Rainha Beryl

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Kanako e naru.jpg Este artigo se trata de uma Hentai Girl
Ela é gostosa, mas nón ecziste. Ela participa de algum desenho, jogo ou quadrinhos e tem orgasmos infinitos.


Voovassoura21.gif Este artigo é sobre uma Bruxa!

ou algo tão feio e horripilante quanto uma bruxa...

...sua mãe, por exemplo.


1133064800.jpg Rainha Beryl se trata de uma mulher malvada.

Ela é a vilã, é má pra cacete, mas mesmo assim você a adora.

Rainha Beryl
RainhaBeryl cosplay.jpg
Nome Rainha Beryl
Profissão Vilã mal amada
Hobbie Tentar Dominar o Mundo
Elemento Bola de Cristal e Rainha Metaria
Religião Dark Kingdom
Frase Favorita Príncipe Endymion, case comigo!
Rival Sailor Guerreiras

Cquote1.png Você quis dizer: Corna? Cquote2.png
Google sobre Rainha Beryl
Cquote1.png Experimente também: Bruxa Gostosa Cquote2.png
Sugestão do Google para Rainha Beryl
Cquote1.png Experimente também: Mãe Dinah Cquote2.png
Sugestão do Google para Rainha Beryl
Cquote1.png Veja o futuro para mim na sua Bola de Cristal! Cquote2.png
Nephrite sobre Rainha Beryl
Cquote1.png Adorei a bola! Cquote2.png
Zoisite sobre a bola de Rainha Beryl
Cquote1.png Estou com frio aqui! Cquote2.png
Jadeite sobre Rainha Beryl

Apresentação[editar]

Beryl front.gif

Rainha Beryl é a vilã-mor do anime/mangá yuri/bishoujo Sailor Moon, a primeira bruxa gostosa de todos os tempos e uma das poucas integrantes do núcleo principal (mesmo sendo a vilã) que não joga no Lado Azul da Força (ou pelo menos eu acho). Mesmo assim, muitas ainda tentam jogá-la contra a parede, falando da sua relação com uma mulher conhecida como Rainha Metaria, porém poucos sabem que, na verdade, essa tal de Metaria non ecziste e somente não passa de uma simples massa gigante de chakra energia, que poderia ser forte o suficiente para construir um Bijuu. Ela é apaixonada pelo galã Príncipe Endymion, pagando o maior pau pro cara desde os tempos do Milênio de Prata (e, pode ter certeza, isso faz muito tempo). Suas maiores inimigas são exatamente as suas concorrentes ao coração do valente Príncipe, só que Beryl pouco sabe que Endymion não curte muito a fruta ruivas, preferindo uma loira do que outra coisa, principalmente pelo fato delas serem mais burras e fáceis de levar para cama.

O Milênio de Prata - Rainha Metaria[editar]

MWAHAHAHAHAHA...
Rainha Beryl consultando o futuro em sua Bola de Cristal (pelo sorriso, as notícias são boas).

Em um passado não muito distante, existiam vários habitantes na Terra (chamados de terráqueos) e vários habitantes na Lua (chamados de lunáticos). Como a Lua era pequena e, nesse tempo, a maioria das formas de governo eram a ditadura de um pequeno grupo sobre os maiores, a Lua comandava indiretamente a Terra, impondo o seu poderio bélico, de um povo quase imortal, sobre os pobres terráqueos. Mas até que a Terra aguentava a parada e não tinha problemas com isso, ficando na sua e sempre recebendo ajuda da Lua quando precisava. Porém, alguém não estava feliz com isso, tratava-se da Rainha Beryl, irmã de Sabaku uma mulher que governava a Terra ao lado da realeza e morria de inveja do povo da Lua que era bonito e eternamente jovens. Ansiosa de que algo acontecesse com aquele lugar (tipo a explosão "acidental" de uma bomba atômica) viu os seus pedidos atendidos com o surgimento de uma energia vinda do espaço, tão forte quanto um homem bombado e tão má quanto o Pica-Pau, trava-se de uma energia cósmica, chamada, humildemente, de Rainha Metaria.

Rainha Serenity, a primeira a ownar Beryl.

