Prototype TV Game Machine

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Windowsvistalogo.jpg

Prototype TV Game Machine foi uma invenção que fracassou.

Pois foi uma idéia ridícula!

O avô perdido do Playstation, em um álbum de família.

Prototype TV Game Machine, ou Shisaku, ou X-Saco, foi uma tentativa bizarra da Sony na década de 70 para criar um videogame. Aparentemente seria o primeiro a rodar cartuchos, e também cartões de leitura, usando uma versão Frankenstein da câmara gravadora Mavica da própria Sony, que invés de ler filmagens, iria ler jogos. O nome em questão é na verdade apenas um nome provisório, que ficou só no provisório mesmo, já que por motivos que talvez jamais saibamos a Sony desistiu de lançar o console. O mesmo só ficou conhecido nos anos 2000, com uma aparição em que a Sony mostrou várias tranqueiras velhas dela, incluindo várias de suas invenções que não rolaram, como o leitor de ficha de orelhão e o Walkman versão para disco de vinil, sendo portanto o suposto pai do SNES Play Station (que também acabou nunca rolando) e o avô do Playstation (esse sim não só rolou como você ligava todo dia pro Bom Dia e Cia pra ver se ganhava um).

Não se sabe praticamente nada desse troço, já que depois da exposição a Sony demitiu todos os funcionários da época e hoje em dia os atuais sabem tanto dele quanto os da Sega sabem informar sobre o misterioso Sega Pluto. Acredita-se que ele iria rodar apenas jogos como Jogo do Sabe-Tudo, Treino Cerebral e Show do Milho Grande (já que o Show do Milhão eles não conseguiram pagar a licença pro Sílvio Santos), ou seja, só jogos de perguntas e respostas. Alguns dizem que iria ter até uma versão do Soletrando, mas como Luciabo Ruc ainda nem tinha nascido na época, não dá pra ter certeza.

Este artigo ainda não é linnndo.
Ajude a Désciclo editando-o, meu rei. Ou não.