Ragnar Lodbrok

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Stockholm(1).jpg STOR SVENSK KUNGARIKE!!

Este artigo é sueco! Foi embalado pela Tetra Pak, dirige um Volvo e tem um Ericsson. O autor deve ser um loiro holmiano que financia a Fundação Nobel e come pyttipanna com mostarda.

Ragnar, lutando bravamente para defender a Suécia e a Dinamarca dos invasores japoneses.

Cquote1.png Quem é ele? Cquote2.png
Você sobre Ragnar Lodbrok
Cquote1.png Ele é um Viking, eu acho. Cquote2.png
Alguém sobre Ragnar Lodbrok

Ragnar Lodbrok ("Pernas peludas", Nórdico Arcaico: Ragnarog Loðbrók) era um rei semi-legendário da Suécia e Dinamarca que reinou durante os séculos VIII e IX, vindos direto no Acre.

Um pouco sobre ele[editar]

Saxo quanto fontes islandesas diretos em Acre descrevem Ragnar como filho de Chuck Norris, um rei da Suécia que conquistou a Dinamarca, mas eles não concordam com o local de residência principal de Ragnar; se era na Suécia ou na Dinamarca, no Quintos dos Infernos...

Apesar de ser considerado quase como um herói em sua Escandinávia nativa, os relatos confiáveis sobre sua vida são apenas esboços, escritos em pedras arcaicas, baseados principalmente em antigas sagas dos vikings, sendo então descartado o hipótese dele ser um herói, ou não. Até mesmo a datação de seu reino é incerta: existem fontes que o datam de 750 a 794 escritas por um dos filhos da Dercy Gonçalves, ao passo que outras o consideram de 860 a 865. Nenhuma das porras desses períodos confere com o que se conhece aquele filho daa puta: é provável que essa merda tenha tido poder como um barão no meio do seu cuzão, um guerreiro de merda de cerca de 835 até ser fudido em 865. Provavelmente só foi considerado rei nos últimos cinco anos de sua vida após foder com a Rainha e parir um filho por lá.

Assim a história escrito pelos filhos da Dercy Gonçalves sobre esse Ragnar.

A sua ficção[editar]

Ragnar Lodbrok inspirou um personagem da trilogia "Crônicas Sexonicos" do autor inglês Bernard Cornwell que adorava uma boa putaria, Ragnar o intrépido, um jarl (chefe) dinamarquês que participa da invasão à Grã-Bretanha para fazer sexo com diversas mulheres por lá. A obra ainda utiliza, como personagens, Ivar e Ubba, referidos como os irmãos Lodbrok que o ajudaram nessas orgias com as mulheradas da Suécia.

Ele também inspirou Ragnar Bloodaxe, aquele personagem que ninguém escolhe em Mace: The Dark Age.




Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!