Procon

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Juiz.jpg Certifico, a quem interessar possa e para os devidos fins, que este artigo trata de assuntos chatos jurídicos

Data venia, se você tiver alguma informação adicional a trazer aos autos, protocole uma petição solicitando a juntada de uma procuração que outorgue a você poderes para tanto, ou clique aqui.


Funcionária sorridente e atenciosa do Procon. Dedicação e qualificação intensa para servir a sociedade.

Cquote1.png Isso é muito grave, vou fazer uma notificação. Se não resolver, terei que fazer mais uma notificação. Se ainda não resolver, seu comércio receberá outra notificação... Cquote2.png
Fiscal do Procon
Cquote1.png Ficou com o brrrrrrrrronze! Perrrrdendo apenas para a Previdência e o SUS no tempo de espera Cquote2.png
Galvão Bueno sobre o Procon.
Cquote1.png Nas relações de consumo, o juiz inverterá o ônus de provar os fatos em favor do consumidor. Cquote2.png
Adevogado sobre os direitos do consumidor
Cquote1.png Para entrar com a reclamação do produto no Procon, você precisa; da nota fiscal, assinada e carimbada pelo vendedor; três cópias da nota de garantia autenticada em cartório, cópias dos seguintes documentos; CPF, RG, certidão de casamento, carteira de trabalho, certificado de reservista, passaporte. Aguardar seis meses, e apresentar certidão de óbito quando concluir o processo. Cquote2.png
Atendente do Procon sobre os direitos do consumidor

PROCON (Porra! Me fizeram de trouxa. Agora só me resta ficar com a conta) é uma promotoria de defesa das empresas e pilantras do consumidor, possibilitando o direito de ser trouxa de cada brasileiro, ao ser enganado por vendedores, estelionatários, entre outros vigaristas inescrupulosos.

Os moradores do Palace 2 até hoje aguardam a decisão do Procon para receberem a indenização pelo seu imóvel.

Graças a atuação do Procon, diversas empresas inoperantes que encabeçam a lista de reclamações estão atuando socialmente, como; Itaú, Bradesco, Polishop, Brasil Telecom, Telemar, Telefônica, Casas Bahia, entre outras instituições de pilantragem em todo o Brasil. Cobrando por tarifas absurdas e inexistentes, produtos sem funcionamento, além de assinaturas não solicitadas e serviços não prestados.

Histórico[editar]

O Procon surgiu com a insistência dotoma no cu ao seu tio Rui Barbosa que era juiz, onde Galvão insistia que alguém tinha que coibir a pirataria das sua pílulas de papel, amplamente comercializadas na Rua 25 de Março e até mesmo em frente ao Mosteiro da Luz onde residia, por vários ambulantes. Tamanha foi a encheção de saco insistência de Galvão, que seu tio resolveu destinar os seus melhores servidores públicos, ocupantes das funções de estagiário para atender a reclamação da população sobre produtos com defeito, onde esta ideia foi disseminada em todo o Brasil, com sede em cada estado, com a criação de mais uma lei inútil do Código de Defesa do Consumidor.

O Procon avalia constantemente a qualidade dos produtos no mercado brasileiro.

Atualmente o Procon é certificado com o ISSO 14.956 e ISSO 56.769, certificados recebidos em reconhecimento pela qualidade de atendimento ao público, onde existe a possibilidade do cidadão ser atendido antes de morrer, mas não antes do término da garantia do produto, que resulta na isenção de qualquer dever do fabricante com o consumidor. Além do reconhecimento pela preservação ambiental e valorização do funcionário, uma vez que seus enormes estoques de reclamações e processos são utilizados como terapia ocupacional aos servidores deste órgão, que passam tardes inteiras triturando esses papéis na frigmentadora automática de papel, tarefa tão importante quanto a pausa para o café, e reciclagem desses papéis ao destiná-los às escolas para a produção de fantoches e artesanato em geral.

O Procon também exerce responsabilidade social, pois gera diversos empregos com a contratação de parentes de políticos, e distribuição de renda, ao destinar verbas públicas para pessoas sem ocupação que se enquadram na folha de pagamento pelo seu Q.I.