Renato e Seus Blue Caps

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Playinguittar.gif

Mark Knopfler deu sua benção a este artigo!

Obrigado! Este artigo se sente mais forte agora :)

Clique aqui para mais abençoados.


Cquote1.png Você quis dizer: Renato e seus boquetes? Cquote2.png
Google sobre Renato e Seus Blue Caps

Cquote1.png Ah, meu bem, deixe essa boneca faça-me o favor... Cquote2.png
Única música famosa [carece de fontes] dessa banda
Cquote1.png Escutava muito, The Fevers é show de bola! Cquote2.png
Seu tio sobre Renato e Seus Boquetes

Renato e Seus Blue Caps é uma banda brasileira de Heavy Metal satânico surgida no Rio de Janeiro no tempo que sua mãe era virgem (eu nem sabia que existia música nessa época). Foi uma das bandas do movimento Jovem Gorda no Brasil (tinha que ser).

Músicas sempre lembradas em bailes da quarta idade como Menina Linda, "Não Te Esquecerei", "Primeira Lágrima", Playboy, entre outras.

Biografia[editar]

Grupo formado no final dos anos 50 pelos irmãos Renato, Edson e Paulo César, Euclides de Paula (futuro guitarrista-solo e arranjador do grupo instrumental The Pop´s) e Gelson, jovens moradores do bairro da Piedade, no Rio de Janeiro, com o nome "BACANINHAS DA PIEGUICE". O primeiro nome foi censurado e o radialista Jacinto Pinto Aquino Rego sugeriu o nome definitivo, inspirado chupado do conjunto norte-americano Gene Vincent And His Blue Caps. Tocaram no rádio e em programas de televisão, como Os Grossos Comandam, da TV Rio, apresentado por Carlos Imperial. Gravaram o primeiro compacto em 1962 e ficaram famosos porque faziam versõescapengas e subnutridas pra roqueirinhos bobos das músicas dos Beatles e outros, como "Não Te Comerei", versão de "California Dreaming", de The Mamas & The Papas, "Menina Lida", versão de "I Should Have Known Better", "Isto é só o Fim!", versão de "You Won't See Me" (ambas de Lennon/McCartney). Já em 1963 Edson se mandou com o saco já estourado do grupo e iniciou carreira solo com o nome Ed Wilson. Foi substituído por Erasmo Carlos, que teve uma participação breve e traumática no grupo, caindo fora atrás de Lafayette e Roberto. Em 1966 apareceram em dois clássicos do CINEMA NOVO, de prestígio internacional: Na onda do iê-iê-iê e Rio, Verão & Amor (colorido).

Renato teve composições gravadas por outros artistas, como Roberto Carlos e Leno e Lilian (quem?). Seus fãs atribuem renhidamente ser esta banda a inspiração de um famoso conjunto inglês de Liverpool (Lennon e McCartney segundo eles plagiaram uma série de sucessos do Renato). O grupo era formado por Paul MccCartney, aliás, Renato Barros, voz; Erasmo Carlos, substituto de Edson Barros, voz; Carlinhos, guitarra; Tony e mais tarde Gelson, bateria; Paulo César Barros, baixo; e Cid, saxofone.

Formações[editar]

(1959) Renato Barros, Paulo César Barros, Euclides de Paula (morreu ficou até 1961) Edinho (Ed Wilson), Ivan Botticcelli (entrou em 1960)

(1962) Renato Barros, Teu pai, Edinho (Ed Wilson), Roberto Simonal, Cláudio Caribé, Ivan Botticcelli

(1963) Renato Barros, Paulo César Barros, Erasmo Carlos, Roberto Simonal, Toni

(1965 a 1967) Renato Barros, Paulo César Barros, Cid, Carlinhos, Toni

(1968) Renato Barros, Paulo César Barros, Cid, Carlinhos, Toni, Mauro Motta

(1969 a 1970) Renato Barros, Cid, Toni, Pedrinho, Scarambone

(1971) Renato Barros, Paulo César Barros, Cid, Scarambone, Toni, Pedrinho

(1972 a 1973) Renato Barros, Paulo César Barros, Cid, Scarambone, Pedrinho, Gelson

(1974 a 1976) Renato Barros, Cid, Scarambone, Pedrinho, Ivanilton (Michael Sullivan), Gelson

(1977) Renato Barros, Cid, Pedrinho, Gelson

(1979 a 1983) Renato Barros, Paulo César Barros, Cid, Marquinho, Gelson

(1987) Renato Barros, Paulo César Barros, Ah, sei lá, Gelson

(1996 até 2001) Renato Barros, Cid, Gelson, Darcy Velasco, Amadeu Signorelli


(2014 até o infinito)

Renato Aragão, MC Anitta, Chorão, Roberto Justus

Discografia[editar]

  • Twist (1962 - Copacabana)
  • Renato e Seus Blue Caps (1963 - SOM)
  • Viva a Juventude (1964 - CBS)
  • Isto é Renato e Seus Blue Caps (1965 - CBS)
  • Um Embalo Com Renato e Seus Blue Caps (1966 - CBS)
  • Renato e Seus Blue Caps (1967 - CBS)
  • Especial (1968 - CBS)
  • Renato e Seus Blue Caps (1969 - CBS)
  • Renato e Seus Blue Caps (1970 - CBS)
  • Renato e Seus Blue Caps (1971 - CBS)
  • Renato e Seus Blue Caps (1972 - CBS)
  • Renato e Seus Blue Caps (1973 - CBS)
  • Renato e Seus Blue Caps (1974 - CBS)
  • 10 Anos de Renato e Seus Blue Caps (1976 - CBS)
  • Renato e Seus Blue Caps (1977 - CBS)
  • Suco de Laranja (1979 - CBS)
  • Renato e Seus Blue Caps (1981 - CBS)
  • Pra Sempre - Renato e Seus Blue Caps (1983 - RCA)
  • Batom Vermelho (1987 - Continental)
  • Renato e Seus Blue Caps 1996 (1996 - Globo/Columbia)
  • Renato e Seus Blue Caps - Ao Vivo! 2001 (2001 - WEA)