Raimundos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bambusilvio.JPG
Bambu.png

Raimundos
é boca sujammm! Sem vergonhammmm! Sem vergonhammmm!
A capa elaborada para o primeiro CD dos cabras


Nota: o trecho seguinte está "compactado" de modo a despoluir visualmente o contexto da página toda.

Cquote1.png Aperta um beck do tamanho desse moleque,camarão da cabeleira dos cabra que toca reggae... Cquote2.png
Rodolfo nos velhos tempos
Cquote1.pngVocê quis dizer: RamonesCquote2.png
Google sobre Raimundos
Cquote1.png Prefiro Tequila Baby. Cquote2.png
Marky Ramone sobre Raimundos
Cquote1.png Perdeu, Playboy. Cquote2.png
Pastor sobre Raimundos
Cquote1.png É isso aí muleque. Todo mundo doido aí nesse Brasil doidão. Cquote2.png
Rodolfo sobre o Brasil doidão
Cquote1.png Cego é aquele que não quer ver o oco! Cquote2.png
Karl Marx, filósofo, corrigindo o ditado popular
Cquote1.png ALF!! Cquote2.png
Cão São Bernardo sobre o ex-baixista do Raimundos
Cquote1.png Eu tenho um amigo chamado Josieverton que curte essa banda!!! Cquote2.png
Eu sobre um amigo que curte essa banda
Cquote1.png Eu so sei "complicada e perfeitinha" Cquote2.png
Qualquer pessoa sobre Mulher de Fases
Cquote1.png Esses são os dotes do Mestre Canisso!! Cquote2.png
Rodolfo sobre Canisso
Cquote1.png É coisa do demo! Cquote2.png
Rodox sobre Raimundos
Cquote1.png Eu falei que isso era uma porra!!! Cquote2.png
Raimundos (os que sobraram, ao menos) sobre a citação acima
Cquote1.png Se ela tá gemendo, é porque eu sou um cara legal. Se ela tá tremendo, é que ela gostou do meu pau. Se ela tá gritando, é que ela tá querendo mais. Se ela tá berrando, é hora de meter por trás! Cquote2.png
O Filósofo Rodolfo nos velhos tempos
Cquote1.png Quem pôs o bob no rabo do porco? Cquote2.png
Raimundos sobre um dos mistérios da natureza
Cquote1.png Ô mãe! Vê se me manda um dinheiro, que eu tô no banhero e num tem nem papel pá cagá... Cquote2.png
Manero sobre Raimundos
Cquote1.png E é por isso que o Raimundos nunca vai se acabar. Cquote2.png
Raimundos sobre Raimundos
Cquote1.png I saw you saying that you say that you saw... Cquote2.png
Madonna sobre Raimundos
Cquote1.png Na União Soviética, as palhas do coqueiro esperam debaixo de VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Raimundos
Cquote1.png Bando de filho da puta sem-costume! Cquote2.png
Raimundo Fagner sobre Raimundos
Cquote1.png No Rock Nacional o descrédito é geral! Emo gosta é de pegar no Pau! Musica gay feita por gente anormal!!! Cquote2.png
Digão sobre Emo
Cquote1.png Calados são poetas... Cquote2.png
Romário sobre Raimundos
Cquote1.png Essa é pra você que foi criado a leite com pera, ovomaltino. A educação é essa, o headbenze. Cquote2.png
Gil Brother sobre Raimundos
Cquote1.png Cala a boca, meu aluno, você está defecando pela boca! Cquote2.png
Gil Brother sobre Raimundos
Cquote1.png Nossos filhos mais espoletas. Cquote2.png
Ramones sobre Raimundos
Cquote1.png Passou no Puteiro pitando no kombão, depois deu um pulinho no Baile Funky, pegou a pequena raimunda, a mulher de fases, foi para Igreja, virou crente e mandou todo mundo se fuder!!! Cquote2.png
Biografia resumida de Rodolfo Abrantes por Oscar Wilde.
Cquote1.png Tá de sacanagem comigo né? O BOPE inteiro ouve o primeiro CD desses caras. Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Raimundos
Cquote1.png Foi num puteiro em João Pessoa, eu descobri que a vida é boa, foi minha primeira vez! Cquote2.png
Rodolfo e o seu relato sobre a perda do cabaço
Cquote1.png Nunca estive lá. Cquote2.png
Rodolfo sobre o Puteiro em João Pessoa
Cquote1.png Desculpa aí, galera. A culpa foi minha. Cquote2.png
Fábio Júnior, o autor de "20 e Poucos Anos", que virou a cabeça do Rodolfo sobre Raimundos
Cquote1.png Cuzão de merda!!! Não desculpo porra nenhuma, seu filho da puta!! Cquote2.png
Digão sobre a frase acima
Cquote1.png Peraê!! O cara é um gênio, véi!!! Cquote2.png
Rodolfo defendendo o Fábio Júnior
Cquote1.png Meu estilo de vida veio do Mestre canisso, Eu quero é Rock! Cquote2.png
Kabal/Duo Maxwell
Cquote1.png Quem são vocês pra falar do raimundos, vocês ganhão ibope querendo falar mau dos cara que tão famoso e rico e o que vocês fazem pra alegrar os outro, só falão mau os cara pelo menos trazem a alegria da música. palavrão tem em todo tipo de música, vocês sabem que no brasil o unico jeito pro cara pode ser escutado é assim então que se foda tudo mesmo! Cquote2.png
Fã xiita e analfabeto sobre Raimundos
Cquote1.png Vocês traíram o movimento Hardcore, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Raimundos
Cquote1.png Foram eles os maconheiros que roubaram nosso feijão Cquote2.png
Mamonas Assassinas sobre Raimundos
Cquote1.png overdose de palavras! Cquote2.png
crítico sobre as músicas que começa com uma história e termina de um jeito completamente diferente
Cquote1.png Era uma quenga fedorenta, daquelas das mais nojentas Cquote2.png
Rodolfo sobre sua primeira mulher
Cquote1.png Eu descobri que pimenta malagueta quando entra na buceta vai se enganchar no pulmão Cquote2.png
Rodolfo sobre suas descobertas medicinais

Raimundos é uma saudosa banda de forró-core que misturava, obviamente, forró com hardcore.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Olha os Paraíba féladaputa aqui!
Carlos Eduardo "bá-velhinho" Miranda
Nega Jurema
Típico fã da banda


Começaram sua carreira acompanhando a banda de Lampião pelo sertão pernambucano. Anos depois, pegaram carona com a Coluna Prestes e foram parar em Brasília, onde sossegaram o facho até alcançar o estrelato.

Cansados de comer calango, vieram pra São Paulo de Viação Cometa e conheceram, no programa Ídolos, o produtor Carlos Eduardo "bá-velhinho" Miranda, que mostrou como se grava um disco decentemente aos meninos.

Com a ajuda de João Gordo e de alguns elementos da também falecida banda Titãs gravaram um disco chulo, cheio de palavrões, machista, de mal gosto, pesado, maconheiro, baixo, ranheta, filho da puta e sem noção. Por causa de todos esses adjetivos, fez muito sucesso e alavancou a carreira do quarteto. Depois deles vieram no vácuo bandas podres tentando seu momento, como Rumbora (extinta, e provando o fato, Alf tentou tocar baixo no semi-Raimundos atual).

Já no segundo disco, "Lavô tá Novo" (com Frank Aguiar) os Raimundos tiveram a participação da cantora Madonna na música "I Saw You Saying (That You Say That You Saw)", no papel de uma vagaba (ou seja, ela própria).

O CD "Lapadas do Povo", terceiro da carreira dos cabras, foi produzido nos EUA. Porque os americanos são muito melhores. Mas o CD ficou uma merda porque foram pro estrangeiro mas no banheiro não tinham nem papel pra cagar. Então limparam o rabo com o encarte do CD.

