Ritápolis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dois moradores de Ritápolis mostrando toda a infra-estrutura que a sua cidade possui - Sei o que você está pensando, mas não é uma montagem. Realmente, Ritápolis tem uma placa de trânsito. Agora, só falta construir uma estrada.

Ritápolis é uma pacata e humilde cidadezinha, localizada nos confins de Minas Gerais. Até hoje, ninguém sabe pra quê essa desgraça foi fundada, visto que ela serve apenas para dar mais trabalho para os mineiros que moram em Araponga, que sempre tem que ir até lá para cortar com as suas peixeiras de 30cm os matagais imensos que estão sempre cobrindo a cidade.

História[editar]

O centro de Ritápolis, em um dia movimentado.

Assim como 99% das cidades mineiras (para não dizer 100%), Ritápolis foi fundada no século XVIII, por alguns desbravadores vagabundos que já estavam cansados de ficar entrando em matagais isolados de tudo apenas para conseguir uma pedra de ouro menor do que o seu pau (se é que existe alguma coisa menor do que o seu pau).

No princípio, esses desbravadores achavam que conseguiriam viver sossegadamente no povoado que haviam fundado, porém, eles acabaram sendo atacados e devorados pelas onças e pelos mosquitos transmissores da malária que habitavam os matagais. Porém, esse não era o fim da cidade. Como sempre existem algum louco para viver nesses fins de mundo, em pouco tempo, um grupo de sujeitos que tinha fugido de algum hospício de Belo Horizonte resolveu morar por ali.

Atualmente, Ritápolis é habitada apenas pelos descendentes desses loucos. A soma de todos os habitantes da cidade é 42 habitantes, sendo que 24 deles estão internados, devido à incessantes batalhas que travaram contra os animais selvagens que vivem naqueles matagais.

Economia[editar]

A economia de Ritápolis é muito forte. Todos os dias, o prefeito da cidade despacha uma carroça levando cachaça para todas as outras cidades roceiras de Minas Gerais. Como nessas cidades roceiras sempre tem uma penca de pinguços, o lucro é certo - Se bem que nem sempre o lucro volta, pois tem vezes que a mula que puxa a carroça acaba empacando no caminho, e aí nem mesmo um RoundHouse Kick consegue fazê-las voltar a caminhar.

Lazer[editar]

Ritápolis é muito interessante e divertida, principalmente para as pessoas com mais de 80 anos. Todos os dias, os senhores se reunem na pracinha da cidade para realizar emocionantes partidas de xadrez, que costumam demorar cerca de três horas cada.

Turismo[editar]

Inexistente, até porque os turistas nem sabem que essa desgraça de cidade existe, o que é bem compreensível, afinal, Ritápolis não aparece nem no Google Maps.