Robin Hood

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com arqueiro verde ou com arrow
Bandeira da Inglaterra.png GOD SAVE THE DESCIC£OPEDIA!!

The Merlim's Order First Class garante que este artigo é 100% inglês. Ele é industrializado, casto, vitoriano e tem a aprovação de Rainha Elizabeth II.

The £ondon Royal British Association of England vigia este artigo.
Queen picking.jpg
T-rex.jpg
Este artigo ou seção trata do passado. A partir daqui, só os dinossauros, o Dom Quixote e outros fanfarrões da idade média ou da pré-história estavam presentes.
Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Robin Hood.
PROCURADO

Robin Hood1.jpg

Robin Hood é procurado por crimes contra
a sociedade e é extremamente perigoso.

Procurado vivo ou morto (de preferência morto).
Recompensa: Seu arco, suas flechas, seu bando, e qualquer coisa verde que você Achar na cueca dele!
Cquote1.png Você quis dizer: Robin Williams Cquote2.png
Google sobre Robin Hood

Cquote1.png Experimente também: Arqueiro Verde Cquote2.png
Sugestão do Google para Robin Hood
Cquote1.png Na União Soviética, a flecha atira VOCÊ!! Cquote2.png
reversal russa sobre Robin Hood
Cquote1.png Um arqueiro radical e uma galera muito louca numa floresta animal! Cquote2.png
narrador da Seção da Tarde sobre Robin Hood
Cquote1.png É aquele que acompanha o Batman? Cquote2.png
Carla Perez sobre Robin Hood
Cquote1.png Não, sua burra, esse é aquele menino que não quer crescer nunca! Cquote2.png
Kelly Key sobre Robin Hood
Cquote1.png Ele é MARÁ! Cquote2.png
Seu Ladir sobre Jão Pequeno
Cquote1.png Isso non ecziste!és em verdad una manistacion de suo psico... Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Frei Tuck
Cquote1.png É isso aí... Cquote2.png
Ana Carolina sobre Marian

Um herói diferente de muitos

Robin Hood (conhecido ridicularmente em Portugal como Robim dos Bosques) é um herói mítico inglês, um batedor de carteiras que roubava dos ricos para dar aos pobres mas é claro que guardava um pouquinho na cueca, aos tempos do Rei Ricardo Coração de Leão (também conhecido com Rei Rick O Cara) . Era muito bom no arco e flecha e vivia no meio do mato numa floresta para se esconder da inteligência britânica, FBI, CIA, SWAT e BOPE. Era ajudado por seus amigos "João Coração de Leão Zé Pequeno" e "Frei Truck", entre outros moradores de Sherwood (cidade perto da floresta). Gostava de passear pela floresta enquanto Seu Lobo não vinha e prezava a liberdade. Ficou imortalizado como "Príncipe dos ladrões". Não há provas de sua existência, mas, para muitos (principalmente os que ganharam dinheiro dele) foi um maiores heróis da história.

Versões da história[editar]

Precisa disso tudo pra acertar uma?

A história começa quando Robin of Locksley, filho do Barão Locksley viaja com o Rei Rick para desculturar catequizar os hereges. Foi preso mas foge e volta para a Inglaterra. Mas, ao chegar em casa percebe que muitas coisas aconteceram. Aproveitando a ausência do Rei Ricardo, o príncipe John (Conhecido também com João Sacana), o segundo herdeiro direto, assume seu trono, aumenta os impostos e mata o pai de Robin, destruindo também seu castelo. Como não existiam nem favelas, nem viadutos onde ele morava, Robin Hood vai para uma floresta e encontra um grupo de homens(?) que estranhamente estavam todos juntos no meio do mato, suados e ofegantes. Ignorando o fato, Robin promete dar moradia, mais empregos, saúde e educação para os caras, que aceitam prontamente. Assim, ele lidera seus amigos em uma batalha com o príncipe. Ele quer voltar a ser podre de rico e também ajudar aos que se tornaram pobres graças ao viadinho príncipe John.

Frei Tuck levando Robin para "passear" na floresta

Na História, Robin Hood, que ganha o apelido por causa de outra história que participa: Little Red Riding Hood vence o príncipe John e casa-se com Maid Marian, sobrinha sapata de Ricardo. No fim da história, Rick O Cara reaparece após sua derrota em terras estrangeiras e nomeia Robin Hood cavaleiro, tornando-o podre de rico de novo. Querendo aproveitar seu dinheiro numa terra mais interessante, se mudou para o Brasil, onde encontrou uma das maiores concentrações de ladrões de todo o mundo no comando do país. Desde então seu objetivo,se tornou ajudar os pobres moradores desse lugar. Vendo que era impossível fazer aquela quantidade imensa de ladrões pararem de roubar ele desiste e volta para a Inglaterra antes que ele mesmo seja roubado também.

Robin tentando, em vão fazer seu trabalho no Brasil

Personagens[editar]

Robin Hood: Personagem principal.É preciso em seus movimentos e tem uma mira impecável, podendo fazer feitos absurdos como calcular trajetórias de flechas a centenas de metros ou acertar alvos minúsculos.Dizem que a sorte acompanha aqueles que acreditam em si mesmos... E Robin exagera em sua autoconfiança. Acostumado a feitos que causariam a morte dos "comuns", há quem diga que o rapaz foi abençoado por Chuck Norris para que a sorte o acompanhe. Como um bom ladrão, Robin é capaz de esgueirar-se sem fazer ruído e esconder-se perfeitamente em sombras, árvores e arbustos, assim como qualquer outro obstáculo improvisado.

Marian: Em toda Inglaterra, não há homem capaz de competir com Robin no arqueirismo... No entanto, há uma sapatão mulher: Lady Marian! A jovem e bela apaixonada por robin tem seu arco tão preciso quanto o de Robin e não é raro haver um clima de competição entre eles. Robin muito otário ingênuo chega a se apaixonar por ela mas ela sempre vem com a história de que a Inglaterra precisa dela e de que ela precisava da Inglaterra.Mas logo depois que ele voltou a ser rico ela aceita se casar com ele. Mais tarde, descobriu-se que existia uma tal de England morando nas redondezas...

João Pequeno: Seu apelido não foi dado por causa de sua altura porque João é um cara bem alto. Tem 2,20m de altura mas o que tem de altura, lhe falta em outra coisa... Um antigo "arrumador de confusões", que se tornou o melhor amigo e guarda costas de Robin após tê-lo observado num banheiro enquanto usava um mictório.Carrega uma clava bem grande consigo, arma com a qual pode se esquecer de seu pequeno problema.

Frei Tuck tentou levar todos esses balões para seu amiguinhos...olha no que deu

Frei Tuck: Fã de Michael Jackson, é apenas um senhor careca, gordinho e simpático, pelo menos é assim que se apresenta para as criancinhas. Conhecedor de ervas e de medicina, é capaz de fazer baseados excelentes que podem salvar a vida de um homem ferido em combate. Raramente ele entrar em conflito corporal... Não por sua religião ser contra a violência. E sim por ser covarde mesmo.

Historinhas de Robin Hood já no Brasil[editar]

Existe um história muito parecida com essa mas quando ele estava na Inlgaterra. Se quiser saber procure no google

"Escutem! Escutem a história de Robin Hood Ele defende as pessoas pobres e os infelizes, de um presidente malvado que sempre tira seu dinheiro

Silêncio diz Robin Hood a seu amigo João pequeno

O que você está escutando?

É o som do pancadão."

Aproxima-se um carro cheio de caixas de som.

O que tem atrás desse vidro fumê?

"Seguramente, um homem dos meus!"diz João Pequeno.

"Só pode ser o Presidente!"responde Robin Hood.

No interior da carruagem

o Presidente está brincando diante de seu amigo Sir Trambiqueiro.

Ele brinca com suas notas de 100 reais.

Robin Hood disfarçado

"Vamos nos disfarçar de funkeiros?" diz Robin para João Pequeno

O Presidente viu os funkeiros e fez seu carro parar.

"Você, pequena, de-de fainha, venha cutir meu batidão".

Robin está dentro do carro. . . e João Pequeno está com as mãos no cofre do presidente. Ele o abre e o esvazia

João Pequeno,um exemplo de masculinidade

João Pequeno escondeu o ouro dentro de seu proprio cofre. Ele corre. Hop! Hop! Hop! Tão rápido, que Robin Hood, de-de sainha, salta da carruagem

"Ladrõef! Ladrõef! Focorro! Elef me roubaram! grita o Presidente Vamof pegá-lof! Vamof recuperar o roubo! Meu dinheiro! Elef carregam meu tevouro! Roubaram todo o meu tevouro!

Meu dinheiro! Meu dinheiro! Onde eftá meu dinheiro?" Eis o presidente deitado no barro, enlameado sujo e triste

Trala-lá, otário! Bem feito para você! Viva Robin e João Pequeno! exclamam as pessoas. Eles vêm nos entregar o dinheiro."

Cantemos! Dancemos! Que todos estejam contentes!

Pobre Robin. Ele tentou mas aqui existem ladrões muito melhores do que ele...

Agora é festa no apê!

Trechos másculos de uma história de Robin Hood[editar]

Decidueye, o Pokémon favorito do Robin Hood.

Retirado de um livro de Robin Hood com título original: ‘Some Merry Adventures of Robin Hood’

O porquê de João ser chamado de Pequeno: “- Espera! Vamos primeiro medir os nossos varapaus, que o meu é maior e não quero aproveitar-me dessa vantagem, nem que seja só dum centímetro.

- O comprimento não me aflige. O meu varapau chega para abater um bezerro (…).

E ambos empunharam os respectivos varapaus e aproximaram-se, com olhares torvos um do outro. (…) o solo ficou revolvido pelos calcanhares dos dois contendores e a respiração tornou-se-lhes penosa, arfando como bois ao arado. João Pequeno era quem mais acusava o esforço de desabituado que estava; as suas articulações já não tinham a mesma flexibilidade que antes de viver com o xerife. (…)

- Parece-me que tenho todas as costelas quebradas. Nunca pensei que houvesse um homem capaz de me fazer o que tu me fizeste.” [Cap.VII]


Artur Bland, amigo colorido de Robin,admirando provavelmente Will Escarlate:

“Todos os olhos se fixaram num jovem elegante e vistoso que descia a estrada vagarosamente. Tanto o traje como as meias eram escarlates e pendia-lhe da cinta uma bela espada com a bainha marchetada de ouro. Cobria-lhe a cabeça um barrete de veludo escarlate com uma enorme pena que lhe caía por detrás da orelha; e o cabelo. Loiro, comprido e frisado, espalhava-se-lhe sobre os ombros. Na mão levava uma rosa cujo perfume aspirava com atestação, de vez em quando. - Por minha vida – riu-se Robin – que nunca vi camarada tão galante e afetado! - Realmente – assentiu Artur Bland –os seus trajes são demasiado bonitos para o meu gosto, mas repara que tem ombros largos e cintura estreita. Vês como os braços pendem do corpo, sem caírem inertes, antes tensos e dobrados pelo cotovelo? Aposto que debaixo daqueles tecidos se escondem articulações fortes e rijos músculos e alguma coisa mais.” [Cap. VIII]


Fala de alguém que não quis se identificar:

“- Serás o meu braço direito porque nunca em minha vida vi jogar o pau como tu.” [Cap. I]


Alguns idiotas fãs de Robin Hood