Prototype TV Game Machine

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Internet-explorer-logo.png

Prototype TV Game Machine foi uma invenção que fracassou.

FAIL

O avô perdido do Playstation, em um álbum de família.

Prototype TV Game Machine, ou Shisaku, ou X-Saco, foi uma tentativa bizarra da Sony na década de 70 para criar um videogame. Aparentemente seria o primeiro a rodar cartuchos, e também cartões de leitura, usando uma versão Frankenstein da câmara gravadora Mavica da própria Sony, que invés de ler filmagens, iria ler jogos. O nome em questão é na verdade apenas um nome provisório, que ficou só no provisório mesmo, já que por motivos que talvez jamais saibamos a Sony desistiu de lançar o console. O mesmo só ficou conhecido nos anos 2000, com uma aparição em que a Sony mostrou várias tranqueiras velhas dela, incluindo várias de suas invenções que não rolaram, como o leitor de ficha de orelhão e o Walkman versão para disco de vinil, sendo portanto o suposto pai do SNES Play Station (que também acabou nunca rolando) e o avô do Playstation (esse sim não só rolou como você ligava todo dia pro Bom Dia e Cia pra ver se ganhava um).

Não se sabe praticamente nada desse troço, já que depois da exposição a Sony demitiu todos os funcionários da época e hoje em dia os atuais sabem tanto dele quanto os da Sega sabem informar sobre o misterioso Sega Pluto. Acredita-se que ele iria rodar apenas jogos como Jogo do Sabe-Tudo, Treino Cerebral e Show do Milho Grande (já que o Show do Milhão eles não conseguiram pagar a licença pro Sílvio Santos), ou seja, só jogos de perguntas e respostas. Alguns dizem que iria ter até uma versão do Soletrando, mas como Luciabo Ruc ainda nem tinha nascido na época, não dá pra ter certeza.

Este artigo deveria ser um esboço.
Mas, como ninguém dá atenção para ele, ele tentará o suicídio.
Você pode ajudar o artigo tirando-o da depressão.