Publicidade

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Publicidade.
Publicidade Ateísta
Uma publicidade FAIL

Cquote1.png Você quis dizer: O trabalho do Seu tio engraçadão? Cquote2.png
Google sobre Publicidade
Cquote1.png Não tem segredo não! Cquote2.png
Lima Duarte sobre Publicidade
Cquote1.png É dieta? Cquote2.png
Garota-propanda e seu enorme texto publicitário sobre Publicidade
Cquote1.png É sem comparação! Cquote2.png
Itaipava sobre Publicidade
Cquote1.png Estou com Deus e nada me faltará... Cquote2.png
Estudante formado em publicidade sobre Fome
Cquote1.png É só mexer nos LEVELS... Cquote2.png
Tênia Sinistra Estudante de publicidade sobre Publicidade
Cquote1.png Meu salário é bem melhor... Cquote2.png
Puta sobre Publiciotários Publicitários

Peça publicitária de grande valor artístico
Publicidade virtual

É importante, desde o início, aprender a definição correta dos dois conceitos fundamentais desta palpitante ciência:

  • Publicidade = Mentir publicamente a respeito das supostas qualidades positivas de um produto
  • Propaganda= Mentir publicamente a respeito das supostas qualidades positivas das ideias de um cliente

Há indícios de ter existido propaganda e spams há mais 40.000 anos atrás. A campanha mais famosa foi quando Jesus foi pregado na cruz. Neste dia fez-se um grande mistério e credita-se a empresa de enérgético Red Bull de ter conseguido montar um stand de vendas no calvário. Também aproveitando o ensejo do crucifixo, a linha de "pregos e parafusos Silva", aumentou em 327% suas vendas naquele mesmo ano, pois asseguravam que foram os seus parafusos os utilizados na cruz e que a empresa já possui mas de 2000 anos de tradição.

No Brasil, a participação brasileira é notável pela enorme quantidade de acensoristas, faxineiros, motoristas e outros profissionais que trabalham em grandes empresas de publicidade.

O Brasil é o maior celeiro de publicitários consagrados e premiados. Entre eles temos Carla Perez, Cumpadre Washington e toda a trupe do É O Tchan que conseguiram ganhar dinheiro, sucesso, fama e aparições no Faustão apenas com sons anasalados e sem sentido!

Área de Atuação[editar]

Dentro de uma agência de publicidade ocorre uma divisão das tarefas, de modo que alguém faça a maior parte do trabalho enquanto outros apenas se vangloriem te terem inventado.

Publicidade bem-sucedida

Os cargos mais comuns que encontramos nas agências são: Atendimento, Mídia, Planejamento, Criação, Finalização, Produção.

  • Atendimento: Responsável pelo troca-troca cliente-agência e agência-cliente. É o profissional de atendimento que apresenta planejamentos, peças e campanhas, e se ajoelha e pede pelo amor de deus aprovem o projeto. Também é ele quem leva a fama, sozinho, pelo trabalho realizado por toda a equipe. Normalmente esse cargo é ocupado por loiras do peito grande e muuito bonitas, ou morenas da anca larga, afinal dessa forma o cliente se convence muito mais fácil, mesmo que estas moças usem poucos argumentos.
  • Mídia: Elabora o planejamento do spam, de modo a atingir melhor cobertura e freqüência com o mínimo de gastos ao público-alvo esperado. Geralmente palpita sobre as cores dos banners dos spams deixando-os o mais feio possível.
  • Planejamento: O profissional de Planejamento é responsável pela criação do plano de comunicação, estudando o mercado atual, a concorrência, o público consumidor, fatores do macroambientais e microambientais, etc. Tudo isso para traçar com precisão as metas e objetivos do cliente a curto, médio ou longo prazo. Sua atuação leva em tornor de 12 minutos.
  • Criação: Este departamento é composto pela dupla de criação, formada pelo diretor de arte, que é o responsável pela parte visual das "peças" publicitárias e pelo redator, responsável pela criação dos textos (títulos, slogans e outros textos sem nexo), esta dupla geralmente é homossexual e é coordenada pelo Diretor de Criação, um idoso rico e afrescalhado. É deste departamento que saem as ideias mais toscas para os spams e banners.
  • Produção: Neste departamento, que é dividido em produção gráfica e produção eletrônica (spam). São geralmente parentes e afilhados da agência de publicidade que pecam por falta de criatividade e mau-gosto.
Publicidade subliminar

