Remoçãodeconteudodepaginofilia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Remoção de conteúdo de páginas por engano Cquote2.png
Google sobre Remoçãodeconteudodepaginofilia
Cquote1.png Você quis dizer: Filha da putagem Cquote2.png
Google sobre Remoçãodeconteudodepaginofilia
Cquote1.png Experimente também: Vandalismo Cquote2.png
Sugestão do Google para Remoçãodeconteudodepaginofilia
Cquote1.png É algo que não consigo controlar, é irresistível ver aquilo em branco, o vício é tão grande que não me contento mais em apagar textos com liquid paper ou borracha, tenho que fazer isso virtualmente também. O orgasmo prazer que me dá é inexplicável... Cquote2.png
Sofredor da doença em um depoimento emocionante no Orkut A Tarde é Sua

Uma tentação para quem sofre da doença

A Remoçãodeconteudodepaginofilia é uma síndrome que atinge cerca de 40% da população brasileira e mais de oito mil por cento das pessoas anti-Desciclopédia. Essas pessoas normalmente não fazem isso por engano, e, também não fazem por querer vandalizar (ou sim), é uma síndrome inexplicável descoberta por Doutor Dolittle em 1991, no território da antiga União Soviética. Vamos descobrir mais sobre essa doença, agora, no Globo Repórter artigo. Ou seja, as pessoas que sofrem dessa síndrome são tão mal interpretadas quanto as que fazem isso por engano, merecendo uma atenção especial de moderadores ou um corretivo bem dado por professores.

A descoberta[editar]

A doença remoçãodeconteudodepaginofilia é pega desse geito (rabiscando o trabalho de um nerd-essa doença só atinge a nerds que sofre esse tipo de coisa)

Em 1991, durante a reunião que definiu o loteamento a separação dos estados da URSS, o representante do território hoje conhecido como Bielorrússia estava incessantemente escrevendo e apagando com sua borracha o que escrevia. Isso chamou a atenção dos demais representantes de estados, que perguntaram se o rapaz estava bem. Logo ele começou a apagar tudo o que via pela frente, inclusive um tratado que possuía as inscrições de uma futura Quarta Guerra Mundial, que seria entre Estados Unidos e URSS, mas não foi confirmado. Após esse fato, a Bielorrússia escolheu outro representante e este rapaz, de descendência italiana, de nome Remoce Aodeconte foi forçado a fazer exames médios para ver se o surto não tinha algo a ver com o comunismo que havia tomado sua mente.

Sim, tinha algo a ver com o comunismo, não diretamente, mas sim indiretamente, pois Remoce percebeu que a metodologia que tanto apoiava esta perto do fim, ficou altamente nervoso e isso contribuiu para a ocorrência do surto. Mas também tem a ver com algo serial que até você, caro descíclope, pode ter e não sabe: Canetas Bic. Sim, pois, a Bic coloca nos cilindros de suas canetas um pó que penetra pela derme, hipoderme e chega até às correntes sanguíneas. para logo atingir o cérebro do ser humano, causando danos diversos em determinadas partes do cérebro que envolvem a capacidade da escrita.

Segundo diversos médicos, a área afetada é a parte superior frontal anteversa à inferior esquerda do órgão, o que pode causa o Transtorno Obscessivo Compulsivo de apagar qualquer texto e/ou marca que estiver à sua frente. Os movimentos acompanham o ser humano até o fim de sua vida, ou seja, o Mal de Parkinson na verdade não é uma doença em si, mas sim uma consequência de vários anos de Remoçãodeconteudodepaginofilia, vide que o movimento das mãos de quem tem esse mal é semelhante ao que você faz quando usa a borracha escolar para apagar algum erro.

Porque a Bic faria isso?[editar]

Canetas inofensivas como essa podem oferecer muito perigo...Cuidado!

Simples. Quando você estiver com a caneta e com esse mal, você ficará tentado a apagar qualquer coisa que escrever ou ver na sua frente. O inventor dessa obra foi o mesmo cara criador do Liquid Paper (ou branquinho, para os pobres) da Bic. Quando ele viu que o mesmo não estava tão bem nas prateleiras, visto que os alunos são muito zelosos e preferiam simplesmente rabiscar o erro e escrever do lado, o magnata optou por fazer isso. Desde então os Liquid Papers da Bic são um dos sucessos de venda no Brasil e no Mundo. Isso automaticamente também alavancou a venda de borrachas da mesma, visto que também existe algo chamado lápis.

Voltando à história da descoberta[editar]

Bom, depois de algumas semanas estudando coletas de sangue do bielorrusso Remoce Aodeconte, Doutor Dolittle descobriu tal coisa. Como o coitado do ex-comunista foi o primeiro cara a ter a doença detectada, decidiram o homenagear dando o dome dele à essa paranóia, ou seja, Remoce Aodeconte -> Remoçãodeconte. O sulfixo Udopaginofilia vêm do latim e significa Vândalo de páginas, forma amigável de se referir à esse pessoal.

Comportamento dessas pessoas[editar]

Geralmente na escola já é fácil de se detectar esses homenídeos, basta olhar o caderno deles. Caso as folhas lembrem mais gessos de tanto liquid paper usado, ele já sofre dessa doença ou tem pré-disposição. O estresse da vida diária torna isso ainda pior, visto que o rapaz fica pressionado a ser o melhor, ele tem que ser o melhor, TEM QUE SER O MELHOR, e a região afetada pela doença fica muito ativa, o que torna a pessoa a fazer tal coisa. Geralmente são nervosas e trolls, fãs alienados de alguma banda também sofrem com o problema em um estágio maior, mas no lugar do nervosismo e do estresse geralmente o mal é causado pelas músicas que costumam ouvir, conhecidas por abaixar o Quociente de inteligência à um nível muito abaixo do normal.

Sintomas[editar]

Reação de remoçãodeconteudodepaginofilista quando não acha nada para apagar ou remover
  • Cheirar o das borrachas quando todos os papéis por perto já estiverem devidamente sem nada escrito;
  • Morder a ponta das canetas Bic como se isso fosse um Churros;
  • Obsessão por entrar em sites cujo conteúdo pode ser facilmente apagado;
  • Obessão por rabiscar tudo o que há por perto, para alegar que escreveu por engano e assim poder apagar tudo;
  • Colocar camisas que não são para colocar em máquinas de lavar nas mesmas, apenas para as ver desbotando;
  • Pintar a casa constantemente.

Métodos de prevenção[editar]

  • Usar luvas quando for usar qualquer lápis, caneta ou outros materiais escolares;
  • Evitar ler sites de humor, caso você não os tolere;
  • Não ver o filme O Professor Aloprado;
  • Vacinar-se devidamente.

Tratamento[editar]

Para alguns, o melhor tratamento é amputar as mãos de quem sofre disso. Não que isso seja uma má ideia, mas, soluciona até demais o problema. Para alguns o melhor é jogar soda cáustica na mão de quem sofre essa síndrome, além de uma transfusão de cérebro (aproveite e faça uma de rosto também, caso o paciente não seja bem dotado de beleza), e mesmo assim há a chance de a doença talvez persistir. Nesse caso, use-a para o bem, quando o enfermo decidir tentar a prática de cagar rodando, fique tranquilo, pois provavelmente ele vai limpar tudo, querendo apagar o conteúdo da parede. Caso ele já esteja com o mal de Parkinson, a chence de cura do mal de Parkinson é improvável, visto que ela até existe, mas não é divulgada pos a Bayer recebe propina da Bic e de outras fabricantes de material escolar que plagearam a fórmula para não tornar a tal cura pública.