Aproveitando-se da burrice de Beryl, Metaria prometeu a ela que lhe daria forças suficientes para destruir a Lua, colocando todo o povo da Terra contra eles. Dominada facilmente pelos poderes do mal, Beryl convocou os humanos e os chamou de noobs, por permitirem que a Lua os comandassem como a cachorros vira-latas. Revoltados por ainda não terem percebidos o óbvio, toda a raça humana começou a se manifestar contra o Povo da Lua, principalmente contra a governanta de lá, chamada de Rainha Serenity. Porém, o Príncipe da Terra, chamado de Príncipe Endymion, acidentalmente se apaixonou por Princesa Serenity, a filha da Dona da Lua, avisando-a sobre o barraco que Beryl estava para causar e dos especiais de porradas que, com certeza, começariam a aparecer por aquelas bandas. Mas era já tarde e inevitável pois, naquele mesmo dia, Beryl, junto com os seus Quatro Generais e mais um exército de terráqueos, acabaram por invadir a Lua (como se isso fosse muito fácil) e começaram a tocar o terror por todos os cantos, como verdadeiros vândalos.

Rainha Beryl sendo ownada pela primeira vez pela Rainha Serenity.

O poder de Metaria levou todos para a Lua, destruindo tudo o que via pela frente, causando confusões que até Deus duvida. Foi então que Princesa Serenity aparece encarando Beryl, que ficou ainda mais puta da vida, ao saber que aquela loira era quem estava dando em cima do seu grande amor (que, para quem não sabe, tratava-se de Príncipe Endymion). Na hora em que a ia matar, Endymion aparece e protege Serenity. Beryl então fala para ele a deixar pois ela era uma loira oxigenada e não merecia o seu amor, já ela merecia por ser mais apaixonada por ele. Endymion então diz que ama Serenity e jamais se casaria com uma ruiva feia que nem ela. Beryl então se invoca e usa sua força para puxar Endymion para sí, mas Serenity se joga para os braços do rapaz e acaba indo junto com ele. No caminho, Metaria os atinge com um foderoso golpe, que mata os dois. Nesse mesmo instante, todas as Sailors que deveriam proteger a Princesa também morrem. Mordida com isso, a Rainha Serenity invoca o poder do Cristal de Prata e owna a todos, incluindo Metaria e ela própria (WTF?). Antes de sua morte, envia sua filha e todos os moradores da Lua para a Terra, onde poderiam viver felizes (ou não).

Dark Kingdom - Cristal de Prata[editar]

Rainha Beryl voltando à vida depois de muitos anos.

Depois de muitos anos, a Rainha Beryl acaba reencarnando na Terra e junto com ela, aparece a Rainha Metaria em estado vegetativo. Como vaso ruim não quebra, ambas as rainhas pretendem (ainda) dominar o mundo, porém, a Rainha Metaria está muito fraca e não tem como fazer todo aquele festival de antigamente. Para isso ela conta com a Rainha Beryl para conseguir achar o Cristal de Prata (o mesmo que a destruiu no passado), pois este teria poder suficiente para restaurar todas as suas forças (afinal, foi a única coisa que a conseguiu vencer) e, de quebra ajudar na dominação mundial. Mas Beryl não tem nenhuma vocação para detetive e então forma a Dark Kingdom, uma organização não-governamental especializada em achar o Cristal de Prata (apesar de nunca terem feito isso) e recolher energia para encher a barriga da Rainha Metaria e recompor a sua força (isso eles fizeram). A organização tem como comandantes um quarteto Quarteto Fantástico de homens demônios, que nada mais fazem do que invocar mulheres fracas e totalmente incapazes de derrotar qualquer um que as em frente.

O lendário Cristal de Prata que Beryl tanto deseja (o que é que uma inveja não faz).

