Proboscidea

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Proboscidea
Proboscídeos felizes reunidos caso não estivessem todos extintos.
Proboscídeos felizes reunidos caso não estivessem todos extintos.
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Superclasse: Quadrúpedes
Classe: Mamadores
Subclasse: Theria
Infraclasse: Placentários
Ordem: Animais que comem com o rabo

Proboscidea é a ordem de animais mamíferos que comem com o rabo, não que sejam todos animais existentes já que os animais não tiram o rabo pra comer, mas sim aqueles que literalmente comem com o rabo, atributo anatômico o qual os veterinários definem como tromba, ou seja, é a ordem de elefantes, mamutes, mastodontes, olifontes, elefantes do rei Xeres e assim por diante.

Anatomia[editar]

Os proboscídeos são geralmente animais de grande porte, chifrudos, narigudos, obesos, com boa memória e geralmente dóceis caso você não tente dar uma facada ou mordida neles. Suas maiores características anatômicas são serem parecidos com elefantes e terem a cauda no lugar do nariz para sugar água e criar um chuveiro para que possam lavar as costas.

Estes animais são reconhecidos pelas orelhas pequenas, exceto talvez o elefante-africano, afinal ele parece muito tímido e raivoso sobre as brincadeiras que possam surgir sobre o tamanho de tuas orelhonas, e toda vez que alguém vem pegar suas orelhas para esticar e medir ele atropela e mata a pessoa a pisoteadas, por isso não sabemos exatamente a largura dessas orelhas.

Como defesa natural este grupo de animais desenvolve uma obesidade mórbida de maneira que nenhum animal carnívoro tenha interesse por sua carne nada nutritiva e cheia de banha que faz mal pra saúde e entope artérias dos carnívoros. As enormes presas não servem para defesa, devido a seu tamanho desconfortável, servem para apenas servir o valioso marfim para indústrias marmoreiras, por isso que estes animais são predados e mutilados sem nenhum remorso pelos homo sapiens.

Famílias[editar]

Atualmente só existem três espécies de elefantes vivas, o elefante-africano, o elefante-indiano e o elefante-da-terra-do-nunca. Já foi uma ordem muito diversificada, com diversos tipos de elefantes de todos tamanhos e sempre aparecendo em todos jogos de videogame e como deus em todas culturas, porém as enormes quantidades de comida que eles necessitam a cada época de hiperinflação tornava-se impossível de ser comprada, o que levava muitos deles à extinção... ou apenas mudanças climáticas quando no holoceno as calotas do ártico derreteram e a Sibéria virou o Saara matando todos mamutes que viviam lá de calor. Sobraram então as seguintes famílias: