Ray Romano

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ray do Império Romano
Ray-romano.jpg
Ray e seus olhos vesgos que tudo veem
Nascimento 1900 e Guaraná com rolha
Brasil daqui 1000 anos
Nacionalidade Americano
60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Ray Romano.
Ray mostrando como se alisa o pau.

Ray Romano é o anônimo comediante, o maior paga-pau do século e o tirano dos sitcoms. Ray é conhecido por ter feito quase nenhum filme e ter sido considerado um ator de verdade e ter feito 3 comédias sem conteúdo e ser chamado de humorista... Ou seria comediante? Ah, foda-se, de qualquer maneira, tudo que você tem que saber é que Ray é na verdade um extraterrestre, mandado para contar piadas que só fazem sentido em seu planeta.

Cquote1.png Hey, isso não fez o menor sentido! Cquote2.png
Você sobre o trecho acima

Se leva a sério o que um idiota como eu fala, então deve rir das piadas sem sal da Praça é Nossa.

História[editar]

Nasceu em Nova York, em Queen, a cidade com maiores admiradores de Glam Metal e de Freddie Mercury do mundo. Lá Ray teve uma educação muito afeminada: seu pai era afeminado e um general do exército que pulava a cerca fazendo uma espécie de "inspeção" dos soldados do exército. A mãe de Ray ensinou que todo mundo amava ele, apesar de ser burro, ter tudo que é de pior da Suzana Vieira e por fim, ser mais liso que pneu de Fórmula 1.

Ray cresceu com uma autoestima ótima, porém quando ele completou a faculdade dele, alguém falou para ele que ele era um nada, que a vida inteira todos foram bonzinhos com ele por ele ser a pessoa mais água-com-açúcar de Queens, e que por isso ele passou na faculdade tão facilmente. Quem disse isso era o seu pai.

Chocado, desconformado e confuso, nosso herói que ninguém ama foi afogar as mágoas em um bar. Como no bar passava CBN, uma emissora parecida com o SBT só que nos Estados Unidos, passava também um episódio de "Todo Mundo Odeia o Chris".

A fama[editar]

Assim, em uma tempestade de ideias medíocres, ele conseguiu tirar a pior delas que era:

Cquote1.png Vou fazer um seriado em que todo mundo ama um cara! Cquote2.png
Ray sobre suas ideias "brilhantes"

Nascia então a única e melhor comédia dele... e quando digo melhor, tenho que dizer que é melhor do que Zyzyx Road (filme fracassado que arrecadou a incrível quantia de 50 dólares) e pior do que Bebês Espiões 2. A série é um completo fracasso: é tão ruim que nem traduziram, nem tiveram coragem de botar na TV.

Atualidades[editar]

A comédia se chamava Everybody Loves Raymond em que todo mundo amava Raymond (alusão a seu nome, Ray) e que ele era um ricaço que tinha que aturar apenas os vizinhos dele. Como fazer comédia com algo assim? Não se sabe, só se sabe que foi longe o suficiente para fazer ele parar aqui.