O último CD do grupo

O último CD do grupo, "Só no Forévis", foi gravado num centro espírita e teve a participação do trapalhão Mussum, que cobrou como cachê algumas doses de mézis. Foi o CD mais radiofônico da banda, o que deixava qualquer paty adolescente daquela época que odiava o som machista e imoral, a sentirem tesão pelos calangos.

Logo depois do lançamento deste álgum, o vocalista Rodox vira crente e entra para a Igreja Quadrangular do Triângulo Redondo. Lá, ele muda seu nome para Rodolfo, apaga todas as tatuagens do seu corpo, faz um tratamento de desintoxicação e grava um CD de música Gospel. Disse também que os Raimundos eram coisa do demo e que não queria brincar mais. Ele aceitou Jesus, partindo do pressuposto que, todos nascemos encapetados, do demo mesmo, por isso PRECISAMOS 'aceitar Jesus'.

Bem, logo após a ultima doideira que Rodolfo fez na vida, a banda que agora é um trio chegou na incrível conclusão numa resolução matemática, intitulando o cd de Éramos 4, que com certeza foi o álbum mais baixo astral e menos criativo (90% dele era de covers dos Ramones, e dos 10% restantes, um era uma música de Leandro e Leonardo) do grupo.

E depois de muita dança das cadeiras, os cabra lançaram o Kavookavakala. Com Composições do Telo já que Digão e Canisso não tinham envergadura moral como letristas.

E por último, o PoNtO QuAlQuEr CoIsA, cd lançado na internet e por conta disso só vendeu 100 cópias (contando com os familiares).

[editar] Exemplo de processo compositivo

Eis um excelente exemplo do teor de eloqüência das letras dos Raimundos (mas isso na boa época, obviamente):

Entrei no trem, esporrei na manivela
Cobrador filha-da-puta me jogou pela janela
Caí de quatro com o caralho arregalado
E uma velha muito escrota me mandou pro delegado
O delegado tinha cara de viado e me mandou tomar no cu
Tomei no cu, mas tomei no cu errado
Quando eu menos percebi era o cu do delegado

Coletivo é muito bom para sarrar
Pois o povo aglomerado sempre tende a se esfregar
Com as nega véia é perna aqui, perna acolá
E se a xereca é mal lavada faz a ricota suar
(Fala, Cabeça!)
Se é nos calombo ou nas freada, se é nas curva ou nas estrada
São situações propícias para o ato de sarrar
No coletivo o que manda é a lei do pau
Quem tem, esfrega nos outros, quem não tem só se dá mal

E é assim que são as brilhantes composições da banda que em geral são contadas historias, sem princípio, nem meio nem fim, o que comprova que elas são feitas a base de muita, muita, mas muita erva. Outros exemplos:

  • Puteiro em João Pessoa: História de como Rodolfinho perde o cabaço no Roda Viva com a ajuda de seus primos Bersange e Augustinho, fato é que ele se fode porque a mulé é feia que dói.
  • Nega Jurema: Segundo Canisso, é uma história de um traficante do nordeste fugindo da policia, mas ao ler a letra, você, amigo leitor, percebe que a letra inteira é sobre queimar uma tchara.
  • Marujo: Fala sobre Zé Pereira, um maconheiro que nasceu no Ceará, que deixa Mariazinha em casa para acompanhar seus parceiros de navegações... Se é que você me entende...
  • Tora Tora: Resumindo, é sobre maconha mesmo.
  • Pitando no Kombão: São as aventuras da banda antes de conquistar o sucesso, onde entre uma tragada e outra eles dirigiam pela noite no sertão discutindo sobre assuntos cruciais para o entedimento da existência, ouvindo desde Bee Gees até Ratos de Porão.
  • Eu Quero Ver o Oco: Uma das favoritas dos posers que pagam pau pros Raimundos, conta a história de um rapaz que sofre um acidente de carro enquanto os transeuntes riem da cara dele. Teorias dizem que seria uma adaptação da história da Samara, pra não dar muito na vista.
  • Tá Querendo Desquitar: Uma das poucas letras de fácil compreensão, que conta a história de Seu Vavá que quer se separar de Ambrosinha, pois ela só quer ficar na janela, nunca cuida da panela e deixa a comida queimar, vê se pode!

