Reggae Nacional

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Babilônia Cquote2.png
Google sobre Reggae Nacional
Cquote1.png Bola um que nois curte Cquote2.png
Rasta sobre Reggae Nacional


Reggae Nacional é um estilo musical anarquista socialista muito difundido entre os maconheiros, hippies, mendigos, andarilhos, bêbados, drogados Rastafaris que misturam maconha com musica nas terras Tupiniquins

Percusor do Reggae Nacional

Origem[editar]

O Reggae Nacional surgiu originariamente na Babilônia, passou pela Etiópia e veio contrabandeado em meio á uma carga de maconha orégano e camarão vinda da Jamaica. A maior parte da mercadoria foi parar no Acre Maranhão e virou a Tribo de Jah. Uma outra parte desceu para o Rio de Janeiro o Ponto de Equilíbrio e uma outra parte migrou para o Estado de São Paulo e virou o Mato Seco. Alguma parte do contrabando ainda alcançou outros estados mais não chegou o bastante para chapar o globo de verdade.

Coelhos curtindo a produção do Reggae Nacional

Muito difundido nas roda de maconha aparencendo ocasionalmente na na roda de samba e na roda de viola. Muito executado em luau de praias e fogueira, o Reggae Nacional. Na Amazônia surgiu a Banda Ayahuasca. Na zona leste de São Paulo surgiu o Nazireu Rupestre que veio de alguma caverna. O Ponto de Equilíbrio surgiu na Vila Madalena numa roda de samba e o Mato Seco de uma plantação de maconha de Santo André na Grande São Paulo.

Produção[editar]

Cquote1.png Jááááaaaah rastafary! Cquote2.png
rastafari sobre Reggae Nacional
Cquote1.png Fogo na Babilônia Cquote2.png
Maconheiro tascando fogo no baseado
Cquote1.png Tem uma seda? Cquote2.png
Reggae Nacional

A produção do Reggae Nacional é movida à maconha manivela pois segue o mesmo ritmo dos neurônios dos maconheiro da vibe de Jah e são lançados meia dúzia de álbuns por ano. A produção é toda voltada para o tráfico o mercado internacional de reggae music na rota que sai da Bolívia em barca em algum navio no Porto de Santos.

Nazireu Rupestre[editar]

o pé de maconha que originou o Nazireu Rupestre

O Nazireu Rupestre surgiu numa plantação de cannabis quando um grupo de rastafáris descobriu uma nova espécie de canabinóide que produziu uma alucinação instantânea e assim surgiu os primeiros clássicos da banda como "Os Tempos são Cruéis", "O Sistema é tipo um Plástico", "Não Podemos Nos Curvar" e "Duas Notas".

Ponto de Equilíbrio[editar]

O Ponto de Equilíbrio surgiu na Vila Madalena quando um grupo de rastafáris estavam enjoados de Martinho da Vila e Zeca Pagodinho.

Mato Seco[editar]

O Mato seco teve um surgimento semelhante ao Nazireu Rupestre, em uma plantação de maconha. Por falta de água a plantação morreu e ficou seca e os maconheiros de Santo André ficaram meses sem maconha e começaram a fazer música para matara a abstinência de tetraidrocanabinol.

Natiruts[editar]

O Natiruts surgiu no planalto central quando surfistas estavam de saco cheio de não ter mar em Goiás e começaram a fazer musiquinhas comerciais.

Raízes que tocam[editar]

Um grupo de crentes que deixou os dreads crescerem

Ver Também[editar]