Rave de 36 horas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Congresso Cquote2.png
Google sobre Rave de 36 horas

Cquote1.png Vou estudar na casa da Fê, mãe! Cquote2.png
Adolescente indo pra Rave de 36 horas


A festa[editar]

A rave de 36 horas é um evento mítico que explica a construção do universo. Esta rave teve início com a ideia do Deus Metal de unir o seu gosto musical com luzes psicodélicas e altas aventuras com a turminha irada (essa foi a definição que a rave ganhou quando Deus Metal e Roberto Marinho fundaram a Rede Globo.

Pessoa depois de uma Rave de 36 horas

A propaganda da Rave trazia somente Deus Metal dizendo: "Eu escolho você!" Mais tarde este bordão foi roubado por um desenhista japonês que construiu um desenho sobre monstros que ficam dentro de bolas.

A rave começou quando Deus Metal quis, e então terminará quando ele assim quiser.

Dizem as más línguas que todos foram à festa, e a partida foi no point do Mickey. A Combe foi alugada por Massacration que foi cantando a música ensinada por Deus Metal: "Se essa porra não virá, olê, olê olá, eeeeu chego lá!!!"

Chegando na Rave, o show começou com Patinho Doty, que encantava gerações com sua guitarra de isopor. Sua poesia musical influenciou mestres da música, como Birulaibiy e o cara do carro da pamonha.

Elvis ficou tão entusiasmado que caiu na máquina de coxinhas da Polishop e virou alimento para as bocas nervosas. O segundo show foi de Alan e Aladin, que tomaramvaia assim que subiram ao palco (claro, com um nome desses...).

Alguns penetras tentaram entrar, entre eles estavam Pelé, Dick Vigarista, um cara do zorra total que se julgava doido e um chamado... aaah... ah sim! um cara chamado Jesus. Darth Vader estava tão bêbado que se julgava o pai de todos na festa. Assim, Luke ficou com vergonha e foi embora para uma galáxia muito, muito distante.

Coisa de louco[editar]

O carro mais legal que chegou à festa era conduzido por um velho com cara de louco. Ele era louco com razão, pois espera achar alguns dinossauros que não existiam e dava ao carro o pseudônimo de Delorium, além do mais, se julgava o "Senhor do tempo".

A velha surda era a DJ da festa, mas parecia que não prestava atenção no que fazia.

No final, houve uma briga de gangues rivais: "The Metal from Hell" contra os "Manos". Os manos ganharam, pois tinham carros que pulavam e muitas gírias em seu vistoso vocabulário.

A festa assim continuou, pois o tempo na galáxia de Aldebaran de Tora passa de um modo diferente. Assim, a Rave ainda vive, e a humanidade espera o seu término junto com a vida de todo o universo.

Freeza está atacando este artigo.
Solte um Kame Hame Ha para defender este artigo!