Retiro dos Pandas da Terceira Idade

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Confucio.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.

Um senhor panda, tendo o descanso merecido depois de vários anos de trabalho escravo

O Retiro dos Pandas da Terceira Idade é um abrigo para os pandas idosos, cujos filhos não possuem condições para cuidar de seus pais. Muitos pandas da terceira idade abrigados no retiro são pandas de rua, que foram abandonados pelo filhos insensíveis. O retiro é mantido com a verba do governo de Guangxi, na China, unido ao apoio dos colaboradores e ecologistas do mundo inteiro.

Estrutura[editar]

Um dos pandas mais conhecidos desse Retiro.

Com cerca de trezentos quilômetros de florestas de bambu, o retiro é a salvação de centenas de pandas idosos. Além da floresta de bambus, o retiro também conta com uma piscina com setecentos metros quadrados, um Spa para os pandas mais idosos, um parque de diversões, um restaurante macrobiótico, um centro de ginástica e um personal trainer à disposição dos pandas, além de uma professora de Kung Fu. O retiro também conta com médicos veterinários, fisioterapeutas e nutricionistas cuidando dos pandas idosos.

No centro de ginástica e estética, os pandas também ganham uma sessão de massagem tailandesa. As pandas também ganham uma sessão de depilação e salão de beleza. Para os pandas sedentários, o retiro dispõe de uma grande sala de cinema com sessões diárias de Dragon Ball Z , Sagwa e filmes do Bruce Lee. Os visitantes deste retiro recebem lembranças do local, e ficam conhecendo a belíssima estrutura do ambiente.

Idealização[editar]

Uma panda idosa recebendo uma massagem tailandesa

O retiro dos pandas da terceira idade foi criado com o incentivo do governo chinês para a preservação dos pandas, com a ajuda do Greenpeace. No ano de 2006 o retiro finalmente saiu do papel e sua construção foi iniciada em uma floresta no norte do território autônomo de Guangxi.

No ano de 2007, a construção do retiro foi terminada, e o acolhimento dos pandas bem vividos teve seu início. Em poucos meses, mais de quinhentos pandas foram recebidos nas instalações do retiro. Com a ajuda de muitas pessoas de diversos países, o retiro teve condições de suportar outros quinhentos pandas, e hoje conta com mais de mil pandas.

Ver também[editar]