Porto Amazonas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Porto Amazonas é uma cidade do Paraná que não é porto e que não fica no Amazonas. Mais uma daquelas cidades que pelos seus nomes, só prestam para fazer uma bela de uma ironia ou então que foram alvos da mente conturbada e insana de algum paciente do manicômio local na época colonial que conseguiu fugir do manicômio e se candidatar a prefeito... Também que é fácil se candidatar prefeito em Porto Amazonas, já que a maioria abandona o cargo 2 dias após assumir.

Cidade

Barco de Porto Amazonas atracado ao (inexistente) porto da cidade.

A cidade é o exemplo perfeito de que como uma cidade pode ir do dia para a noite ser uma cidade caipira, minúscula e que cuja existência é tão minusculamente considerada que se hoje explodissem ela ninguém sentiria uma pontada no coração ou nada. "Foi até bom destruir Porto Amazonas!" alguns diriam.

Mas o caso é que antigamente a cidade era um importante porto, sendo que era tão rica que ela havia comprado um oceano privado só para suas navegações de 10 km de largura pudessem atracar. Sim, Porto Amazonas já teve barcos colossais e virtualmente impossíveis de serem construídos. Mas quem liga? Atualmente, a cidade tem de fato um rio, mas é um rio idiota que tem formato de S e que pode ser atravessado e visto brevemente sob a ponte pequena do portal.

A mancha negra no passado de Porto Amazonas foi esquecida com os tempos, pois o oceano e os barcos luxuosos que tinham foram perdidos em uma aposta para Curitiba, valendo o toba do vice-prefeito e de toda equipe de administração. O que sobrou do oceano é o rio que cruza a cidade.

Turismo

Graças ao nome, milhares de turistas acabam se enganando e visitando Porto Amazonas pensando ser uma praia. Bem, essas são as parcelas de 90% dos turistas que vem para Porto Amazonas. Os outros 10% estão na cidade de passagem, possivelmente querendo chegar até o Litoral, à alguma cidade vizinha ou então até Curitiba mesmo.

Vendem lembrancinhas de barquinhos e a prefeitura mandou construir algumas estátuas toscas de barcos que atualmente estão extintos de Porto Amazonas.

É a cidade perfeita para levar seu filho mimado e mostrar o quão ruim são as oportunidades e condições que o povo vive e que ele deve valorizar o que ele tem. Enquanto isso, os "marisqueiros" de Porto Amazonas estão se fudendo, ralando para conseguir um tostão, trabalhando como mendigos 24h por dia.

Atrações

É difícil definir atrações de um fim de mundo. Mas estas são:

  • Hidrelétrica de Porto Amazonas: É daí que sai a escassa energia que o prefeito usa para alimentar seu Playstation 3. Às vezes você pode achar um rato morto boiando por aí.
  • Perau do Corvo: Prostitutas quando são assassinadas são achadas geralmente pro aqui, por isso o nome do riacho é "perau do corvo". Pode ser chamado de "rio marrom" por motivos bastante explícitos.
  • Morro do Cristo: Outro plágio do Cristo Redentor que as cidades caipiras amam!