Realidade

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Cquote1.png Querem saber qual a minha real-idade? Cquote2.png
Seu tio engraçadão sobre realidade

Ser que faz parte da realidade.

Realidade é quando o pensamento se torna com fedor cheiro, peso, altura, largura, volume, profundidade (desde que a realidade seja em 3D), etc. Se não tiver essa características e você achar que algo faz parte da realidade é porque é um noiado. Realidade não tem nada a ver com realeza, não confunda as coisas, até porque a realeza talvez possa viver fora da realidade.

Isso não é matrix[editar]

Outro ser que faz parte da realidade.

Realidade não é imaginação, nem supositório, quero dizer, suposição. Imaginação não está ao alcance do todo mundo e se dissipa da sua cabeça logo, não tem completude. Suposição você está tentando advinhar, mas como não tem certeza, não pode dizer que é real, e isso de supositório suposição é muito perigoso, pois pode-se mandar um inocente para a prisão achando que ele é o verdadeiro culpado, mas na realidade não é, e quando se descobre ele até já virou uma linda donzela no xilindró e logo em seguida deixou de ser donzela por lá.

Mais um ser da realidade.

Deve-se ter certeza mesmo que algo é real, e mesmo uma coisa sendo real pode-se confundir uma coisa com outra. Por exemplo algumas pessoas vivem vavistando OVNIs, quando na verdade ela vê aviões meio encobertos, helicópteros, balões, metereológicos ou não, raias, luzes de holoforde, vaga-lumes, etc, mas vai tentar convencer a criatura de que aquilo que ela está apontando com a boca aberta e olhos arregalados não é na realidade um OVNI, e que é muito bem identificado?

Não perca a paciência mandando ninguém ir tomar no cu por insistir que o que não faz parte da realidade faz, mas se alguém quiser tornar o ato de dar real, você não tem nada com isso e se quiser pode também tornar o ato de dar a bunda, parte da sua realidade. Isso de o que tornar real ou não basta antes pensar e em seguida executar, ou começar a tomar providências para que se torne real, algumas coisas são bem fáceis, outras mais elaboradas, mas sempre acabam por acontecer realmente, portanto se você por o olho naquele bofe e quiser mesmo dar pra ele, pode tornar isso real, desde que seja uma mona ou amapô (é cada gíria) sedultora. Logo estará dando para aquele bofe, mas na realidade nem tudo é como parece você pode ter uma decepção, com o tamanho ou com a performance, ou com os dois.

Realidade fabricada[editar]

Mais um ser 100% real.

A realidade vive a ser fabricada, já explicado, desde que os pensamentos possam se tornar reais, não me venha com coisas absurdas, que nem são possíveis em hipótese alguma, como você se tornar homem e achar que pode ser executado, nada disso, o que pode ser transformado em real, tem que ser pensamentos sensatos.

Realidade fabricada também tem que ser no mundo real, do contrário ela será apenas na mmente da pessoa e não fará parte da realidade, mas isso se chama lavagem cerebral, e não existe a não ser na mente da pessoa e não é muito diferente de imaginação, ou seja, não existe, por mais que a criatura acredite, se quiser fazer uma lavagem cerebral em uma guria bem gostosa fazendo ela acreditar que é feia e por isso deve dar pra você por falta de opção, é perfeitamenbte possível, mas se aparecer algum maldito que a tire do tranze (e da transa), esteja bem longe por que as porradas podem doer realmente.

Se quiser fazer o contrário e olhar bem no espelho essa sua cara de bombardeio e esse corpinho que tua mãe ama, e afirmar que é lindo, pode não ser real, mas você estará fazendo uma lavagem cerebral em si mesmo, e ainda sempre consegue converncer algumas pessoas, pois já ouvou falar em alucinação coletiva? E sempre há alguém conseguindo convencer mais gente que é mais do que é ou que é diferente, ou seja, a realidade pode ser tirada da cabeça e deve-se ficar ligado, coisa que é meio difícil, pois na realidade os humanos são realmente idiotas, nem preciso apurar as provas, nem fazer cpi.

Ver também, bem visto[editar]