Predador (biologia)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Clique e venha fazer parte de nosso projeto!!
Projeto Desconhecimento

Este artigo de Ciências ganhou nota D, sendo considerado ruim, necessitando ajuda.

Visite a discussão do artigo ou o projeto e Conheça-nos

Darwin Pokémon.gif
Plafn kfn.jpg

Este artigo é relacionado à biologia.

Não estranhe se o artigo mencionar coisas como mitocôndria, partenogênese ou triglicérides.

Lembre-se que a tundra é mais fria que a taiga.

Chewbacca.PNG ANIMAAAAAAAL!!!
Este artigo trata de algum animal, ou alguém que pareça um animal, ou alguém com nome de animal, ou alguma bosta que te faz se sentir um animal, ou ainda um ANIMAL.

Não leia se tiver alergia a pessoas.

Leaotarado.jpg
Gilberto Gil, um predador famoso do cinema internacional.

Cquote1.png Estupra mas não mata, por favor! Cquote2.png
Paulo Maluf sobre predadores
Para a Biologia, predador é aquele come outros, literalmente. São os animais carnívoros que precisam matar para comer (leia-se necrófilos). Ser predador não é exclusividade animal; as plantas carnívoras também são predadoras. O homem, o leão e o mafagafo são exemplos de predadores.

[editar] Características

Os predadores possuem características próprias. A maioria deles precisa de dentes, para poder mastigar e executar o fetichismo. Outros, como o tamanduá, não precisam de dentes; eles preferem usar a língua para esquentar a relação.

Normalmente o predador é maior que a presa, mas de vez em quando um animal grande costuma ser abocanhado. É o caso das girafas e das baleias, comidas por leões e tubarões, respectivamente.

Por matarem os outros, os predadores precisam ficar atentos para não comer o mesmo animal duas vezes; eles detestam repetir o prato. Às vezes acontece de uma presa habitual se vingar de seu comedor, pagando na mesma moeda.

[editar] Cadeia alimentar

Animal tentando se escapar da fúria de um predador

Predadores estão nas camadas mais altas da cadeia alimentar. Há alguns predadores que são comidos também, e há animais não-predadores que ninguém come, talvez por não ter boa aparência, talvez por serem machos, ou por outros motivos desconhecidos. Há alguns animais que realmente gostam de ser comidos. É o caso da gazela, que vive a ser comida por leões. Alguns animais resistem com muita braveza, mas acabam sendo comidos. É o caso do gnu.

Alguns animais não costumam matar, como por exemplo os urubus, mas estão sempre comendo carne. Alguns apenas matam, mas não comem. Isto é considerado um verdadeiro desperdício no Reino Animal.

Os predadores das espécies roedoras são, de longe, os predadores mais comidos. Os não-predadores como os elefantes são os mais difíceis de ser comido; nem se o predador for rico eles se entregam.

Um exemplo de uma cadeia alimentar onde o leão é o predador máximo
O milho é comido pelo verme, que é comido pelo grilo, que é comido pela aranha, que é comida pela lacraia (a lacraia animal, não a dançante), que é comida pelo pássaro, que é comido pelo sapo, que é comido pela cobra pequena, que é comida pelo mangusto, que é comido pela coruja, que comida pela cobra grande, que é comida por outra coruja, que é comida pela cobra gigante (por vingança), que é comida pelo porco-espada, que é comido pelo grande rato negro, que é comido pelo guepardo que é, enfim, comido pelo leão. Enquanto vivo ninguém consegue comer o leão, mas depois de morto os animais necrófagos (necrófilos) fazem a maior festa. Os restos do leão fertilizam a terra que faz nascer o milho que é comido pelo verme....

[editar] Ver também

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas