República Democrática do Congo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Para mais congos, veja: Congo (desambiguação).



●Congo-Kinchada
●Capitalist Republic of Congo (aka Zaire)
●República de Zaire

Bandeira da Republica Democratica do Congo.png Brasao da Republica Demcoratica do Congo.png
Bandeira Brasão
Lema: Violência, Guerra e Morte
Hino: Congo, não Bongo, nem Zaire
Zaire map.jpg
Capital Kinshasa
Maior Cidade Kinshasa
Língua congo-congo
Tipo de Governo Ditadura Democrática Libertacionista
ditador presidente Kaalaaballaaiaa
Heróis Nacionais Kidiaba
Independência Bélgica (se bem que eles quase não exploraram o país)
Moeda Crianças
Religião Gospel
População Não existe senso que consiga saber isso
Área Uma mancha gigante no sul da África (3% de água)
Analfabetismo 100%
PIB per Capita Baixo USD/hab.
IDH 0.Muito pouco
Fuso Horário  ?
Clima Subtropical ninguém sabe ao certo
Site do Governo  ?



República Democrática do Congo conhecido também como República Capitalista do Congo (em rivalidade a República Socialista do Congo) ou apenas Zaire é o país do mundo que mais teve nomes, bandeiras e presidentes diferentes em toda sua história.

Tabela de conteúdo

[editar] História

[editar] Congo pré-colonial

Pouco se sabe sobre o Zaire antes da Bélgica, existem apenas relatos desinteressantes de histórias de aldeias congas rivais que disputaram um rio ou pedaço gigante de pedra. Eram os Reino Congo, Reino Baluba, e Reino Oompa Loompa.

[editar] Colonização belga

Representação artística de Leopold II apresentando aos congoleses as maravilhas da civilização moderna.

Com a chegada dos belgas aquele grande pedaço de mata foi transformada em Congo Belga e passou a ser uma propriedade particular de Leopoldo II. Essa época foi crucial para o Congo hoje estar na miserabilidade, já que absolutamente foi investido no país.

[editar] Independência

O processo de independência do Congo foi tão conturbado quanto tentar colocar 50 congoleses simultaneamente dentro de um fusca com um frango frito oculto em seu interior. Tiro pra lá, tiro pra cá, deposições, golpes, guerra civil, fome, AIDS, nomes difíceis de pronunciar, e o Congo conseguiu a independência.

[editar] Zaire

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Zaire.

Inicialmente o país se chamava "Zaire", o sempre foi rival de Congo. Quando seus inimigos se aliaram à União Soviética, o Zaire se aliou aos Estados Unidos. Como os americanos são muito marketeiros, eles propuseram rebatizar Zaire como República Capitalista de Congo e disputar contra o outro Congo qual ideologia econômica e social era a melhor para a humanidade.

Assumiu a presidente o glorioso ditador Mobuto Sese Seko Koko Ngbendu wa za Banga, que significa "o todo-poderoso guerreiro motumbo que, por sua resistência e inabalável vontade de vencer, já pegou a Silvia Saint num vídeo pornô amador caseiro".

[editar] Kabila

O Presidente Joseph Kabila em Kinshasa apresenta para o mercado um novo tecido para enganar os assassinos.

Em 1994 refugiados hutus fogem da Ruanda desequilibrando o ciclo de pobreza nas cidades do leste do Zaire deixando elas ainda mais pobres. Como Mobuto Sese Seko Koko Ngbendu...etc.etc. estava pescando no momento, decidiu ignorar a situação. Laurent-Désiré Kabila forma uma guerrilha e começa a massacrar hutus.

Quando Kabila foi assassinado, nada mudou, pois seu filho Joseph Kabila, que havia sido treinado com os mais experientes pajés sith, tornou-se presidente.

[editar] Guerra civil

Uma série de revoltas tomou o Zaire após sua participação pífia na Copa do Mundo de 1974 onde a seleção do país perdeu de 9 a 0 para a Iugoslávia.

Kabila e Mobuto tornam-se rivais e iniciam uma guerra civil onde lutam pelos controles dos pokémons do país. A revolução termina com o Zaire mudando seu nome para "República Democrática do Congo".

[editar] Fatos recentes

Congoleses procurando algum lugar para fazer uma guerra civil.

Atualmente, relevando as tensões étnicas, perseguições de opositores políticos, AIDS, fome, divida trilionária com o FMI e eleições forjadas, a República Democrática do Congo é um país relativamente pacífico e democrático. Apenas quem desobedece o presidente é morto, logo os habitantes dos países vizinhos, que vivem em um caos e genocídio absoluto, fogem para o Congo e desequilibram sua economia e sociedade que já não é aquelas coisas.

[editar] Geografia

O país é grande em relação a seus vizinhos, pois durante a dinastia Suanabunda, o Zaire conseguiu unificar os povos da região eficientemente (entenda isso no sentido que quiser!).

[editar] Subdivisões


[editar] Política

Depois de muita ditadura e trocas de nomes do país, o presidente Kaalaaballaaiaa seguiu os conselhos de Hugo Chaves e instituiu a democracia no país ganhando as eleições por democráticos e nada suspeitos 94% dos votos.

[editar] Defesa

Atualmente, sem a ajuda da Bélgica ou Estados Unidos, as forças armadas de Zaire se resumem a:

[editar] Exército

  • 10.000 crianças equipadas com gravetos, pedras e muita mina terrestre na fronteira com Ruanda.
  • 20 estilingues

[editar] Marinha

  • 1 bote.
  • 5 soldados anfíbios para abrir caminho por aquele estreito território para o mar.

[editar] Aeronáutica

  • 2 aviões de papel.
  • 200 morcegos treinados para morder pessoas.
Flag map República Democrática do Congo.png
República Democrática do Congo
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas