Rio Bonito do Iguaçu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Rio Bonito do Iguaçu é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Provavelmente, esta cidade não tem mais do que dez anos.

Sciences de la terre.svg.png
Galinhacaipira.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Rio Bonito do Iguaçu.

Cquote1.png Você quis dizer: Foz do Iguaçu Cquote2.png
Google sobre Rio Bonito do Iguaçu
Cquote1.png É uma cidade que você nunca ouviu falar e jamais conhecerá. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Rio Bonito do Iguaçu
Cquote1.png Na União Soviética, Rio Bonito do Iguaçu desconhece a existência de VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Rio Bonito do Iguaçu

Rio Bonito do Iguaçu é uma grota funda, localizada em um rincão inóspito do sertão paranaense. Nominalmente, tem mais de 14 mil habitantes, porém, cabe ressaltar que nesta contagem são levados em conta os defuntos do cemitério local, as sombras dos que estão vivos, e mais cinco mil, de forma aleatória.

Características gerais

Rio Bonito apresenta todas aquelas características de cidade interiorana. Uma praça, uma igreja, uma carrocinha de sorvete, alguns cachorros de rua, e muita gente fofoqueira. A polícia local apresenta uma sobrecarga de trabalho enorme, visto que, para aguentar morar em um lugar tão morbidamente parado tranquilo, os nativos, certas vezes, exageram no consumo de álcool.

Comunidades

Trevo da Vaca Morta, Assentinho, Barra Mansa, Campo do Bugre, Alto Rio Bonito, Baixo Rio Bonito, Rio Bonito Intermediário e Juriti, que, juntos, perfazem 20% da população local, já que os outros 80% vivem na Estação Rodoviária, aguardando o próximo ônibus com destino à qualquer lugar menos inóspito.

Megalópole de Rio Bonito de Iguaçu.

Turismo

Segundo a prefeitura municipal, Rio Bonito é um Rio mais do que bonito, e tem espaço para qualquer galerinha do barulho aprontar todas e garantir muita diversão. Dentre as maravilhas oferecidas pelo lugar, está o maior assentamento de sem-terras da América Latina, o que move a economia local e atrai gente de vários pontos do país e do mundo, o que dá a característica cosmopolita à localidade. Outro ponto interessante (ou não) é a região do Pombal, um conjunto habitacional que visa dar características de cidade grande ao lugar, ou seja, as autoridades julgaram que, para ser um efetivo ponto turístico, a cidade tem de ter algumas mazelas, a fim de atrair os europeus, que gostam de ver a desgraça alheia ver excentricidades, no caso, uma favela.

Realmente, a principal função que Rio Bonito tem para o visitante é a sua proximidade com Foz do Iguaçu, o que viabiliza seu uso como esconderijo para as pessoas que realizam compras acima da cota permitida em um certo país próximo dali.

Principal camada da população local.

Violência

Rio Bonito já esteve entre as cidades mais violentas do Paraná, provavelmente por causa da proximidade da bacia contrabandista do Paraguai. A cada fim de semana costumavam ser registradas mais ou menos de 10 a 15 mortes. Porém, a prefeitura entrou em estado de alerta, pois a cidade corria o risco de ficar sem gente, e, o pior, sem contribuintes. Dessa forma, levou-se a cabo um rigoroso programa de combate à marginalidade, onde a própria cidade passava a fornecer as drogas e os produtos ilegais do Paraguai, bem como passou a auxiliar nos assaltos, criando um cronograma de lojas a serem assaltadas, o que beneficia os comerciantes, que podem se preparar para o seu dia de ser roubado. Contudo, essa mudança na estrutura municipal, que beneficiou uma camada substancial da população, prejudicou algumas pessoas. A funerária que antes era uma potência comercial, entrou em crise profunda.

Esporte, saúde, educação, lazer...

Tumbleweed01.gif

O esporte preferido é o futebol com times que nunca chegarao nem na série Z (666º divisao) mas divertem o pessoal que não quer assistir TV 18 horas por dia entre eles há: Geraçao 90 (melhor do município),Campo do Bugre(ficou em segundo) e Copergrao(funcionarios e amigos mas que pedem pros filhos jogar pra tentar ganhar)

Exporio

Uma cidade tão interessante não poderia deixar de possuir uma festividade, a fim de reunir toda a sua população para um divertimento saudável. Anualmente, é realizada a Exporio, onde são exibidos os principais elementos da pujante economia local, como, principalmente, os produtos obtidos através dos laços comerciais com o Paraguai. Na festa de 2009, foram sequestrados apresentaram-se, dentre outras merdas locais atrações, Chitãozinho e Xororó, o que denota o caráter decadente nacional da festa.