República Federal da Iugoslávia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


●Савезна Република Југославија
●O que Restou
●Iugoslávia Falida

Bandeira da República Federal da Iugoslávia (1992-2003).png
Bandeira
Lema: TROLOLO SONG
Hino: Hei Eslovenos
Location Serbia Europe.png
Só ficando menor.
Capital Belgrado
Língua língua montenegrina
Tipo de Governo Comunismo Falido
Presidente Anônimo
Moeda Dinar
População Uns 5 mil



República Federal da Iugoslávia foi o que sobrou de Iugoslávia depois de 1992, quando uns 10 países debandaram, declararam a independência e a outrora República Socialista Federativa da Iugoslávia falida como a União Soviética foi reduzida pela metade.

História[editar]

Em 1992 a República Socialista Federativa da Iugoslávia entra em falência porque o povo se informa de algo chamado Direitos Humanos e também de sentimento patriótico, e uns 10 países surgem do fim da Iugoslávia. O motivo da falência foi a Holanda que começou a cobrar taxas de juros altíssimas pelas Sexlandesas, os Iugoslavos, não tendo como pagar, começaram a brigar entre si, gerando uma guerra no país. Mas agora você entende porque a bandeira da Iugoslávia era apenas a bandeira da Holanda virada de cabeça para baixo.

Em 1993 a Eslovênia e a Macedônia bateram em retirada, declarando independência. Em outubro de 1993, a Bóstia e a Herzegovina atacaram a República Democrática da Madre Tereza, a região iugoslava mais rica, roubando todas as Sexlandesas da região. Com isso, concederam algumas aos sérvios e assim negociaram a sua independência e ambas as regiões se uniram e formaram a Bósnia e Herzegovina.

Em março de 1994 a Croácia manda seus mísseis na Sérvia e declara independência.

A "Iugoslávia", tentando fugir da crise, compra umas tchecas, prostitutas mais baratas da República Checa. Com isso consegue manter paz temporária.

Mas, em 2001, com a virada do ano, a Vojvodina declara independência, por falta de tchecas na região, todas as prostitutas saíram dando suas pererecas para os vojvodianos broxas da época.

Em 2002, Kosovo, incomodado e enjoado das tchecas, doa todas elas à Sérvia, em troca da independência.

Em janeiro de 2003, perdendo tantos países, a República Federal da Iugoslávia virou Sérvia e Montenegro. Em 2006, justamente na hora de começar a Copa do Mundo (Fußballweltmeisterschaft, como apresentada em Pomerode), os dois países se separaram, e essa foi a única vez em que um país que já nem existia disputou a Copa.