RAID

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Billg.jpg Este artigo é uma piada de computeiro!

Exception in thread "main" java.lang.NullPointerException

Não entendeu a piada? RTFM

Técnica de RAID, usando todo o potencial que um disco rígido permite

RAID é um produto para matar mosquitos, baratas e outros bichos, mas também é uma tecnologia de armazenamento, formado por vários discos. Assim, pegando um RAID de quatro HDs, é possível matar umas quatro baratas. Aos colecionadores de imagens e vídeos de cópula sim fins reprodutivos é bem útil manter um RAID espelhado pra manter o tesouro em caso de falha de HD.

Conceito[editar]

RAID é uma sigla na língua para inglesa para "redundant array of independent disks". Não sou muito bom em inglês, mas parece óbvio que significa redundância de arraias independentes de discos, ou seja, muitas arraias, talvez até umas arraias siamesas ali no meio, que não têm dependência química de discos.

RAID evita bugs no disco rígido

Um RAID, ou uma RAID, ou umx RAID porque nem sei se isso é "bedido" ou "bedida", combina vários discos, e isso é que deve ser a tal redundância de arraias do nome.

Utilidade[editar]

Essa arraia aí serve para evitar que alguma merda aconteça num disco e acabe com toda a putaria, colecionada durante anos e anos, que ocupam quatro quintos de um disco rígido de 2TB, cujo nome da pasta principal e oculta é "iuhafoiaffaoh". Imagina só a tragédia se isso ocorresse...

Assim, com a tecnologia RAID, um outro disco de 2TB pode ser usado como cópia, então pode até ocorrer uma falha catastrófica no disco que a putaria está salva.

Também existe o RAID que só junta discos, e forma um discão grandão, mas nesse, se der alguma treta num dos discos, já era.

Há ainda outro tipo de RAID que só mistura os blocos, e é meio perigoso para quem coleciona artigos raros em formato de vídeo com fito ao bom e velho cinco contra um.

Ver também[editar]