O Estilo[editar]

Publicidade e Propaganda pode ser descrita como a profissão que abriga a escória da humanidade. Se algo não pode ser vendido é porque ninguém consultou um publicitário antes.

Pode-se reconhecer um publicitário bem sucedido quando:

  1. Usa gravata do Mickey Mouse ou de qualquer outro ser demoníaco da Disney
  2. Ao invés de falar que é Autodidata, sempre diz: I'm a Self-Made Man
  3. Tem tendência homossexual
  4. Ouve merdas como Slipknot, Mudvayne, Korn, entre outras bandas de gaynew-metal
  5. Usa óculos "modernos"
  6. Gosta de arquitetura e quadros abstratos
  7. Compra livros caros porque foi para Nova York com o namorado rico e velho
  8. Acha que faz arte, mas não passa de artistas frustrados
  9. Não sabem desenhar, cantar, falar, dirigir

Técnicas Modernas[editar]

Muita coisa mudou de uns anos para cá, na publicidade não foi diferente. Técnicas e mais técnicas foram criadas para vender produtos:

  • Slogans que não tem nenhum significado - Exemplo, para vender um chinelo, é só dizer "as legítimas". Para vender um produto que causa cirrose e acidentes de trânsito é só dizer "Essa é a boa" ou "Cerveja de verdade é assim!". As pessoas não ligam o slogan ao que causam ou para que servem realmente e comprarão o produto.
  • Pessoas felizes junto ao produto - Mesmo que seja produtos que causam acidentes e doenças, desde que alguém esteja sorrindo ao usá-lo as pessoas vão comprá-lo. Isso porque ninguém acredita que alguém pode ser pago para sorrir.
  • Coisas fofinhas como filhotes de animais e crianças - Desde que estejam sorrindo e felizes ninguém vai questionar que se trata de uma propaganda de facas.
  • Mulheres bonitas com roupas pequenas e justas - Principalmente para vender produtos para homens que lhe causem algum mal, como impotência. Os usuários que usam os produtos - como cerveja e cigarro - geralmente já estão impotentes e somente mulheres muito atraentes e nuas poderá lhes fazer lembrar o que era uma ereção por alguns segundos.
  • Pessoas bonitas - Admita: você nunca compraria um barbeador para ficar com a cara do Ronaldinho Gaúcho ou da Marlene Mattos. As pessoas bonitas vão dar a ilusão de que só pessoas bonitas usam aquele produto.
  • Musiquinhas e Outros sons - As musiquinhas -dingles- funcionam como uma hipnose. A pessoa fica cantando a música "é sem comparação" e quando menos percebe está dentro de um bar bebendo cerveja. Mesmo que tenha apenas 12 anos.
  • Propaganda sem nexo - O comercial começa com um cara falando ao celular e termina num boteco bebendo cerveja, acredite, é um comercial de cueca ou canetas esferográficas. A vantagem desta modalidade é que pode ser um comercial customizável pela agência, se querem um comercial de celular, mostram apenas os 4 segundos do início. Se querem o comercial de cueca, só mostrem os 4 segundo finais.
A Desciclopédia me paga por hora
Mano rico.jpg
A Desciclopédia tem me abençoado com trabalho
em casa de mais de oito mil reais por mês. >>SAIBA COMO


Veja Também[editar]

Deus.png Importante! A Igreja Universal quer sua atenção!

Deus quer que este artigo seja ampliado.
Aqueles que o fizerem, serão ajudados pelos seus tentáculos. Os que ignorarem, irão para o inferno pra sempre.
Não seja herege e obedeça a verdade única e divina!