G1 (Ctrl+C, Ctrl+V)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Cquote1.png Você quis dizer: Cópia carbono do G1 Cquote2.png
Google sobre R7
Cquote1.png Prefiro o G17 Cquote2.png
Internauta sobre sobre R7

R7.com ou simplesmente R7 é um acrômimo para "Recópia no canal 7", e como o próprio nome sugere, é uma cópia do Gay Uhmm..., que por sua vez é uma cópia de um portal BaBaCa qualquer. O R7 é conhecido como o esgoto da Web brasileira, batendo inclusive o falecido Yahoo! Brasil, em razão das merdas existentes no portal e que podem ser vistas já na home do portal. O portal ainda é conhecido por hospedar um zoológico, visitável através da seção de blogs do portal que conseguem ser mais fúteis que os blogs (e qualquer outra coisa) da UOL. Desde éguas como o falecido (segundo o próprio portal) Amin Khader à verdadeiras hienas jubartes (??) como a Fabíola Reipert, blogueira esta tão odiada pelos famosos quanto o Latino é por quem gosta de música.

História[editar]

Fatos relacionados com a seção em que se encontram [...].

O R7 foi criado em 2009 quando pEdir Maiscedo desejava expandir o domínio da Universal sobre o cérebro de milhões de jovens que até então estavam atoas assistindo algum video tosco no CensuraTube ou xingando muito no Twitter. O R7 nasceu em uma época que os internautas passaram a se desinformar nos portais de entretenimento e não mais no Jornal Nacional (que passou a ser odiado por eles desde então). Como a Record estava tomando um fumo com o slogan "A Caminho da Liderança", resolveram então partir para a maldita e inclusiva internet.

O portal desde o inicio apostou em algo que BR que é BR adora, ou seja, ver o circo pegar fogo fofocas. E no caso do R7 não foi aquelas fofocas que o Yahoo! Brasil contava não.

O R7, enquanto crescia, fez a "receita de Baby do Brasil e seu amado: Geleia na rosca feita com doce de leite" virar o "caso constrangedor de Pepeu Gomes: Ele diz passar geleia na rosca dele e doce de leite na Baby do Brasil para apimentar ainda mais a relação". E por incrível que pareça, isso deu (muito) certo, a prova disso é que os servidores do R7 estão no ar até hoje. Para evitar que processos ajudassem a derrubar o servidor, a grande sacada do portal em fofocas como essas, era colocar o coringa 'suposto', igual a globo faz em notas sobre marginais para evitar que o direitos humanos "caísse com o pau" pra cima deles (apesar de gostarem até hoje desse tipo de coisa).

Fatos recentes[editar]

Um dos raros leitores machos preocupados com seus ovos enquanto se desinforma no R7

O portal recentemente anunciou a morte da múmia Amim Khader. Isso se deve a aparência do ator enquanto dorme, que provavelmente fez seu amante de Recnov pensar que estivesse morto, quando na verdade não estava. Apesar do susto, isso rendeu credibilidade (ou o inverso disso) ao jornalismo da record, que até pouco tempo era considerado tão veridico quanto o Jornal Nacional, titulo este perdido para a Veja recentemente.

O portal é o único produto da record que não tem um bispo interrompendo e solicitando o dizimo e um copo d'agua em cima do monitor. Apesar disso, 10% da receita obtida com osads vão para que a IURD continue a ajudar na propagação e distribuição da obra do Senhor.