Reino de Jerusalém

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cristão.jpg E nomine patris et filii et spiritus sancti!

Este artigo foi criado por um cristão devoto. Ele vai à igreja todos os domingos com o intuito maior de tomar vinho louvar o SENHOR. Se você vandalizar, Javé Deus te mandará sem hesitar para o inferno!


●Βασίλειον τῶν Ἱεροσολύμων
●Estado Cristão de Jerusalém e Canaã
●Reino da Microsoft Holy See

Bandeira do Reino de Jerusalém (1099-1291).png
Bandeira
Lema: DEUS VULT
Hino: AVE MARIA
Crusaderstates02.jpg
Reino de Jerusalém em algum MMORPG
Capital Jerusalém Acre
Língua Latim de castar spell, grego
Tipo de Governo Estado cruzado
Rei Defensor do Santo Sepulcro Godofredo de Bulhão (de jure), Papa Urbano II (de fato)
Moeda Cabeças de saracenos
População Todos salvos
Cquote1.png Kyrie Eleison! Ave Maria! Deus Vult! Dio Grazie! Non nobus Domine! Cquote2.png
Nerd católico de hoje dando uma de cruzado sobre Reino de Jerusalém

Reino de Jerusalém foi um estado medieval fundado por católicos nerds sob o comando do Papa Urbano II, resultado da maior iniciativa de RPG de todos os tempos no que entraria para a história como a Primeira Cruzada.

História[editar]

Origem e Queda do Primeiro Reino[editar]

Um cruzado comemorando com cerveja a vitória no cerco de Jerusalém em 1099

A história do que viria a ser o Reino de Jerusalém começou em 1095, após o imperador bizantino Alexios I Komnemos notificar o papa de que o Império Seljúcida já começava a bater na porta e ameaçar seus territórios de war. Não perdendo tempo o papa logo abriu o Concílio de RPG de Clermont onde todos os reis, cavaleiros, nobres e servos da Europa foram conclamados a vender suas contas e gold virtuais e embarcar na maior romaria já realizada com o intuito de libertar a terra santa do domínio dos saracenos permitindo que o padre Marcelo Rossi fizesse mais shows ao vivo na Palestina.

Esse evento de role-playing ao vivo resultou nos seljúcidas sendo completamente pwned pelos nerds cristãos e assim o Reino de Jerusalém foi fundado, logo após os cruzados capturarem Jerusalém em 1099, o ponto alto da Primeira Cruzada onde para defender os peregrinos cristãos da selvageria dos muçulmanos, os católicos responderam causando sua própria selvageria em nome de Cristo.

Mais tarde o rei Babuíno Balduíno I conquistou mais 6 territórios ao norte fundando os estados cruzados do Condado de Edessa, Principado de Antioquia e Condado de Trípoli que atuavam sob a suserania do reino de Jerusalém garantindo o salário da Igreja Católica e apartir daí os cruzados entraram num jogo de empurra-empurra com os saracenos muçulmanos que durou anos e anos. Até que chegou na bagaça ninguém menos que Saladino que com seus exércitos verdes massacrou os brancos reconquistando todos os territórios perdidos.

Segundo Reino[editar]

A queda de Jerusalém causou comoção na Europa e inconformado com a derrota o Papa mandou chamar o melhor role-player da região, Ricardo Coração de Leão que com toda sua habilidade nos dados recuperou a maior parte das cidades costeiras da Síria, com a nova capital sendo fundada na cidade de Acre e a Igreja Católica tendo que se contentar com aquele tiquinho de territórios mesmo.

Queda[editar]

As cruzadas que se assucederam foram um fracasso atrás do outro e enquanto os católicos e ortodoxos se atacavam uns aos outros pra ver quem tinha o maior power level, os mamelucos foram conquistando pouco a pouco o tabuleiro do reino até a queda de Acre em 1291, após a qual os cristãos que restaram venderam os direitos de adaptação da história para a 20th Century Fox resultando no lançamento do filme Cruzada em 2005.