Prêmios Darwin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Crazyhorse.gif Atenção, este artigo fala sobre Burrices!

Não leve nada daqui a sério, ou você corre o risco de
se tornar tão burro e lerdo quanto o criador dessa joça.

Ou as burrices podem te morder.

Kidiaba.gif
60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Prêmios Darwin.

Cquote1.png Acho que vou me matar de uma forma inusitada só para ganhar esse prêmio... Cquote2.png
Você com sua mente fértil planejando ganhar esse prêmio
Cquote1.png Isso! Vai lá! Quem sabe não te mando uma medalha pelo caixão... Cquote2.png
Capitão Sarcasmo sobre o sujeito acima

Prêmio Darwin é mais um daqueles prêmios que congratulam e parabenizam pessoas pelos seus peitos feitos históricos e homéricos, baseados em outros de muita repercussão como o Prêmio Nobel, MTV Awards, Oscar e o Vibrador de Ouro. Esse prêmio, idealizada pelo descobridor e mentor de mesmo nome, o Charles Darwin.

Contrariamente dos outros prêmios, esse aqui só é dado às pessoas, mortas, por seus feitos idióticos e com baixo Q.I. que acabaram em suas próprias mortes, mas de forma tão absurda que nem mesmo um filme trash do Freddy Krueger ou da Sexta Feira 13 são capazes de reproduzir tal cena. A morte chega a ser tão bizarra que você não sabe se está vendo um filme do Zé do Caixão ou um desenho animado do Happy Tree Friends.

Porque o nome "Prêmio Darwin"[editar]

Como você, caro leitor, deve saber e gostar, a menos que tenha cabulado aulas, Charles Darwin foi um daqueles caras que tinha tempo livre de sobra e que lhe proporcionava um contato mais intenso com a natureza, facilitando assim o estudo aprofundado de teorias, como a teoria da evolução.

Como as mortes são tão idiotas, cometidas por pessoas mais idiotas ainda, a mesma estará, felizmente, contribuindo para a Seleção Natural, ou seja, "limpando" a população idiota permitindo o avanço mundial. Com a morte de "maus genes" (ou os mais idiotas), só os "bons genes" seriam passados para o mundo. É a mesma coisa que matar uma guria retardada ou um mano, impedindo que esses genes da idiotice perpetuem para outros.

História[editar]

Dados históricos afirmam que tal prêmio tenha surgido em pelo menos uns 200 anos atrás, com o nascimento de Darwin, logo após esse ter plagiado a teoria de Lamarck sobre as espécies. Mas o fator determinante mesmo para o prêmio foi sua viagem pelo mundo todo, para estudos, quando presenciou várias mortes, senão idiotas, bizarras.

Para começar, presenciou duas mortes em seu navio (ou caravela). Uma foi com um marinheiro. O pobre coitado disse que iria alimentar os jacarés. Para isso, pegou todos os suprimentos de tecidos que havia lá para embrulhar pedaços de carne, para estas não pingarem no navio que ele mesmo havia acabdo de limpar (preguiçoso da porra...) Então, estendeu-se e jogou para o jacaré o pedaço, que foi devorado em segundos. O que não contava era com um outro e lhe arrancou a mão. Voltando ao navio, todo pingando e sujando o navio de sangue, foi buscar panos, tecidos e algo que estancasse o pequeno ferimento do pobre marinheiro, mas só depois lembrou-se de que tinha usado os tecidos para enrolar a carne, para não sujar o tecido. Acabou falecendo por falta de sangue. E porque é burro também.

A outra morte presenciada foi com o capitão, cabendo aos outros darem um jeitinho para dirigir o navio. O capitão disse que tinha comprado na última passada, a China, uma colete a prova de balas. Então, ele mesmo quis fazer o teste para ver se era contra balas mesmo. Constatou que não era...

Mas, dados históricos, ainda mais históricos que os anteriores, remontam que esse prêmio tenha existido séculos e quem sabe milênios antes, antes mesmo do nascimento do padrinho do prêmio. Relatos contam sobre um egípcio que havia criado uma pequena pirâmide, mais ou menos uns 2 metros quadrados que era para colocar alguns animais - O burro por exemplo - que ele matava por pura diversão. Ele fazia assim: Chamava os pobres animais para uma marquinha de "X" no local, "mandava" o mesmo esperar e mandava alguém ou ele mesmo ia lá para apertar a cordinha e fazer a armadilha funcionar.

Certo dia, reparou que não estava meio atrasado o tempo, dando espaço suficiente para os animais escaparam. Então, inteligentemente, resolveu fazer uns ajustes e testar nele mesmo, descobrindo que a armadilha tinha acabado de voltar ao normal. Parabén para ele!


Como evitar tais mortes[editar]

Essas mortes, segundos dizem, acontece de forma espontânea. A forma mais eficaz para evitar tais burrices é não ser burro estar em dia com a Segurança do Trabalho.

Requisitos mínimos para se ganhar o prêmio[editar]

O mentor do prêmio estabeleceu alguns critérios para se escolher o "ganhador" do prêmio:

Incapacidade de se gerar descendência

Para você que faltou algumas aulas, esse critério é o seguinte. O indivíduo não pode de jeito nenhum ter filhos. Nem por clone, nem por inseminação artificial e nem pelo ralo. É até lógico, já que o mesmo estaria contribuindo com a eliminação dos maus genes (ou idiotas) e impedindo que estes passem para frente ou se reproduzam. O imbecil que tiver filho, já não ganha o prêmio. A maneira mais eficaz para isso é fazer uma esterilização ou simplesmente cortar o saco fora.

Ser excelente

O erro cometido tem que ser excelente, ou seja, muito bem pensado e de forma brilhante. Sendo isso, a pessoa ganhará como a mais estúpida.

Auto-seleção

Essa morte ou cagada deverá ser idealizada e idiotizada apenas pela pessoa que irá morrer, ou seja, quase um suicídio. Lógico, a pessoa fingirá que não sabe de nada e a morte foi sem querer querendo.

Maturidade

A pessoa, apesar de ser muito, mas muito idiota por ter cometido tal suicídio, deverá apresentar comportamento normal e estar em total uso das suas capacidades mentais e físicas. Deve possuir capacidade de julgamento e raciocínio. Atualmente, para a maioria das pessoas isso é quase impossível, já que nem 1% da população se dá ao luxo de parar pra raciocinar em algo.

Veracidade

Aqui, as lendas urbanas, contos de fadas, contos eróticos e piadas não contam. O fato deverá ser comprovado por uma equipe de cientistas.

Campeões[editar]

Ano Campeão Nacionalidade Observação
2008 Adelir Antônio de Carli Brasil Brasil O padre baloeiro garantiu o primeiro título para o Brasil-il-il

Maneiras para ganhar o prêmio[editar]

  • A primeira coisa a se fazer para ganhar o prêmio é ser muito, mas muito mesmo, burro.
  • Tentar voar com balões de hélio.
  • Esquecer de adiantar o relógio de uma bomba-relógio para morrer alguns minutos antes.
  • Checar se a granada está sem o pino, antes de guardar no bolso.
  • Lembrar de colocar o colete antes de testar se o mesmo está funcionando ou se é contra balas mesmo.
  • Ao brincar de "roleta russa" com armas, checar se ela é automática ou esteja carregada.
  • Tente fazer carinhos, passando a mão em jacarés, crocodilos, leões e selvagens em geral.

Galeria de fotos[editar]

Ver também[editar]

Ligações externas[editar]