Prédio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: O contrário de "É fácil" Cquote2.png
Google sobre Edíficio
Cquote1.png Experimente também: Suicídio Cquote2.png
Sugestão do Google para Prédio

Prédio é qualquer construção com mais de três andares e um certo tamanho em metros quadrados. Os primeiros surgiram quando o surgiram os primeiros presídios, as torres por exemplo, mesmo as medievais eram para prisioneiros e prisioneiras que sacudiam um lencinho e davam gritinhos por socorro. Mas os prédios mesmo mais apreciados eram os obeliscos, em forma de pinto, não sendo pinto de galinha.

Mania de grandeza[editar]

Cquote1.png Pula! Pula! Pula! Cquote2.png
Multidão dando conselho camarada.

Os prédios quanto mais modernos são mais feios, por exemplo, os de vários andares ao ser olhados de baixo acabam por parecer cair em quem olha, burrice que os gregos já corrigiam fazendo uma leve inclinação nas grandes contruções. Acham que isso é frescura, mas não é. Os predios modernos têm um efeito grotesco do carai mesmo. Nem é apenas para aproveitamento de espaço, mas sim mania de grandeza. O alto desses prédios é perfeito para ninhos de pombo e seus arremessos camaradas. Os pombos amam os prédiso modernos.

As torres que foram os primeios prédios abrigavam de ogros á princesas, mas o que se acha mesmo nos dias atuais são ninhos, não só de pombos mais de tudo que é ave e se duvidar até de bichos não voadores, como por exemplo ratos e baratas, coisas que nos pédios de Los Angeles conhecem bem. Isso porque lá os laboratórios são camaradas e presenteiam os moradores de grandes prédios para que não se sintam sozinhos.

Os prédios verticais são mais fáceis do que os demais do que se pensa, não só pelo aproveitamento de espaço, mas também porque basta ir subindo e não é preciso estudar muito o terreno. As lesmas é que sobem junto com os prédios e sabem da sua utilidade, praticam mais do que o Homem Aranha e nem precisam de teias. mas incrivelmente as aranhas não gostam tanto de altura, poucas fazem teias tão alto, justamente porque não gostam dos demais bichos que encontram no alto, inclusive teu primo e teu tio engraçadão cuspindo para tentar aceratr a cabeça de quem passa embaixo.

Obeliscos[editar]

Chegando no topo eu comemoro.

A primeira a construir algo menos (e bem menos) horizontal foi a Cleópatra e sua paixão por coisas eretas. Mas os obeliscos também iam se afinando por causa daquele já mencionado efeito queda, e o que a Cleópatra detestava eram coisas caindo. Os obeliscos deviam portanto ser bem grandões e eretos. Depois os demais reinos copiaram a ideia, acreditasse até mesmpo que eram torres de energia, isso eu não sei. Mas alí é que tiveram início também as ideias para prédios.

Os prédios não precisam ser tão verticais para serem prédios, por exemplo os da Rússia nãoi se decidem se querem ser mais Orizontais ou verticais e são trambolhões inacreditáveis. Mas preste atenção: Não me refiro áquela homenagem dos russos ao oriente médio, mas sim aos prédios mais comuns mesmo, preste atenção naquilo, não se sabe se quer ser maior pra cima ou para os lados.