Raquel (Claymore)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Donamorte1.jpg Raquel (Claymore) já morreu!

Já foi tarde!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno


Raquel
Cquote1.pngA decepadaCquote2.png
Raquel1.jpg
Que linda...
Informações inúteis
Classificação Claymore mortinha
Ranking Claymore ???
Técnicas Ser detonada
Parceiros Jean e Katea
Status Atual Morta
Símbolo Supererro.jpg

Cquote1.png Você quis dizer: Morta Cquote2.png
Google sobre Raquel (Claymore)
Cquote1.png Experimente também: Katea Cquote2.png
Sugestão do Google para Raquel (Claymore)
Cquote1.png Ha! Trouxa! Cquote2.png
Dauf sobre Raquel.
Cquote1.png Fraquinha demais... Cquote2.png
Riful sobre Raquel.
Cquote1.png Que nojo! Cquote2.png
Clare na primeira vez que viu a Raquel.

Raquel é mais uma personagem do anime yuri/guro Claymore, sendo uma das bruxinhas de olhos prateados, no entanto, nada sabe-se da loirinha, que só apareceu para ir rumo ao saco em um momento aleatório qualquer do anime ou do mangá, tudo o que sabe-se da coitada é que ela era loira e fraquinha de doer, ou não.

Infância[editar]

Raquel e sua incrível técnica de cabecear espadas.

A infância da garota, é um mistério, como a existência da mesma, contudo baseado em pesquisa e depoimentos pode-se chegar a conclusão de que ela nascera em um local da ilha onde ocorre a história, era uma guriazinha feliz, brincava com os miguxos, dançava, se divertia a beça com sua trupe infantil.

Tudo até um youma malvado atacar sua família e deixá-la encurralada, eis que uma Claymore boazinha a salvou do monstro, seguidamente estuprou a garota, mas isso não conta, as loirinhas são as heroínas da história, na verdade essa é a saga de uma Claymore comum, mas era isso que era a pobre Raquel.

Treinamento[editar]

Raquel para os fãs de guro.

Indo mais a fundo no treinamento dela vê-se que ela tinha notas medianas, não se destacava, mas não repetia de ano, já que eles sempre passam, como por exemplo você passará de 2009 para 2010, mesmo fazendo pela oitava vez consecutiva a sua gloriosa 4ª série, o que para você já é normal.

Raquel em sua única aparição, ela é bem ajeitadinha.

A guria evoluiu e aos poucos foi se tornando uma Claymore em potencial, contudo ninguém a percebia, fato esse que não mudou em momento algum, resultando na secundariedade eterna da Raquel na Organização e, consequentemente, no desenho animado e nops quadrinhos, mas ela não desanimou, já que era brasileira e não desiste nunca.

Missões[editar]

Raquel participou das mais diversas e variadas missões, sendo até mesmo considerada uma das mais habilidosas da equipe a qual participava, ela ficava apenas atrás da sua própria sombra, numa equipe composta por ela, pela própria sombra e por uma boneca da Barbie sem a perna esquerda, mas isso é irrelevante, vide a habilidade da incrível bruxa dos olhos prateados.

Ela participou das missões mais importantes possíveis, sendo ela, provavelmente, uma daquelas a serem convocadas para matar a Teresa no flashback feito para encher balão no início do mangá, mas acabou sendo cortada, pois a Teresa teria de ser a fodona, não podendo haver concorrentes a altura.

Missão Final[editar]

Raquel no primeiro dos 10 segundos de sua participação na história.

Raquel, após se cansar das missões planejou a própria morte, ela tinha um novo objetivo, virar uma protagonista de shoujo de uma historinha kawaii repleta de bichinhos fofos, ao estilo Mokona, e onde ela pudesse encontrar um príncipe ou virar alguma espécie de cantora.

Mas a coitada esqueceu de que vida só se tem uma e ao deixar ser destroçada na briga com o Dauf ela se fudeu, já que ela não era capaz de se regenerar, nesse momento acontece a única aparição de Raquel no anime, mangá ou qualquer coisa de Claymore, durante 10 segundos ela aparece fala algo para a Clare e a manda para a caverna da bruxa, também conhecida como Riful, morrendo logo em seguida, já que ela só estava com 60% do corpo detonado e sangrara mais que o C&A.

Teorias sobre a Raquel[editar]

Seu computador procurando pela Raquel em qualquer lugar.
  • Ninguém sabe de onde ela surgiu, mas suspeitam de que ela seja a arma que a organização tanto busca;
  • Alicia & Beth tem pesadelos com Raquel;
  • Dauf aproveitou a única chance que teve para matá-la, foi esperto, ou não;
  • Raquel tira o doce da boca da Riful;
  • Ela é, na verdade, a Teresa que sobreviveu, parcialmente;
  • Era para ela ser a protagonista, mas ela não quis ter de aturar um pirralho chato.
  • Fez tanto sucesso que, depois, fizeram até uma Rachel.

Ver também[editar]

Ligações externas[editar]