Roberto Cabrini

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fumocaranguejo.gif Roberto Cabrini dá um tapa na pantera!

E é aprovado pelo Tio Bob!

Clique aqui se você quiser dar um tapa também.

Jesse.JPG Doe um prato com comida! Seja solidário com Jessé!

Este artigo é mais maltrapilho que o nosso amigo aqui. Faça alguma coisa, mate a fome de Jessé porque a coisa tá feia...

Gilbrother.jpg
Cabrini sob efeito de um gatinho pardo

Cquote1.png Já sei! Vou para Record que é onde está o Justus! Quem sabe ele me demite de lá também? Cquote2.png
Roberto Cabrini ao sair da Band

Cquote1.png Snif! Não é meu, foi a polícia quem plantou isso aqui! Snif! Cquote2.png
Roberto Cabrini sobre pó de giz encontrado em seu carro

Cquote1.png Pois é Galvão! Continua morto Ayrton Senna... Cquote2.png
Roberto Cabrini

Cquote1.png Porra! Já falou isso! Pára! Cquote2.png
Você sobre Roberto Cabrini na afirmação acima

Cquote1.png É o melhor repórter investigativo brasileiro, logo merece o mesmo destino do Tim Lopes! Cquote2.png
Traficante sobre Roberto Cabrini

Cquote1.png Positivo, o elemento fica falando dos nossos negócios e investimentos, depois amanhece com a boca cheia de formiga e acha ruim... Cquote2.png
Policial sobre Roberto Cabrini

Cquote1.png Ele conseguiu ser demitido da Globo, do SBT, da Band e da Record. Não pode ser bom! Cquote2.png
Telespectador sobre Roberto Cabrini

Cquote1.png Eu ganho mais que ele e não fico trocando de emissora... Cquote2.png
Caco Barcelos sobre Roberto Cabrini

Cquote1.png Xi! Lá vem o chato de novo! Cquote2.png
Salvatore Cacciola sobre Roberto Cabrini

Cquote1.png Nem ele me achou! Cquote2.png
Osama Bin Laden sobre Roberto Cabrini

Cquote1.png Puta cara chato! Vamos ver se agora ele me deixa em paz... Cquote2.png
PC Farias sobre Roberto Cabrini, momentos antes de suicidar

Cquote1.png Ai, Cabrini! Assim não dá, eu vou embora... Cquote2.png
Monica Veloso sobre transa entrevista com Cabrini, onde não chegaram a um acordo sobre o valor cobrado

Quem é?[editar]

Cabrini vence o XLII Cat Snuffing Championship em Tangamandápio, Acre ao cheirar o gatinho Mimi por 24 horas

Roberto Cabrini é um jornalista investigativo de televisão brasileiro adepto do cheiramento de gatinhos. Seu sonho desde a mais tenra infância é ser demitido por Roberto Justus, por isso foi trabalhar na Rede Record.

Carreira (não a de cheirar, a jornalística!)[editar]

O sonho de Cabrini é ouvir de Justus: Cquote1.png Você está demitido! Cquote2.png

Foi o primeiro repórter brasileiro a conseguir ser demitido da Rede Globo, do SBT, de novo da Globo e da Band. Atualmente almeja ser demitido da Rede Record, para isso já foi pego cheirando gatinhos, se recusa a fazer merchandising e falar bem da Igreja Universal.

Começou aos 16 anos de idade em uma rádio comunitária da Igreja do interior de São Paulo, onde segurava o microfone do padre. Aos 17 foi contratado pela Globo como o repórter mais jovem do telejornalismo de rede do país, até a rede ser acusada de pedofilia e ter que esperar ele fazer 18 anos.

Em 24 anos de carreira, Roberto Cabrini cobriu seis guerras internacionais (Guerra Bolivo-Brazuca, Guerras Clônicas, Acre, Groenlândia, Madagascar e República das Bananas); participou de cinco Olimpíadas (Los Santos 1970, Nova Nova Nova Nova Iorque 2017, Las Venturas 1945, Raccoon City 1939 e Campinas/Pelotas 1924) e cinco Copas do Mundo (Cisplatina 1930, Krakozhia 1938, Afeganistão 1942, Senegal 1946 e Acre 2014); foi correspondente por oito anos - quatro deles em Piripiri e quatro em Santo Antônio do Cré-cré-cré do Xipsuí de Minas - além de participar da primeira equipe televisiva a encontrar o Acre.

Outra importante passagem da vida de Roberto Cabrini foi quando Monica Veloso deu um fora nele porque não queria falar de sua vida pessoal e da criação de gado do seu amante Renan Calheiros e Cabrini insistiu em perguntar.

Por onde anda?[editar]

Atualmente o jornalista Roberto Cabrini está enrolando trabalhando na Rede Record, realizando as reportagens investigativas alcagüetas dedo-duro. Roberto Cabrini diz que é necessário ousadia mas com responsabilidade para fazer as melhores reportagens, tanto que já se vestiu de drag-queen para arrumar um namorado documentar a vida sofrida deste povo e cheirou gatinhos para ver se dava barato.

Depois de ver o sol nascer quadrado ao lado de companheiros sujos, feios e fedidos que insistiam em fazer o seu toba, recebeu amplo apoio de entidades corporativistas de imprensa, que prometeram um caso ainda mais escandaloso envolvento um jogador de futebol famoso para abafar o caso.

Recentemente foi deslocado pela Rede Record para realizar orgias reportagens investigativas na África.

Prêmios[editar]

  • Melhor repórter do SBT (concorreu com ele mesmo e ficou em segundo lugar)
  • Troféu Imprensa de 1993 (concorreu com o Repórter Vesgo e Galvão Bueno na categoria Chato Inconveniente).
  • Melhor programa jornalístico: TV Globinho - Prêmio de 1995
  • Entrevista com Fernando Collor de Mello - apontada pela Revista Veja como a maior mentira melhor matéria do ano de 1995
  • Documentário "Em Nome de Alá", realizado no Afeganistão, sobre uma receita de kibe cru, em 1996
  • Reportagem "A verdadeira história do Vovô Viu a Uva" - vencedor do VI Prêmio de Conto Infantil de 1998
  • Documentário "Em Nome de Alá" - vencedor da melhor receita de esfiha de carne do Habib's.
  • Documentário "Investigando a Fralda Suja do Neném" - vencedor do 1º Prêmio da Maternidade de 1998.
Latino.png Este artigo se trata de uma personalidade mortalmente, incrivelmente e filhadaputamente odiada!
A casa dessa pessoa vive quebrada e pichada.

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.