República do Porto

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
PortugalDJoãoscary.jpg Manuel, vê-me dois cäcətinhos, o pá!

Æstə ärtigo é purtugäish, gajo. Élə comə cacətinho cum bəcalhau, tuma um ishtränho vinho, adora cumpetir cum a Ishpänha e tem um bigodão.

Se vəndalizarish, um bäenfiquista vai atrás də tua mãe


●Repúvlica Gloriosa do Porto
●A cidade InBicta
●República do Porto

BandeiradoPorto.jpg EscudodoPorto.jpg
Bandeira Brasão
Lema: Foda-se Venfica
Hino: Vai Caralho! (oficial)
[[Imagem:|250px]]
Capital Porto
Maior cidade Porto
Língua Portuense.
Tipo de Governo Bagunça Organizada
Chefe-mor El Rey ,Pinto da Costa
Heróis nacionais el Rey, Pinto da Costa
Independência Da aliança Venfica-Time dos Dragões.
Moeda Aereos (Euros)
Religião Futebol Clube do Porto
População 2.000.000 de pessoas, entre elas, 90% de Portistas, 5% de Ciganos e 5% de Mouros exilados em Trás-os-Montes
Área Localiza-se na Europa do Sul, ao pé do Oceano Atlântico, ponto de referência: Madeira (100% de água)
Analfabetismo 0%
PIB per Capita Sem os Fundos Europeus, vive de importação e exportação de jogadores brasileiros e Ministros para a UE. USD/hab.
IDH 0.
Fuso Horário Meridiano do Gato de Botas
Clima Bom pra tomar um vinho do Porto
Site do Governo
Cquote1.png Caralho!!! Cquote2.png
Portuense sobre Rep. do Porto

Cquote1.png Bai ou não Bai ? bai Caralho!!! Cquote2.png
Portuense otimista sobre Rep. do Porto
Cquote1.png O Puorto é uma Naçom! Cquote2.png
Nacionalista Portuense sobre Rep. do Porto
Cquote1.png Num quero cá mouros!!! Cquote2.png
Portuense sobre Este artigo
Cquote1.png Eu só quero biêre Lisboua árdiêre!!! Cquote2.png
Portuense sobre Lisboa

Cquote1.png Olhai, A Liga não está Ganha: ainda podemos ser apanhados pelo Rio dAve ou Paços de Ferreira! Cquote2.png
Sua Alteza Imperial ,Desportiva e Real ,D. Pinto da Costa, dono do Porto sobre a República do Puorto

História[editar]

Cartaz de boas vindas à Rep. do Porto

Repúvlica do Porto ou Reino do Porto foi fundado em 1146 por D. Jorge Nuno Pinto da Costa I, o Reino do Puorto virou uma repúvlica depois de um guolpe de estado em 1398 em que D. Jorge Nuno Pinto da Costa I (Rei) foi derrotado por D. Jorge Nuno Pinto da Costa I (Presidente).

Desde aí, de 4 em 4 anos há eleições para o cargo. Atualmente o Presidente continua a ser Jorge Nuno Pinto da Costa depois de ter ganho as últimas 300 eleições por uma larga maioria de 100%. Em 2004 foi inaugurado o novo palácio presidencial no Porto.

Ecônomia[editar]

As principais fontes de rendimentos dos Portistas é rouVar as carteiras aos Mouros (habitantes do Sul) e aos Camons, nome dado a todos os seres estranhos a nacionalidade Portista, rouvar Fiat Uno´s e vender telémoveis na feira.

Cultura[editar]

Carago...

A cultura do Tripeiro mais tradicional passa por terminar uma frase com 10 palavras, das quais 11 são palavrões, com a expressão "caralho". Há um grupo de seguidores do ex-Presidente da Câmara, que na verdade passou quase metade do seu mandato em Bruxelas, que ainda diz "caralho, caralho não, caralho".

Os principais deportos são o arremesso de secreções mucosas pela boca e o "Chuning". "Chuning" consiste em roubar um Fiat Uno ou um Renault 5, por um escape de duas saídas, por um sistema de som de 20000 bolts na parte de tras e colocar saías laterais e frontais.

Uma nova moda cultural anda a nascer na república do Porto, o Guna. O Guna é aquele ser que fica durante oito horas encostado a uma barraca de farturas a beber minis e a comer tripas com o seu chapéu da Nike, os seus óculos verde limão com lentes azul elétrico, cinto da Playboy roubado na feira onde bende os telemóveis e nabalha no bolso com o símbolo do Boavista, ou, mais raro, do Salgueiros, porque NENHUM guna é do Porto. A principal actividade destes estranhos seres consiste em ficar encostados a barracas de farturas, ficar encostados a barracas de bolacha americana, ficar encostado a barracas de pipoca, ficar encostado em barracas de salgadinho e ficar encostado em você no metro, para lhe roubar a carteira.

Geografia[editar]

Muita, muita pedra

Campanha Patriota[editar]

Foi lançada recentemente uma campanha de Defesa da identidade Tripeira, chamada "Parem já Com essa Merda, ou lhe damos um enxerto de Purrada".O objetivo é exigir que outras cidades deixem de se apropriar do nome do porto.O Porto é tão bom , que as outras cidades querem um porto só para si.Já existe o Porto de Setúbal,o Porto de Sines,até mesmo o Porto de LisVoa! Veja lá se há uma LisVoa no Porto?:num há.

Ver também[editar]