Porsche Carrera GT

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sonic Maneiro.jpg Este artigo é sobre alguém que simplesmente corre pra caralho!

E já não está mais aqui, então não vandalize!

Frauleinpre.jpg Desciclopëdia über alles in der welt!!!

Estä arrtigö é alemon! Issö querr düzerr que seu autorr suschtenta ö gerraçon interra com bratwurst e sauerkraut, serrvidös porr uma fräulein . Non faça scheiße, öu te porremos de quatrro nö Berliner Mauer.


Cquote1.png Você quis dizer: Ferrari da Porsche Cquote2.png
Google sobre Porsche Carrera GT
Cquote1.png Você quis dizer: Carreira em correr? Cquote2.png
Google sobre Porsche Carrera GT
O Porsche Carrera (ou Carreira) GT (código de projeto 980) é mais uma máquina alemã feita pela Porsche com o objetivo de correr pra caralho. A menos é claro, que o dono esteja preso num engarrafamento.

Como surgiu essa máquina?[editar]

Que Carreira hein Carrera!

Pode ser remetido aos seus predecessores, os carros de corrida 911 GT1 e LMP1-98. Devido em parte às violações nas leis da Física, ambos os projetos foram cancelados. Na época, a Porsche tinha planejado um novo protótipo para os rachas dos anos 90. No carro, inicialmente pretendia-se usar um motor boxeador de 60 cilindros, mas foi mais tarde reprojetado para usar um novo motor V10 e mais algumas bugingangas, trazendo o projeto para a conclusão esperada em 2000. Foi também especulado que o presidente da VW-Audi Ferdinand Piëch arregou bonito, e quis que o protótipo Audi R8 não fosse designado nem pra competir com o Porsche em 2004. Ainda nos anos 2000, a Porsche manteve um pedaço do projeto vivo, usando um modelo clandestino de motor V10 5,5 L, que entrou a 299 por hora no Salão de Genebra. Foi uma tentativa um pouquinho forçada para chamar a atenção para a exposição dele. Uma produção de trocentas unidades havia sido planejada, mas a Porsche amarelou, e anunciou em agosto de 2005 que não continuaria com a produção do Carrera GT com a desculpa de que a produção parou devido a uma crise na fabricação de airbags nos Estados Unidos. Até maio de 2006, mais de oito milhões de GT's foram produzidos, sendo 604 vendidos nos EUA. É considerada a melhor venda da história.

Preço[editar]

Ele corre mais que nunca

É de US$ 440.000 e uma fatura negociável de aproximadamente US$ 414.800. Aqui no Brasil chegaria a quase 1 milhão de reais, e só o Silvio Santos compraria esse carro.

Curiosidades[editar]

  • Não possui rádio (como vou ouvir as minhas músicas? Hã?), pois a montadora alega que o melhor som é o do motor. Mas, se o proprietário quiser o sistema de som, deve apenas avisar a fábrica para que seja instalado. O motor do Carrera GT tem um som agudo típico, que virou marca do carro.
  • A única opção de transmissão é manual. Pois, de acordo com os engenheiros, nada substitui a velocidade e a emoção de um piloto trocando as marchas manualmente(que nem punheta).
  • É o veículo que o ator da franquia de filmes Velozes e Furiosos, Paul Walker, estava no momento de sua morte: cor vermelha, placa 7CC590 pilotado por seu amigo Roger. O carro bateu em uma avenida em 30 de novembro de 2013, em seguida o veículo pegou fogo deixando ambos torrados (trágico, trágico!).
Nuvola apps atlantik.png Coloque mais dados aqui. Porsche Carrera GT merece!

Aqui poderiam estar mais dados relevantes ao invés dessa merda.
Esclareça os fatos, melhore a redação e assim salve uma alma do purgatório.
Seja útil uma vez na vida e contribua para este artigo ou seção melhorar: edite-a

v d e h
*Automóveis, atropelamento e fuga