Quissamã

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mazzaropi02.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Zeca Pagodinho na festa da Exposição de Quissamã.
Modernização da frota de ônibus da Rápido São Cristóvão
Um tipico cachaceiro de Quissamã

Cquote1.png Você quis dizer: Acre? Cquote2.png
Google sobre Quissamã
Cquote1.png Você quis dizer: Sua casa? Cquote2.png
Google sobre Quissamã
Cquote1.png Você quis dizer: Terra onde Judas perdeu as bolas? Cquote2.png
Google sobre Quissamã
Corrigindo: Cquote1.png Você quis dizer: Terra onde Judas perdeu as botas? Cquote2.png
Google sobre Quissamã
Cquote1.png Foi lá que eu perdi minhas botas Cquote2.png
Gato de Botas sobre Terra onde Judas perdeu as Botas
Cquote1.png Você quis dizer fim do mundo. Cquote2.png
Google sobre sobre Quissamã
Cquote1.png Vocês traíram o sindicato dos motoristas, véio! Cquote2.png
Dado Dolabela sobre Viação Rápido São Cristovão.
Cquote1.png Aqui eu perdi as botas. Cquote2.png
Judas sobre sobre Quissamã
Cquote1.png Pega leve aí pé-de-cana. Cquote2.png
Zeca Pagodinho sobre sobre Quissamã
Cquote1.png Prefiro a casa dos Dursley. Cquote2.png
Harry Potter sobre sobre Quissamã

Quissamã[editar]

Quissamã é um pseudo-município do Estado do Rio de Janeiro um município irrelevante em todos os sentidos, todos os governadores que reinaram até hoje não sabem de sua existência. Possui um povo muito amável, os governantes nem tanto...
Sua maior riqueza esta no mar, o petróleo. Sendo os royalties do petróleo extraído da Bacia de Campos sua principal receita atualmente. Apesar disto o Datafoda-se diz que a cidade tem o preço por litro de gasolina mais caro do estado, do país, do mundo, do universo e do que mais existir.
Moderna plataforma de exploração da Petrobrás no litoral de Quissamã
Cidade isolada entre nada e lugar nenhum, que jamais cresceu e jamais irá crescer.
Aliás o que cresce na cidade são as cana-de-açúcar pra fazer cachaça, com isto aumenta a quantidade de bêbados. Para resolver o problema o prefeito baixou um decreto criando filiais de alcoólicos anônimos nos bairros da cidade.

História e Geografia[editar]

A cidade já foi alvo de disputas territoriais entre Macaé e Campos. Macaé queria que ela ficasse com Campos. Campos queria que ela ficasse com Macaé. No fim Macaé perdeu a disputa e ficou com a cidade. Macaé acabou se arrependendo, tentou devolver para Campos mas não conseguiu. Em 1989 Macaé acabou abandonando o lugar a própria sorte (ou ao próprio azar).

Em meados de mil novecentos e se senta um homossexual de Campos dos Gaytacazes Goytacazes se instalou no extremo norte do município de Quissamã dando origem a localidade de Barra do Furado

Nenhum cientista, nunca, nem sonhando, pensou em pesquisar sobre a geografia de Quissamã.

Turismo e Praias[editar]

Uma das principais atrações do município é a Lagoa Feia, o nome já é uma piada.
tem um extenso litoral mas nenhuma praia presta. As ondas são tão fortes que logo te jogam na areia, mas de brinde você leva um siri na sunga ou no biquíni.

Comércio[editar]

Comércio local? tu tá de sacanagem?

Inexplicavelmente...

Produção industrial[editar]

A industria depende da agricultura ou é a agricultura que depende da industria? Nenhum cientista encontrou a resposta. A verdade é que a produção de cana-de-açúcar pra fazer cachaça nas usinas é a unica produção industrial do município. A Cachaça Nabunda, cachaça tipicamente brasileira que possui várias filiais, também é produzida em Quissamã.

Em Quissamã não esqueça de tomar Nabunda

Política[editar]

Ditadura monárquica hereditária. O pequeno reino é dominado pelo Clã da família real dos mamíferos lanosos dos Carneiros desde sempre.

Transporte[editar]

A maior empresa de transporte são os ônibus da Rápido São Cristóvão que tem os ônibus mais modernos da cidade. Obs: é a maior empresa e tem ônibus mais modernos da cidade por que é a única da cidade.