[editar] Os ex-integrantes, hoje:

  • Rodox/Rodolfo - Era o carismático vocal do grupo e após sua overdose transcendental é visto apresentando o programa "Show da Fé" com o pseudônimo de R. R. Soares. Em um arremedo de cantor, faz participações em shows meninões da igreja meninona 'bola de fogo'.
  • Canisso - Baixista e piadista nas horas vagas e o único da banda que não traiu o movimento "Raimundão". Tentou seguir os passos de Rodolfo, mas percebeu que tinha fé de menos. E todos sabem que o importante é ter fé de mais. Sofre de crises de identidade... Tentou virar uma pseudo-entidade, chamada de Inri Cristo. Grande fã de JK, o qual tem faz papel de fake no Orkut, ele também tem outra denominação na lista de discussão da banda. Permanece na música (?) no atual semi-Raimundos e acabou de sair de uma obscura banda de hardcore que prometia quebrar queixos.
Seu Vavá
Digão e Mingau. Ou Mingau e Digão
  • Digão - Guitarrista, egocêntrico e invejoso (se mordeu de algria apos a saída de Rodolfo, para enfim ser o frointman)levou a banda pro buraco e agora faz parte de uma dupla (de dois) com um cara chamado Denis por isso Denis e Digão, que tocam uma espécie de rock sertanejo. Trabalha como sósia do Mingau, baixista do Ultraje a Rigor. Quando o Mingau não pode ir a algum show, chama o Digão, que vai no seu lugar e ninguém nota a diferença. Ele concorreu ao premio Pança de Mamute com concorrentes de peso no último VMB e não foi pareo para o Jimmy do Matanza e a um Koala(bem nutrido), vocalista de uma banda de emocore. Hoje com a idade avançada, fica pagando de tio da Sukita e acha que está na moda. E afirma que o crente é corno! Atualmente ele se converteu para Gay e fez em parceria com Denis Aeroporto uma dupla de rock-sertanejo-emo-gay-core-funk-filho da puta para tentar reaparecer na mídia.
  • Fred - Era o unico integrante sério, e consequêntimente o mais sem graça, reconhecido por ter levantado a banda no começo e atualmente tenta dar sucesso a bandas no mesmo estilo de Raimundos como o Matanza. Porém, em vão. Possui orgulho de levar a fama de ter sido o pivô do fim da banda com a briga com o Canisso (segundo ex-integrantes e equipe técnica). Afinal, ele era o dono da bola. Hoje tenta refazer seu sucesso com o Rumbora, ops, Supergalo.
  • Marquim - Esse se fudeu. Entrou onde não devia pra tentar o estrelato e hoje em dia deve passar fome, dando aulas de inglês... Depois de não dar certo com o Peterperfeito... enfim, após seguidas tentativas (falhas) de ser engraçado na lista de discussão da banda... opa! o Raimundos não é engraçado! isso é coisa do Mamonas Assassinas!
  • Alf - QUEM?!
  • Caio - Dentista que faz do Digão seu hobby. Brinca tocando bateria com ele no Dr. Madeira e no semi-Raimundos.
  • Telo - Fez uma caralhada de letras pro Raimundos, sendo junto com o Zénilton o integrante fantasma da banda e o preferido aos fãs incorfomados a subistituir Digão. Recentemente subiu ao palco com Raimundos no vocal e segundo o próprio: "Como vocalista um ótimo letrista". Criou uma conta no Orkut só pra convencer os "fanzinhos mais idiotas e alienados do Raimundos" que o Digão é um ser do mal .

A Desciclopedia acredita que banda só voltará à mídia depois de um Acústico Mtv (assim como o Ira! e o Capital Inicial)deprimente eu sei...

[editar] Vídeo

O que acontece com quem escuta Raimundos


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas