Ressaca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Verdade.
Verdade.
Este artigo contém...

VERDADES!

(pelo menos foi o que a Veja disse)

Material verídico: Use com moderação.
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Cquote1.png Eu não tenho!! Cquote2.png
Chuck Norris sobre ressaca

Cquote1.png Bom pucê! hic Porque doi pa... rrarai! Ou será hic a surra rre q-q-queu levei hic no vusão? Cquote2.png
Bebum de ônibus sobre citação acima

Concepção artística da ressaca.

Ressaca é uma sensação estranha que ocorre no dia seguinte à uma grande bebedeira. É um sinal do seu corpo lhe dizendo que você enfiou o pé na jaca ontem, perdeu a noção de limite e não passa de um bebum vagabundo e sem-vergonha. É uma situação passageira e surge 30 minutos depois que você acorda, faz você se sentir um lixo e a pessoa mais sem noção do mundo, além de crer que todos te odeiam.

Causas[editar]

São inúmeras as causas que podem levar o sujeito a sofrer de ressaca: cachaça, cerveja, batida, caipirinha, xiboquinha, jurupinga, pegar a mulher com outro, assistir Faustão ou apostar no futebol carioca, torcer pro Corinthians na Libertadores e por aí vai. Dizem que a bebida que causa a pior forma possível de ressaca é o licor de ovo, dizem mas nunca me disseram pessoalmente, logo não sei se esse licor existe, mas, continuando...

Em alguns países, o porre de licor de ovo é motivo previsto em constituição para a prática da eutanásia. Mas também, convenhamos, um cidadão que toma um porre de licor de ovo não está buscando prazer, e sim suicídio.

Enfim, não importa qual foi a birita que o pudim de cana mandou pra dentro na noite anterior, se tiver álcool e foi ingerida em grande quantidade a ressaca virá arrebatadora no dia seguinte para lembrá-lo que ele não é o superman e que todo prazer tem seu preço.

Cientificamente falando, a ressaca ocorre porque o álcool desidrata o corpo e o etanol inibe a produção do hormônio antidiurético, e sem ele a gente... ei, mas que porra é essa??? Se você quer saber a causa científica de alguma coisa se manda daqui e vai procurar na wikipédia!

Sintomas[editar]

Cquote1.png Muita dor de cabeça; Puro gosto de gim; Sede insaciável; Maldita! Ressaca Sem Fiiimmmmmmm... Cquote2.png
Jimmy London, poeta contemporâneo sobre ressaca

Os sintomas da ressaca variam de bebum pra bebum, mas alguns são comuns a todos eles:

  • Sede: ressaca dá muita sede. Você vai acordar com a boca mais seca que o deserto do Atacama e vai sair correndo pra cozinha pra tentar saciá-la, mas cuidado: existe a possibilidade de que pessoas inocentes/animaizinhos de estimação estejam no caminho e você pode derrubá-los ou atropelá-los, causando constrangimentos. Pode acontecer também que justamente naquele dia não tenha água na sua casa. Quando isso acontece, geralmente a pessoa abre violentamente a geladeira em busca de um substituto, mas tente sempre fazer isso de forma lenta e civilizada, caso contrário sua mãe pode acordar e se deparar com a ridícula cena da geladeira aberta e você jogado no chão em cima de um monte de legumes, mastigando um chuchu para tentar alcançar a umidade.

Manguaceiro consciente sempre deixa uma jarra de água e um copo no quarto antes de sair pra farra, quando ainda está sóbrio e apresentável. Assim, no dia seguinte você pode beber sem mal levantar da cama e evita aquele esporro que o seu pai vai te dar quando te ver na cozinha secando o galão de 20 litros em três segundos. Ele sabe como as coisas funcionam. Sim, nossos pais também já foram bêbados um dia, aliás o seu continua sendo.

Um bebê de ressaca.
  • Leseira: o sujeito de ressaca também fica meio leso, devagar, e demora de 3 a 4 horas para responder a uma pergunta simples, como "quem veio dirigindo o carro?" Fica impossível manter os dois olhos abertos ao mesmo tempo. Seus ouvidos ficam tão sensíveis que você pode ouvir os sinos da Catedral da Sé, mesmo morando no Rio de Janeiro; em casos extremos, até consegue ouvir o som de um contrabaixo em uma música e refletir "até que ele não é tão inútil". Também sente náuseas, sonolência, ânsia de vômito e dores pelo corpo, o que faz com que muitos pensem que trata-se do princípio de uma falência múltipla dos órgãos, mas é só cachaça mesmo. Não estranhe se, depois de um porre, você ficar horas deitado na sua cama e tendo a certeza que aquela estranha mancha no teto do seu quarto agora se parece muito com a cara do Bóris Yeltsen. E que ele acabou de piscar pra você. É só mais um sinal da leseira.
  • Gosto estranho na boca: os mais comuns são de cabo de guarda-chuva, sola de sapato e maçaneta de puteiro. Isso é causado pela desidratação, pode ficar tranquilo, você provavelmente não colocou essas coisas na boca na noite de ontém. Provavelmente.
  • Dor de cabeça: poucas dores no mundo equiparam-se à uma dor de cabeça de ressaca. Você terá a clara certeza de que algo está prestes a estourar seu crânio e sair de dentro da sua cabeça, mas fique tranquilo: isso é apenas mais um sinal da desidratação. Não existe nada dentro da sua cabeça além de um monte de neurônios com sede e uma total falta de responsabilidade.
Um gatinho de ressaca.
  • Tombo no escuro: Algo que, dependendo da dose, aconteceria até no claro.
  • Arrependimento: toda ressaca que se preza inclui a clássica promessa do "nunca mais coloco uma gota de álcool na boca." Não seja ridículo e não prometa coisas que você sabe que não irá cumprir.

Fato é que muitas vezes, os sintomas acima e as lembranças do que fizemos na noite anterior trazem um certo arrependimento. É mais um efeito malígno da ressaca: a chama ressaca moral.

A ressaca moral ocorre quando você se lembra das cagadas que fez na noite anterior. Em alguns casos, esse tipo de ressaca mostra-se potencialmente mais nociva do que a ressaca propriamente dita, em virtude dos possíveis traumas psicológicos. Exemplos de causas de ressaca moral são aquela cantada que você passou na sua melhor amiga (ou na namorada do seu amigo), ou quando você faz juras de amor e dá seu telefone para aquela baranga fim-de-festa.

Não existe cura imediata para a ressaca moral. Você vai ter que ter muito bom humor para aguentar seus amigos enchendo o seu saco, mas com tempo a turma esquece. Bom, se o que você fez foi muito memorável, é óbvio que ninguém vai esquecer, mas depois de um certo período você vai estar achando graça também - e talvez até sentindo uma ponta de orgulho pelo feito. A única maneira de não sofrer com a ressaca moral (pelo menos diretamente) é sofrer de amnésia alcoólica, assunto que discutiremos a seguir.

  • Amnnésia alcoólica: é comum o bebum não lembrar de nada do que fez na noite anterior, o que algumas vezes (na maioria delas) é até uma vantagem. É a chamada amnésia alcoólica, e trata-se de um mecanismo de defesa da pessoa, para evitar que ela se lembre de situações constrangedoras que viveu no dia anterior.

Há relatos de beberrões que passaram inconscientes longos períodos de tempo - na maioria dos casos durante o carnaval - podendo ter sua memória desligada por quatro dias ou mais. Esses casos são muito constrangedores para o beberrão, porque, tornando inócua a amnésia alcoólica enquanto antídoto para a ressaca moral, seus amigos sóbrios vêm te sacanear e tirar sarro das merdas que você fez - e o pior é que você, já que não se lembra de nada, é obrigado a acreditar em tudo.

Tratamento[editar]

Certas técnicas podem atenuar, mas não fazer desaparecer, os efeitos da ressaca. Por mais que você tente fazer o quarto parar de rodar, a sede passar e etc, não tem jeito meu amigo, VOCE TERÁ SUAS 24 HORAS NO INFERNO DEPOIS DA BEBEDEIRA. Porém, podemos citar algumas das técnicas mais tradicionais que podem te ajudar nessa hora difícil.

  • ENGOV: diz a propaganda que tomar um engov antes e um depois evita a ressaca, mas não é verdade. Ainda não inventaram tamanha maravilha para a humanidade. Aliás esse papo de "um antes" é puro marketing pra você consumir dois comprimidos e não um só. Também não caia naquela de achar que quanto mais engov você tomar, mais cedo a ressaca vai passar, porque no máximo você terá uma grande indigestão. Como já foi dito, ainda não inventaram remédio que previne a ressaca, tudo o que existe apenas dribla os sintomas. Portanto assuma que você é um bêbado inconsequente e encare a ressaca como um homem.
  • Tomar aguardente água: esse sim é o verdadeiro remédio pra ressaca, porém durante a ressaca você vai estar SEMPRE com sede, não importa o quanto de água que você já tomou. O que ajuda mesmo é aquele papo de intercalar duas biritas com um copo de água quando ainda estiver na bebedeira, mas você também pode ser chamado de baitola por isso. A água também empanturra, e vale a pena tomar muita água antes de ir pro skindô-skindô. Numa pança cheia de água cabe menos pinga.
Nada como uma coca-cola pra curar a ressaca!
  • Comer: seja realista, você provavelmente irá sair da cama depois das duas da tarde e com todos os sintomas apresentados lá em cima. Acha mesmo que vai ter fome? KKK. Mesmo assim coma! Saco vazio não para em pé.


Dizem por aí que tomar canja de galinha antes de ir dormir diminui os riscos de ter ressaca. Teoricamente até pode diminuir, porque a canja ajuda na reidratação. Mas isso está mais para coisa da sua avó curandeirismo popular.

Se você acredita, vá em frente. Mas você provavelmente não vai lembrar de tomar canja nenhuma quando chegar da manguaça, e se lembrar, cuidado pra não enfiar a cara no prato de canja e morrer afogado. Não é pra fazer inalação. É pra tomar mesmo.

  • Tomar mais umas e continuar bêbado: esse é o truque dos alcoólatras. Eles "rebatem" a ressaca com outro porre. Funcionar funciona, porque se nem cu de bêbado tem dono, até parece que eles vão perceber que estão de ressaca. Se essa é a sua saída, procure os Alcoólicos Anônimos. O truque geralmente é beber um pouco menos do que você bebeu na noite anterior, e assim sucessivamente...
  • Correr pra academia e malhar: mais uma vez colega, você é da Terra, e não de Kripton. O pobre-diabo do manguaceiro não tem forças nem para ir ao banheiro, quem dera para correr na esteira. E, para fazer exercício, o corpo precisa de glicose - a mesma que está sendo usada na recuperação pós-pé na jaca. Vai querer dividir?
  • Dormir: pode ajudar bastante, desde que a ressaca moral o permita colocar a cabeça no travesseiro tranquilamente. Não se esqueça também que você está lesado, e corre o risco de cair no chão ainda antes de chegar na cama e dormir por lá mesmo. Não faça isso, Tua vó pode tropeçar em você e fraturar a bacia.
  • Fazer promessa: não adianta, Deus inventou a ressaca para lembrar-nos o quão pequeno e frágil nós somos, e não vai ficar ouvindo seus choros e promessas agora. O que vale é fazer uma promessa a si mesmo, como sempre fazer sóbrio as coisas que prometeu fazer bêbado. Se não o fizer parar de beber, ao menos o ensinará a manter a boca fechada.
  • Café: Não ajuda em porra nenhuma mas te distrai e te deixa mais acordado para beber mais pensar em como consertar as merdas que você fez, porque dormir de ressaca é um inferno.
  • Punheta: Nada como uma boa e bela masturbação para te aliviar e lembrar dos prazeres da vida! Mas não exagere para não ficar ainda mais desidratado... Ou você pode morrer.

Conclusão[editar]

Por fim, podemos dizer que a única forma de evitar a ressaca é parar de beber. Mas quem não bebe não faz amigos e não tem histórias, e é melhor ser um bêbado conhecido do que um alcoólico anônimo. E afinal, ressaca não é tão ruim assim, você vai acabar sobrevivendo.

A menos que você queira se jogar do 76º andar, ressaca não mata. Todos os sintomas desaparecem em 24 horas. Mas alto lá: se você ficar de ressaca todo dia, também pode acabar com gastrite, pancreatite, cirrose... Aí, sim, não vai durar muito. Portanto beba com responsabilidade, seu pé de cana! Saúde!

Ligações externas[editar]

Sites de onde muitas das ideias deste artigo foram plageadas