Presidente

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
PepinoVerde.png
Início do Brasil.png

Este artigo é relacionado à história.

Plínio Salgado aprova este artigo. Anauê!

Os militares monitoram este artigo.

Romanopre.jpg
ROMANI ITE DOMVM!!!


HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS!!! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg
Esta espécime é um presidente, colhida nos climas frios do rio Sena.

Cquote1.pngVocê quis dizer: Conhaque Presidente?Cquote2.png
Google sobre Presidente
Cquote1.pngVocê quis dizer: Presidenta?Cquote2.png
Google sobre Presidente
Cquote1.pngVocê quis dizer: Ditador?Cquote2.png
Google sobre Presidente
Cquote1.png Pensou conhaque, pensou Presidente! Cquote2.png
Propaganda do Conhaque Presidente, usando Lula como bêbado garoto-propaganda
Cquote1.png Essa pica não é mais minha, essa pica é do aspira! Cquote2.png
Lula sobre Dilma

Presidente, palavra que vem do latim Presu idemn thisis, que significa prisioneiro mentiroso bandido, onde mais tarde seria contraído para Presidenthis. Uma palavra com origem defectiva, que surgiu para rotular rebeldes e traidores do Senatus Romanus (Senado da Antiga Roma), que eram acusados e levados para a prisão romana, porém, se analisar, o significado original da palavra não possui uma relação direta com os presidentes atuais, já que estes nunca foram presos. Excluindo o significado literal, presidente nada mais é que o maior cargo político de uma República, que, com a tomada do poder, se tornam bandidos mentirosos, mas nunca são presos.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Leia com moderação
Isso aqui também é um presidente. Espécime colhida nos cerrados da América do Sul, mas de origem migratória de Garanhuns no sertão pernambucano.
Quando foi criado o termo Presidenthis, para nomear os esquerdistas, o cônsul Julio César conseguiu se estatizar no poder, sendo o primeiro presidente da História do Mundo. Logo, ele também foi o primeiro grande bandido da história, além do primeiro grande corrupto e mensaleiro. Sem falar que a palavra Roubamos vem de Romanus. O povo canhoto, ou seja, o pessoal da esquerda, contestou esse poder adquirido pelo César e transferiu o adjetivo Presidenthis para ele. Era o início de uma nova era; uma era das trevas, poluída por esses indivíduos - os presidentes. Ainda na Idade Antiga, onde os romanos dominavam meio mundo (a outra metade era dominada pelos corruptos), os senadores do império se encontravam em crise, por causa da expansão do Império Republicano. O Império Republicano já havia chegado em solo romano, fazendo com que toda a constituição imperialista fosse substituída, aos poucos, por uma enorme banana presidencialista. Em poucos anos (4 anos já é o suficiente para o governo fazer um estrago), o império se viu totalmente dominado pelos presidentes, onde cada divisão do império foi tomada por um presidente (apesar da frase ser constituída pelo verbo tomar e pelo substantivo presidente, Lula não estava envolvido - ele disse que não sabia de nada).
Esta espécime é uma subraça andina de presidentes extremamente agressivos e territorialistas
O império durou mais alguns anos, quando no ano de 476 finalmente resolveu ceder à pressão e se entregou ao regime presidencialista. Era o fim do Império Romano e início da História das Repúblicas. A Era das Repúblicas teve seu início em 476 d.C., com o impeachment dos imperadores. Um presidente ocupou o cargo deixado pelo imperador deposto em Roma, comemorando o ocorrido com uma bela festa italiana, onde pizzas não faltavam. Foi cortando um pedaço de pizza que o companheiro presidente acabou cortando o mindinho. Nessa época, os presidentes eram chamados de senhores feudais, por mera formalidade. Cada divisão territorial tinha um 'presidente', que tomava todas as decisões desse pedaço de terra. Esses pedaços de terra eram chamados de feudos e normalmente a população desses feudos era composta pelos familiares do presidente, além do seu cachorro. Como a divisão territorial e os múltiplos governos causavam confusões nas leis dos países, já que os presidentes faziam suas próprias leis, esse regime presidencialista feudalista foi extinto.
Encontro histórico do presidente Papagaio da República das Bananas com o rei da Venezuela
A extinção dos senhores feudais foi algo tão importante que, para comemorar, a América foi descoberta, com a finalidade de se transformar um salão de festas.

Tudo estava perfeito. Não havia mais presidentes no mundo. O dia estava radiante e o canto dos passarinhos podia ser ouvido. Mas isso durou pouco tempo, pois o vírus presidente já havia sido injetado. A América era o alvo perfeito, pois ninguém poderia reclamar, pois era uma terra sem lei. A galáxia já havia sido dominada pelos presidentes, em tempos passados, mas nos tempos da Descoberta da América, os presidentes não eram mais nada. Foi quando um rebelde, Dom Fidel I, ou também Barba Cinza, formou um pequeno exército, que aos poucos se tornaria um grande batalhão. Era o início da Revolução Presidencialista. Para mais detalhes dessa revolução, ver artigo principal: Filho da puta. A revolução teve seu fim no ano de 1666, e por conseqüência disso, todos os países do salão de festas estava sob o poder de algum presidente. Esse regime democrata no salão de festas continua até hoje.

[editar] Presidentes nos tempos atuais

Desde a revolução liderada por Dom Fidel I que o mundo não viu uma grande mudança. Um longo período sem nenhuma grande notícia. A maior notícia que se viu foi a classificação do Togo para a Copa do Mundo.

Sensacional furo do canal Animal Planet mostra duas espécies de presidentes sul-americanos em ritual de acasalamento
Hoje o mundo está fatiado em 6 partes, divididas entre 3 presidentes: George Bush com 4 pedaços, Hugo Chavez com 1 dos pedaços e Seu Madruga com o outro pedaço. A fatia maior de George Bush é constituída pela América do Norte, Europa, Oriente Médio, toda a África, Oceania, Terra Média, Atlântida e metade dos poços de petróleo do País das Maravilhas. Hugo Chavez, por sua vez, domina toda a América do Sul, Sudeste Asiático e Terra de Al Carajo. Já Seu Madruga domina a América Central, México e Brasil. A Antártica foi doada para o Lula.

[editar] Exemplos de presidentes

Um presidente em uma tentativa besta desesperada de fazer as pessoas seguirem a lei.

[editar] Ver também


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas