Pierre-Joseph Proudhon

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Proudhon)
Ir para: navegação, pesquisa
Anark.jpg Este artigo é ou foi feito por anarquistas!

Ele luta pelo fim dos governos, odeia o fascismo, quer que a Polícia se foda e adora fazer passeatas. Se vandalizar, vão jogar coquetel Molotov em você! (ou não).

Cuidado com os ecochatos, interesseiras e pirralhos!

Pensador trabalhando.jpg Pierre-Joseph Proudhon é um filósofo
Portanto também é um deficiente mental...

Este é mais um desocupado que não tinha porra nenhuma pra fazer além de contemplar a empolgante vida sexual dos caramujos-de-jardim. Se você é uma pessoa provida de um pouco de sanidade mental, vá procurar algo melhor para ler, como uma bula de remédio!

Proudhon boladão após uma briga em uma conferência politica de Paris.

Cquote1.png Esse cara é foda. Cquote2.png
Mendigo após ocupar uma mansão.
Cquote1.png Grande camarada. Cquote2.png
Bakunin sobre Proudhon.
Cquote1.png Saiba que propriedade é um roubo, sua casa é de todos nós Cquote2.png
Assaltante durante um ato referindo-se a obra de Proudhon.
Cquote1.png Todo francês fede. Cquote2.png
Marx sobre Proudhon.
Cquote1.png Prefiro ele ao Marx Cquote2.png
Paul Lafargue sobre Proudhon.
Cquote1.png Estás a arder no inferno, maldito ateu! Cquote2.png
Pastor evangélico sobre Proudhon.

Pierre Joseph Proudhon (também conhecido como Proudhon Boladão), foi um rapper frances, foi um filósofo anarquista francês que fez a incrível descoberta de que todo político é filho da puta, inclusive ele mesmo, uma vez que era deputado. A treta contra os legisladores de sua época começou quando parte dos políticos os franceses embolsaram o mensalão e nada deram a Proudhon, o que lhe provocou tamanha revolta a ponto de escrever obras sobre toda a sujeira no cenário Francês. Desde então Proudhon se revoltou e passou a ser adepto do uso medicinal da maconha.

Desde então ele começou a divulgar o direito e a liberdade para matar políticos e reis e comer as mães dos mesmos, e também as mães dos leitores, aliou-se a Bakunin que tinha em comum a revolta contra qualquer realeza, mas Proudhon falava demais e fazia de menos, nunca esteve a frente de nenhum movimento (nem no meio e nem atrás), pois preferia ficar sentado em sua cadeira amaciando a bunda, que ser preso em revoltas populares. Finalmente Proudhon resolveu se dizer anarquista, que foi quando iniciou sua carreira no rap e compôs seus grandes sucessos.

Embora Proudhon nunca tenha feito nada, muitos Punks, anarquistas e até mesmo os preguiçosos discípulos de Paul Lafargue possuem por ele alguma afeição, ao contrário de Karl Marx, com o qual ocorreu uma troca de diss em músicas de rap.