Raciocínio indutivo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dercy gonçalves.JPG Um artigo sem imagens deixava Dercy muito puta!
Essa merda de artigo possui poucas ou nenhuma imagem, cacete!. Adicione novas imagens no artigo aí, porra!
60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Raciocínio indutivo.

Cquote1.png A minha vida é destruir e absorver as coisas para se aprender. Cquote2.png
Breeniark demonstrando o uso do Raciocínio indutivo

Na lógica, um raciocínio indutivo é um tipo de raciocínio ou argumento que partindo de premissas particulares obtém uma conclusão universal, ou seja o que vier na tua cabeça é uma resposta. Alternativamente, pode ser definido como um argumento no qual a conclusão tem uma abrangência maior que as premissas, fazer noobisses sem pensar para ser exato.

Dedução e indução[editar]

A lógica diferencia duas classes fundamentais de argumentos: os dedutivos e os indutivos. Os argumentos dedutivos são aqueles que as premissas fornecem um fundamento definitivo da conclusão, pensando mais de 8 mil vezes até se encontrar uma solução óbvia ao problema, enquanto nos indutivos as premissas proporcionam somente alguma fundamentação da conclusão, mas não uma fundamentação conclusiva, identificando dessa maneira os conceitos de dedução e raciocínio válido.

Para se entender, se você estiver na esquina e assiste um bandido fazendo uma refém. Ali tem 2 policiais que não podem fazer nada para matar a refém e você possui uma arma no seu bolso e aquele bandido está nas suas costa. O que fazer?

  1. Você pode pegar a arma e manda-lo largar a arma, mas esse filho da puta pode ser um drogado e já fuzila a refém por medo. O bandido é morto pela policia e você é preso por porte ilegal de arma.
  2. Ou você já saca a arma e mata esse bandido de vez, a refém te agradece muito pelo seu ato heróico, mas você é acabado preso por porte ilegal de arma e acusado de homicidio doloso e mais ameaça a sociedade (já que você chegou atirando em um cara por trás).
  3. Ou decidirás não usar a arma e descer na porrada aquele bandido, mas esse bandido é bem mais forte do que você e decide te fuzilar, morrendo na hora. Os policiais conseguem acerta-lo sem matar, sendo aquele bandido preso, mas solto no dia seguinte após ter pago a fiança enquanto você tas comendo presunto no cemitério.

Então, em que situação você faria? O que o seu raciocínio indutivo te mandará fazer?