Rise Against

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Punk.gif Este ser curte Panque Roque.

E deve praticar cheiramento de gatinhos ouvindo Dead Kennedys,
assim como todos os revoltados listados aqui.

Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Rise Against
200px
Foto mais conhecida da banda
Origem Chicago
País EUA
Período 199- até a moda hardcore passar
Gênero(s) Hardcore goiano, emo pernambucano, heavy metal boliviano
Gravadora(s) Contra o Sistema Records, Cacatua Records
Integrante(s) Tim McIllrath (que nome punk!), Joe Penislips (lábios de pênis), Hairy Zach, Brandon Barnes
Ex-integrante(s) ex-emos
Site oficial www.iamalittlecoxa.org.us


Cquote1.png QUE HEAVY METAL, QUE SONZERA MEU BROTHER Cquote2.png
Lerdo sobre Rise Against
Cquote1.png Punk? Isso? Cquote2.png
Punk rocker sobre Rise Against
Cquote1.png Parecem uma banda politeísta cristã! Cquote2.png
Qualquer um sobre Rise Against
Cquote1.png Tôi thích chết tiệt Cquote2.png
Refugiado sobre Rise Against
Cquote1.png Vocês trairam o movimento punk, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre o album The Black Market
Cquote1.png DON'T HOLD ME UP NOW! Cquote2.png
Todo mundo quando toca o riff de Prayer of the Refugee sobre Rise Against

Rise Against The Machine (Trasistor Revolt no principio) é uma banda de jazz reaça pernambucano que veio de Chicago, que adora reclamar do governo americano, da inflação, da pobreza na Guiné-Bissau e dá pitacos em diversas outras coisas das quais eles não tem a menor noção ou conhecimento - mas o que importa é falar mal. São comumente referidos como os terroristas americanos da música mundial - suas músicas têm conteúdo bombástico, chocante e que chamam a atenção de toda a humanidade tamanha a quantidade de asneira que falam. Para muitos, blink-182 reclama mais coerentemente das coisas as quais se propõe criticar (bom, no caso, gurias retardadas que dão foras em moleques chechelentos) do que o Levante-se Contra. Eles também possuem forte tendência a ficarem excitados quando tocam para menininhas novinhas periguetes. Bom, na verdade acrescentamos essa última nota só para dar uma variedade ao artigo (ou não). A banda já lançou sete CDs, três EPs, um DVD e treze DSTs em groupies.

O início[editar]

Joe Penislips fazia sucesso em seu bairro na cidade de Chicago como o maior cara de pau de lá. Como isso é um pre-requisito para ser punk rocker como Dado Dolabella, logo já começou a chamar a atenção de outros cosplays de cacatua interessados em combater o capitalismo vendendo suas músicas e CDs (ué?). Um deles foi Tom McLllllLLllLLLIiIIILllLIIRath. Logo sentiram completo entrosamento, visto que enquanto o nome de Tom é replato de letras que lembram objetos fálicos, Joe Penislips tem um nome do caralho, bem como lábios do cacete. Não demorou para compartilharem seus conhecimentos e críticas de crianças de 12 anos de idade para tudo, a começar, reclamando da mãe que suspendia a mesada.

Assim, decidiram pegar mais uns babacas que tivessem alguma aparência hardcore default e montaram a banda. Obviamente, o nome não podia soar algo menos reaça e clichê do que Levante-Se Contra (tradução livre e patrocinada do Google Translate), mas logo se descobriu ser um mal negócio. Não demorou muito para serem processados por Tom Morello, mas não por quase plagear Rage Against the Machine, mas sim por deixar a banda dele tão próxima dessa banda que mais parece o Luciano Huck do mundo punk.

Em 2001, McIllrath e lábios penianos perceberam com que tipo de gente estava lidando dentro da banda. Num show na Somália, em que vociferavam contra os gols perdidos por esse exímio atacante, Hairy Zach - um dos integrantes da banda, se mostrou um completo retardado e sob efeito de potentes drogas (ele ouvia Green Day, maior inspiração punk[?]) tirou todas as roupas e gritou para que algum pirata tentasse o roubar daquele jeito. Desde aquele dia Zach procura um de seus rins, que foram roubados e certamente negociados no mercado negro pelos piratas.

Primeiro CD[editar]

Reza a lenda que a banda possui um primeiro CD que vem antes de seu primeiro CD (WTF). Bom, segundos os fãs mais fanáticos da banda, existe um CD em que fizeram músicas sem intenção de vender e que por isso ninguém conhece. Obviamente é uma desculpa para disfarçar o quanto eles são uma merda, mas, eles mesmos devem se inspirar nisso e usar como crítica base para o próximo CD, já que criticam tudo e qualquer coisa mesmo... Bom, além disso, o CD tinha mais de 8000 músicas. Aí que você pensa que ele deve demorar mais pra acabar do que o Domingo Legal. Bom, na verdade, ele dura tanto quanto a ereção de seu avô, visto que as músicas demoram algo em torno de 20 segundos cada. Como bons punks, resumem todas as críticas no mínimo de tempo possível, até para ninguém perceber o quanto eles tocam mal e é também o tempo que eles aguentam segurar uma argumentação sem perder ou apelar chamando a mamãe.