O Cristal de Prata encontrava-se na Terra, perdido (mais exatamente) no Japão (não me perguntem o porquê). Como ainda não tinha ideia de onde começar a procurar, Beryl colocou os seus generais para conseguir energia para alimentar a Rainha Metaria (onde a fonte seriam os humanos), sendo que o primeiro foi Jadeite. Nesse mesmo momento surge algumas garotas em saias minúsculas e que estão lutando pelo emor e justiça. Tais gurias retardadas vivem a atrapalhar os planos de Beryl e seus generais, impedindo que a energia seja coletada por completo. Depois que o primeiro general falha, aparece Nephrite que acaba morrendo; aparece então Zoisite que é morto pela própria Rainha Beryl, sendo então substituído por Kunzite, que acaba sendo ownado pelas Sailor no final. Por fim, nenhum dos generais conseguiu sequer chegar perto do Cristal de Prata, coisa que frustrou deveras a Rainha Beryl (bom, ninguém é perfeito). Ao final, a própria governanta da Dark Kingdom, sem nenhum general (já que matou dois deles) e sem nenhum demônio forte (já que as Sailor mataram todos) resolveu entrar em campo sozinha.

Labirynth, a construção de Moebius[editar]

depois de muito tempo sendo corneada, ela se afastou, e em um universo paralelo viu que criaram um computador ao qual deram o nome de moebius, e seguindo as ideias do Big Brother 1984 ela criou uma pane no sistema fez o computador criar mente própria fazendo a realidade se distorcer em outra parte da terra fazendo com que moebius fosse tratado como o futuro soberando do universo, logo isto foi desfeito graças a Princesa Peach, que deixou de fumar cogumelos alucinogenos e virou uma guerreira lendaria (aka. Pretty Cure) e ownou moebius fodendo-lhe, juntamente com as suas colegas

Morra Beryl[editar]

Kris metallia.gif
Rainha Metaria + Rainha Beryl = Essa coisa aí.

Depois de ter todos os seus comandantes mortos (alguns deles por ela mesma, já que as Sailor somente mataram um deles), Beryl resolveu apelar para a única força que sabia que podia combater o Cristal de Prata de frente (ou de costas, nunca se sabe), o poder foderoso da Rainha Metaria. Depois desse poder ter ressuscitado Príncipe Endymion (apesar dele não ter servido pra nada, já que o mesmo se rebela contra ela e ainda lhe ataca com uma rosa), Beryl invocou Metaria para que ambas se fudessem fundissem em uma só para derrotar a Princesa Serenity, que tinha aparecido para salvar Endymion e todo mundo que tinha morrido por ela (nada mais justo). Como Metaria não tinha nada a perder, resolveu ceder os seus poderes de Greyscow para Beryl, que além de se tornar foderosa pra porra, ainda teve o seu tamanho aumentando mais de oito mil vezes, sem falar que perdeu toda a sua beleza (?) que tinha antes, ficando com uma cabeleira verde (igual a do Shun de Andrômeda), em pé (igual a de um Super Sayajin) e uma pela mais bronzeada, beirando ao azul (WTF?).

Beryl sendo ownada pela segunda vez (essa mulher é sádica). Vai perder assim lá no Inferno.

As duas se enfrentam em um combate que tava mais do que óbvio de quem é que iria vencer. Depois de Princesa Serenity perder todos os seus amigos em luta (Sailor Mercury, Sailor Mars, Sailor Jupiter e Sailor Venus), ainda teve o seu amado e fraco Príncipe Endymion colocado pra escanteio. Fudida fundida com Rainha Metaria, Rainha Beryl ataca Serenity com o seu poder indenominável (geralmente os golpes dos inimigos não tem nome mesmo), que nada mais era do que uma chama segra semelhante ao Amaterasu do Clã Uchiha. Serenity revida com o seu apelão Cristal de Prata, que somente protege ela. Por mais que tivesse na cara que Beryl iria ganhar, Serenity acaba tendo a ajuda das suas amigas mortas (em formas de almas penadas) que lhe aparecem do Inferno para dar uma mãozinha à Princesa. Assim, sendo basicamente cinco contra uma, Serenity acaba ownando vergonhosamente a Rainha Beryl que, é tomada por uma imensa bola de energia e (claro) morre mais do que desgraçadamente, finalizando assim a temporada, em que todas as Sailor voltam para as casas mas nenhuma se lembra da cara da outra (WTF?).

Ver também[editar]


Loser 2.JPG
Rainha Beryl já morreu!

Já foi tarde!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno