liberdade da língua (e, portanto, da fala) sobre o clit (e, portanto, a sensação somática). Isto é, o pensamento domina o corpo.
  • Dupla penetração: Representa a introspecção máxima, com a introjeção da dureza da vida pelos poros dos corpo.
  • Espanhola: A penetração do soma por entre duas montanhas. O corpo encontrando passagem em meio às dificuldades.
  • Felatio: A experimentação da dureza da vida - vide Asceticismo - geralmente atingindo o vislumbre do cum face - alguns supõem que esteja ligado ao conceito do Nirvana.
  • Fingering: Exame do fim, teleonomia.
  • Gang Bang: Articulação pós-moderna do Big Bang. Envolve múltiplas possibilidades, desde buracos negros a jatos de matéria primordial (veja Cum Face). A participação coletiva é central no Gang Bang.
  • Sodomia: Conceito criado por um obscuro pensador israelita Shodom, do qual apenas fragmentos chegaram aos dias de hoje. Considerava que se deveria atacar os problemas a fundo e não de modo direto, pela frente, mas de modo mais sub-reptício, por trás, para ter um novo ângulo. Alguns puristas consideram este um método um tanto sujo.
  • 69: Inventado pelo físico Albert Einstein depois de 7 anos de cálculos (trigonometria, funções, exponencial, equações biquadradas, geometria, progressão, razão e proporção) e tentativas mal sucedidas. Cultuado como a melhor forma de dar e sentir o prazer do ato sexual. Passou a ser praticada por pessoas do mesmo sexo após uma breve passagem de Einstein pelo Rio de Janeiro em 1929.

[editar] Curiosas coisas que acontecem em filmes pornôs e não acontecem frequentemente na vida real

Mulher praticando Fisting.
  1. Todas as mulheres vão pra cama de salto alto.
  2. Homens nunca são impotentes.
  3. Quando for chupar uma mulher, 10 segundos são mais do que suficientes.
  4. Se uma mulher for pega se masturbando por um homem estranho, ela não vai gritar de vergonha, mas vai insistir pra que ele catraque com ela.
  5. Mulheres sorriem com gosto depois que homens enchem a cara delas de esperma.
  6. Mulheres curtem sexo com homens feios e velhos com pequeno pinto.
  7. Mulheres gemem incontrolavelmente quando estão fazendo um boquete.
  8. Mulheres sempre gozam quando o cara goza.
  9. Todas as mulheres gozam fazendo escândalo.
  10. As pessoas da década de 70 só conseguiam gozar se estivesse rolando um solo de guitarra ao fundo.
  11. Aqueles peitos são todos de verdade.
  12. Uma prática sexual comum para um homem é pegar seu pau em estado "meia-bomba" e batê-lo na bunda da mulher.
  13. Homens sempre gritam "OH, YEAH!" quando gozam.
  14. Se são dois caras em uma mina, eles se cumprimentam no final (e a mulher não fica com nojo!).
  15. Dupla penetração faz as mulheres sorrirem.
  16. Não existem homens asiáticos.
  17. Se você encontrar um casal de amigos seus catracando no quintal, o cara não vai te cobrir de porrada se você chegar e enfiar o pau na boca da mocinha.
  18. Sim, tem uma história.
  19. Quando está comendo a moça por trás, o homem consegue excitar a mulher dando vários tapas na sua bunda.
  20. Enfermeiras fazem boquetes para seus pacientes.
  21. Os homens sempre tiram antes de gozar.
  22. Quando sua namorada te pegar ganhando um boquete da melhor amiga dela, ela só vai emputecer por um momento... E depois vai entrar na suruba.
  23. Mulheres nunca têm dor de cabeça... Ou menstruação.
  24. Quando uma mulher está fazendo um boquete para um cara, sempre é bom que ele diga "Isso, chupa" pra que ela não se esqueça do que tá fazendo – mesmo que não seja loira.
  25. Cus sempre são limpos.
  26. Um homem gozar na bunda de uma mulher satisfaz ambas as partes envolvidas no processo.
  27. Mulheres sempre se surpreendem.
  28. Sua mãe nunca te pega no flagra, só seu pai, que ainda entra na putaria.
  29. Sempre tem espaço para mais um.
  30. A mulher sempre se faz de excitada, não importa cor, raça, religião, nacionalidade ou espécie.
  31. O professor nunca come a aluna, a aluna come o professor.
  32. A mulher sempre agradece no final.
  33. A mulher sempre fala ai meu Deus em inglês.
  34. Nos filmes antigos ou japoneses, o pau do ator sempre é pequeno e a buceta nunca é depilada, mesmo assim, ambos sentem prazer.
  35. Nas cenas de banho, mesmo que uma gostosa apareça nua, ela sempre vai ter que fazer movimentos de masturbação no homem pra ele se excitar.
  36. As mulheres nunca recusam sexo com um tarado.
  37. Muitas vezes as mulheres fazem anal e logo em seguida começam a chupar o pau dos caras e não acham nem um pouco nojento.
  38. Não vale a pena fingir que não se conhecem, recebem dinheiro por aquilo (normalmente).
  39. Kid Bengala é só efeito de câmera, o meu é maior!
  40. cinema pornô normalmente começa já no meio da "diversão" ou os actores só começam a comer a actrizes no meio da barra de tempo de duração do filme (gajos que não aguentam muito tempo).

[editar] Grandes Obras

Voyeurismo
  • Emmanuelle de Bicicleta: Desenvolvimento do pensamento da filósofa francesa Anaïs Nin, versa sobre a relação feminina com os poderes da pornografia transcendental.
  • Império dos Sentidos (愛のコリーダ Ai no Corrida): Obra máxima do filósofo japonês Kaworu Nagisa Oshima, exprime a exterioridade do ser enquanto domínio da interioridade.
  • Kama Sutra. Obra filosófica hindu, compatibiliza os preceitos das Upanixades com as definições pornográficas.
  • Cicarelli e Sylvia Saint na praia do prazer,obra que nos leva a refletir em como a vontade humana de se mostrar para as outras pessoas pode ser desastrosa.


Como você punheteiro sabe que o símbolo da Pornografia é XXX!, pronuncia Xis Xis Xis, mas se você inverter a palavra Xis fica Six Six Six (The Number of the Beast), traduzindo: Seis Seis Seis, traduzindo pra número fica 666!.

Muitas pessoas ficam confusas do por que os japoneses são os únicos a censurar seus próprios produtos pornográficos com embaçamento e tarjas, na verdade esses são filmes de educação sexual das redes públicas que mão de vacas carentes de fundos que são, contratam prostitutas para vídeos caseiros, alguns moleques pervertidos é quem os colocam na internet.

[editar] Ver também

[editar] Ligações externas


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas